Categoria: Cidade

JORNAL DE JALES: JURISTA BEM VOTADO EM JALES APOIA LAVA JATO, MAS RESSALTA QUE COMBATE À CORRUPÇÃO DEVE RESPEITAR A LEI

Eis a capa do Jornal de Jales deste domingo, cuja principal manchete destaca a ação do Rotary Clube Grandes Lagos, da AVCC de Jales e outros parceiros, que, na sexta-feira, 28, entregaram um aparelho termodesinfectora ao Hospital de Amor – unidade de Jales. Segundo explicou a gerente administrativa do hospital, Camila Venturini, o aparelho vai permitir o aumento do número de cirurgias. A solenidade de entrega do aparelho foi encerrada com o sorteio de um acordeon e de um trator doados pelo senhor José Aranha e sua esposa, Aparecida Aranha, de Andradina, que foi paciente do hospital.

Destaque, também, para o caso das irmãs siamesas que nasceram na terça-feira, 25, na Santa Casa de Fernandópolis, e se encontram internadas no Hospital da Criança e Maternidade, para onde foram transferidas logo após o parto. As duas meninas estão ligadas pelo tórax e, segundo informações, a família já foi informada pela equipe médica que não é possível, pelo menos por enquanto, realizar cirurgia para separação delas. A mãe das crianças, Genifer, ficou sabendo no sexto mês que a gestação era de gêmeas siamesas e passou a ser acompanhada por uma equipe médica. Ela negou ter cogitado realizar um aborto e disse ter ficado chateada com a divulgação da foto das crianças nas redes sociais.

O jalesense que ganhou um prêmio de fotografia em concurso da Canon; a condenação, pela Justiça Federal de Jales, de um grupo acusado de cometer fraudes contra o FGTS na região; a aprovação, pela Câmara Municipal, de projeto que visa impedir a contratação de condenados por violência contra o idoso e por racismo, no serviço público; a campanha de camisetas que arrecadou fundos para o Hospital de Amor e, ao mesmo tempo, divulgou o novo nome do ex-Hospital de Câncer; o acidente que causou a morte de uma funcionária da Prefeitura de Jales; e a história de Adriana Matos, uma jalesense que mora há 20 anos nos Estados Unidos, são outros assuntos do JJ.

Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior informa que hoje teremos manifestação de bolsonaristas em Jales, em apoio a Sérgio Moro e Deltan Dallagnol, flagrados em conversas comprometedoras. O colunista lembra, de outro lado, que alguns juristas de peso estão com um pé atrás em relação à operação Lava Jato, depois das conversas divulgadas pelo The Intercept Brasil. Um desses juristas é o deputado federal Luiz Flávio Gomes, que foi muito bem votado em Jales. LFG disse que apoia o combate à corrupção, mas com respeito à lei. “Quando um juiz ou um promotor foge das regras, está contra a sociedade”, resumiu o jurista. 

A TRIBUNA: ELEKTRO DESCUMPRE LEGISLAÇÃO AMBIENTAL AO PODAR ÁRVORES, DIZ PREFEITURA DE JALES

No jornal A Tribuna deste final de semana, a principal manchete destaca a possibilidade de os sonhados pontilhões sobre a linha férrea saírem do papel ainda em 2019. A novidade foi passada “em off” ao jornal por um vereador da base de apoio ao prefeito Flá. Ele disse que o prefeito só vai anunciar a novidade quanto estiver tudo certo. Segundo o vereador, o assunto vem sendo tratado por dois aliados de Flá – o vice-governador Rodrigo Garcia e o deputado federal Geninho Zuliani – junto à empresa que ganhou a concessão da malha ferroviária paulista, a Rumo Logística S.A. A empresa vai investir cerca de R$ 2,2 bilhões em obras para resolver conflitos urbanos em cidades paulistas cortadas pela ferrovia.

Matéria do repórter Alexandre Ribeiro informa que a Prefeitura de Jales está responsabilizando a Elektro pela mutilação de árvores na cidade. A Prefeitura diz que já notificou a Superintendência da Elektro, em Campinas, sobre a atuação da empresa, que vem descumprindo sistematicamente a legislação e acordos bilaterais sobre poda de árvores na cidade. Segundo a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, as podas predatórias da Elektro vem ignorando até mesmo a preservação de espécies nativas. Na Avenida “Maria Jalles”, por exemplo, a empresa cortou uma “farinha seca”, espécie protegida pela legislação ambiental.

A reinauguração da UBS “Getúlio de Carvalho”, no Jardim Arapuã; o caso de um advogado mineiro que foi condenado pela Justiça de Jales a pagar uma multa de R$ 3 milhões por litigância de má-fé; os projetos aprovados na sessão da Câmara de segunda-feira passada, que durou apenas 54 minutos, incluindo os sete minutos gastos com a execução dos hinos; a participação de Jales – onde o Museu foi desativado há oito anos – no Encontro Paulista de Museus do Noroeste; o assassinato de uma auxiliar de enfermagem em Santa Fé do Sul; e o caso do rapaz de Mesópolis, que matou um colega usando uma lança de caçar javalis, são outros assuntos de A Tribuna.

Na coluna Enfoque, informações sobre o caso do ex-funcionário do Consirj que está sendo acusado de “vender” a aprovação em concurso aberto pela Prefeitura de Jales em 2017. Uma colega do ex-funcionário pagou R$ 23 mil para ser aprovada. Na página de opinião, artigo da professora Ioná Piva trata da nossa dificuldade em reconhecer erros e admitir nossas culpas por eles. E a crônica do blogueiro Hélio Consolaro fala de futebol e desemprego. No caderno social, a coluna do Douglas Zílio está recheada de colunáveis. Destaque, também, para o aniversário dos gêmeos Gael e Rafael Minella Rossafa, filhos da Talita e do Alessandro.    

DEU NA FOLHA NOROESTE DE HOJE

No jornal Folha Noroeste, edição digital deste sábado, destaque para a iniciativa da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente que está fazendo a doação de 7.000 mudas de eucalipto para produtores rurais interessados em plantá-las. As mudas foram produzidas no Viveiro Municipal de Jales. Cada produtor rural poderá solicitar o máximo de até 100 mudas, informou o engenheiro agrônomo da secretaria, Tadeu Calvoso Paulon. Por ser uma espécie florestal de rápido crescimento, produtora de madeira de qualidade, o eucalipto tem-se tornado excelente alternativa no mercado de madeira para serraria.

Destaque, também, para a campanha da Elektro, que está reforçando orientações muito importantes para os pais, visando diminuir os acidentes domésticos envolvendo crianças. Segundo dados do Ministério da Saúde, cerca de 110 mil crianças são hospitalizadas, anualmente, vítimas de acidentes dentro da própria casa. Durante as férias escolares, essas ocorrências aumentam em 25%. O ambiente doméstico pode esconder armadilhas que comprometem a segurança dos pequenos. No que se refere a energia elétrica, a Elektro, recomenda atenção redobrada dos pais ou responsáveis no período de férias, em que as crianças ficam mais tempo em casa.

Na coluna FolhaGeral, o comunicativo redator-chefe Roberto Carvalho comenta publicação do Diário Oficial do Estado, edição de quarta-feira, 26, na qual o conselheiro Dimas Ramalho, do Tribunal de Contas (TCE), notifica o prefeito de Jales, Flávio Prandi(DEM), a fim de que, no prazo de dez dias apresente justificativas para a demora na inauguração e funcionamento do Centro Dia Idoso “Alfredo Augusto de Oliveira Gonçalves”. A notificação é consequência de uma representação protocolada pelo vereador Tiago Abra(PP), junto ao TCE, que aponta supostas irregularidades, uma vez que a construção do prédio foi concluída há mais de um ano e até agora não entrou em funcionamento.

FUNDO SOCIAL DE SOLIDARIEDADE RECEBE DOAÇÃO DE COBERTORES DA SABESP PARA A CAMPANHA DO AGASALHO

A notícia é da Secretaria Municipal de Comunicação:

Na manhã da terça-feira, dia 25 de junho, o Fundo Social de Solidariedade (FSS) de Jales recebeu a doação de 42 cobertores da SABESP (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) em Jales, parceiros há vários anos da Campanha do Agasalho. Estiveram presentes a presidente do FSS de Jales e primeira-dama Glauciane Pontes Helena Franco, o prefeito Flávio Prandi Franco, o Flá, o gerente regional da SABESP, Gilmar Rodrigues de Jesus e funcionários da empresa.

Segundo o gerente Gilmar, a ação faz parte da política social da empresa, que todos os anos participa da Campanha do Agasalho, ação solidária de iniciativa do Fundo Social. Os cobertores foram doados pelos próprios funcionários da SABESP. “Através de doações como esta buscamos despertar a conscientização de nossos colaboradores e seus familiares, promovendo a união de forças em prol dos mais necessitados”.

A presidente do Fundo Social, Glauciane Franco agradeceu a doação dos cobertores de microfibra, todos novos, que serão entregues para a população em situação de vulnerabilidade social. “A solidariedade falou mais alto e tivemos a oportunidade de contar, mais uma vez, com este parceiro fundamental para o sucesso de nossa Campanha do Agasalho, a SABESP. Agradeço a todos por esta iniciativa tão bonita e que vai aquecer o inverno de tantas pessoas que necessitam”.

O prefeito Flá também fez questão de agradecer e lembrou que “a SABESP é uma grande parceira da Prefeitura Municipal de Jales, não só na Campanha do Agasalho, colaborando com as arrecadações e distribuição das peças, mas em tantas outras ações. Vocês são imprescindíveis para o sucesso de mais esta edição e tenho certeza que poderemos sempre contar com vocês”.

Campanha do Agasalho:

O lançamento da Campanha do Agasalho 2019 aconteceu no dia 7 de maio, quando foram distribuídos em torno de 70 pontos de coleta pela cidade. “Associado a isso, promovemos ações de sensibilização para que as pessoas levem suas doações até os pontos de coleta e o sucesso dos últimos dois anos possa se repetir. Por isso contamos com a ajuda de todos os grandes parceiros do Fundo Social”, ressaltou a presidente do FSS, Glauciane.

A sexta-feira, dia 28 de junho, é o último dia para que as famílias façam suas inscrições para receber as peças arrecadas na Campanha do Agasalho. Os interessados podem se inscrever na sede do Fundo Social, na Rua Seis, número 2338, no Centro de Jales.

HOSPITAL DE AMOR: FESTA JUNINA CONTRIBUI PARA TRATAMENTO DE PACIENTES

A notícia é da assessoria de imprensa do Hospital de Amor:

Pensando na humanização e no acolhimento dos pacientes, o Grupo de Trabalho Humanizado do Hospital de Amor Jales, em parceria com a Associação Voluntária de Combate ao Câncer (AVCC) de Jales, realizou na última quarta-feira (19), mais uma edição do ‘Arraiá do HA’, festa tradicional nesta época do ano.   

Segundo a organização, o objetivo é promover interação social entre os pacientes, acompanhantes, voluntários e os colaboradores, além de ser um momento especial de entretenimento no sentido de desviar os pensamentos ruins acometidos aos que estão em tratamento oncológico. “A gente sabe que esperar por um procedimento, por um exame ou uma consulta pode gerar muita ansiedade e medo no paciente, ainda mais se tratando de câncer, por isso, nossa ideia é trazer um pouco de alegria e descontração para o ambiente, deixando o dia a dia dessas pessoas um pouco mais leve.”, afirmou a assistente de captação de recursos da unidade, Ariely Siqueira. 

“Os participantes saborearam pratos típicos, como pipoca, canjica, achocolatado, doces, além de aproveitarem a quadrilha e música ao vivo promovida por cantores voluntários”, completou Ariely.

A festa foi realizada no jardim da instituição e a paciente Glaciely de Souza Ribeiro, de Nova Andradina (MS), aproveitou o ‘Cantinho da Beleza’ para dar um toque no visual e ficar bem bonita para a festança. Glaciely tem 36 anos, é formada em direito, mãe de dois filhos, casada e, atualmente, por conta da doença, cuida do lar. Na luta contra um câncer no endométrio, ela não se abate pelos visíveis efeitos colaterais do seu tratamento, se mantendo muito vaidosa e distribuindo sorrisos por onde passa. 

Grata pelo acolhimento, ela afirma que ações como estas transformam um dia comum do paciente e melhora seu tratamento. “Atitudes como essa, por mais simples que possam parecer, transformam o nosso dia a dia e elevam a nossa autoestima. Tudo serve de incentivo para que nosso tratamento siga de forma mais leve e tranquilo. E eu só tenho a agradecer a essa instituição, que já fez muito por mim. Sou grata também as todas as pessoas, desde o profissional da limpeza até os médicos, não tenho do que reclamar”, contou a paciente. 

Para a presidente da AVCC, Cidinha Iglesias, apoiar o Hospital faz parte do trabalho da equipe. “Estamos prontas para ajudar no for preciso. Ajudamos a decorar, a servir, nos vestimos a caráter, não tem tempo ruim. Quando é para fazer o bem, fazemos com tudo com muito amor”, afirmou Cidinha. 

FUNCIONÁRIA DA PREFEITURA DE JALES MORRE EM ACIDENTE NA ELYESER MONTENEGRO

Deu no portal de notícias Região Noroeste:

Segundo informações de amigos, Andreia Aparecida de Brito, servidora Municipal da Prefeitura de Jales, morreu na manhã desta segunda-feira, dia 24, na Rodovia Eliezer Montenegro Magalhães entre Prudêncio e Morais e Pontalinda em um acidente que envolveu a moto de Andreia e um caminhão.

Ainda segundo amigos ela estava com o marido que foi socorrido em estado grave.

Andreia, trabalhava na EMEI Professor Aparecido Tadeu Rodrigues Estanislau, próximo do antigo recinto da Facip no setor de limpeza.

Andreia e o marido moravam em Prudencio e Morais, e costumavam vir de moto até Pontalinda onde pegava ônibus para trabalhar, o marido trabalhava em uma fazenda da região, ela estava vindo trabalhar quando aconteceu o acidente pela manhã.

Por motivos ainda desconhecidos bateu em um caminhão, a reportagem ligou na Polícia Rodoviária Estadual de Jales, mas segundo os Policiais, a PM de Pontalinda provavelmente foi quem atendeu a ocorrência.

BANCO SICREDI PREPARA INAUGURAÇÃO DE AGÊNCIA EM JALES

A inauguração da agência do banco cooperativo Sicredi, em Jales, está prevista para o início de julho, segundo informações obtidas pelo blog. As fontes dão conta de que a agência começará a funcionar no primeiro ou no segundo dia de julho, mas a inauguração oficial, com a presença da diretoria do banco e convidados, está marcada para o dia 19 de julho.

Em Jales, a agência do Sicredi vai funcionar na esquina da Rua Quinze com a Avenida “João Amadeu”, próximo ao pontilhão “Edson Bittencourt”.

As informações dão conta de que o empresário Edmílson Benedito Lázaro investiu cerca de R$ 1 milhão na construção do prédio, erguido especialmente para abrigar a agência do banco. De seu lado, a instituição financeira também está investindo cerca de R$ 1 milhão em móveis, equipamentos, etc, para o funcionamento da agência de Jales.

O Sicredi – que é uma instituição financeira cooperativa – possui mais de 4 milhões de associados e está presente em 22 estados e no Distrito Federal. Em pelo menos 200 municípios brasileiros, o Sicredi é o único banco da cidade.

Com mais de 25 mil funcionários, o banco é considerado por revistas especializadas o 1° na categoria cooperativa de crédito e o 3° em crédito rural do país. Em 2018, o Sicredi inaugurou 120 novas agências, chegando a 1.684 pontos de atendimento.

JORNAL DE JALES: LEVANTAMENTO COLOCA JALES ENTRE AS CIDADES MELHOR ADMINISTRADAS DO PAÍS

Eis a capa do Jornal de Jales deste domingo, cujo principal destaque é a divulgação do Índice de Governança Municipal (IGM), um levantamento do Conselho Federal de Administração (CFA), que coloca Jales entre as cidades melhores administradas em duas modalidades. Na modalidade Gestão, Jales ficou em 5º lugar entre 551 municípios avaliados. Para o prefeito Flá Prandi, “os números alcançados por Jales na avaliação mostram o trabalho da administração municipal séria e transparente, que respeita do dinheiro público”. Flá acrescentou, ainda, que “a cidade terá mais resultados positivos com os investimentos que estão sendo realizados.

Destaque, também, para os irmãos Macetão – Luiz Henrique e André Ricardo – que estão estudando para reforçar a classe médica de Jales, atualmente com cerca de 150 profissionais, incluindo aqueles que atuam somente nos seus respectivos consultórios e os membros do corpo clínico da Santa Casa e do Hospital de Amor. O jornal diz que os dois irmãos – ambos fisioterapeutas – tornaram-se estudantes do curso de Medicina da Universidade Brasil de Fernandópolis, após eliminarem algumas disciplinas afins. Luiz Henrique ingressou no 5º semestre, e seu irmão, o ex-vereador André, está cursando o 3° semestre.

A prisão cinco ladrões de propriedades rurais, que foram flagrados pela polícia de Jales em plena atividade; o levantamento da Corregedoria Geral da Justiça do Trabalho, que coloca a Vara do Trabalho de Jales como a segunda mais eficiente, entre as 151 varas do interior do estado;  a campanha de doação de medula óssea para um rapaz de Jales, que fez aumentar no número de pessoas dispostas a se tornar doadoras; o engajamento dos alunos da Unijales na Missão UniVida, da Diocese de Jales; e o lançamento do livro escrito pelo juiz jalesense Fernando Antônio de Lima e sua esposa, a advogada Adriana Monteiro Sanches de Lima, são outros assuntos do JJ.

Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior comenta que o jalesense Márcio Martins Camargo, nascido e criado em nossa cidade (meu ex-vizinho, por sinal), está próximo de chegar ao ponto mais alto da hierarquia do Tribunal de Contas do Estado(TCE). Ele, que é auditor concursado do TCE, já é substituto de Conselheiro e, como tal, um dos responsáveis por emitir pareceres aprovando ou rejeitando as contas dos prefeitos dos 546 municípios paulistas. Não obstante o sucesso profissional, Márcio mantém a simplicidade dos tempos em que morava aqui em Jales com os pais, o saudoso e corintianíssimo professor José Camargo e a professora Eneida Martins Camargo. 

A TRIBUNA: CONSUMIDORES RECLAMAM DO PREÇO DO ETANOL VENDIDO NOS POSTOS DE JALES

No jornal A Tribuna deste final de semana, destaque para a operação “Farra no Tesouro”. Matéria do repórter Alexandre Ribeiro, o Carioca, informa que a Polícia Federal, depois de um minucioso levantamento, descobriu com exatidão quanto a ex-tesoureira da Prefeitura de Jales, Érica Cristina Carpi, desviou dos cofres municipais para pagar a reforma de uma das lojas do grupo Betto Calçados. Os investigadores encontraram cheques dos valores que foram investidos na aquisição do ponto comercial e na reforma que resultou na instalação da loja Club Kids, na Rua Dez. Por ocasião da inauguração, Betto explicou que a ideia era fazer uma fachada que chamasse a atenção do público.

Destaque, igualmente, para as reclamações de consumidores jalesenses com relação ao preço do etanol cobrado pelos postos de combustíveis de Jales. Um consumidor relatou ao jornal que esteve em Araçatuba e aproveitou para reabastecer com etanol a menos de R$ 2,30/litro, cerca de cinquenta centavos a menos que o preço médio praticado em Jales, que, segundo pesquisa da Agência Nacional do Petróleo (ANP) estava em R$ 2,80, na semana passada. Das 108 cidades pesquisadas pela ANP, em pelo menos 93 o preço médio do etanol é menor que o valor encontrado em Jales. Em abril do ano passado, o etanol vendido em Jales era o mais barato do estado, segundo a ANP.

A celebração do Corpus Christi em Jales, onde as ruas do centro foram enfeitadas por tapetes colocados pelos católicos da cidade; a condenação da ex-prefeita Nice Mistilides, acusada de improbidade por conta da aquisição dos uniformes escolares de 2013; o 6º Encontro de Carros Antigos, que levou colecionadores da região e de outros estados a Urânia; a invasão de traficantes e usuários de drogas, que tomaram posse da praça “Euphly Jalles”; e a tentativa da defesa da ex-tesoureira Érica de conseguir a liberação dos bens bloqueados pela Justiça, são outros assuntos de A Tribuna.  

Na coluna Enfoque, a informação dando conta de que a Prefeitura concluiu a construção de uma passarela na ponte que liga o conjunto “João Colodetti” ao Jardim Alvorada, na avenida “Lourival de Souza”. Outra informação diz que, depois de 15 meses fechada para reformas, a UBS do Jardim Arapuã volta a funcionar nessa segunda-feira, 24. Na página de opinião, o sorumbático Marco Antônio Polleto escreve artigo sobre Chico Buarque de Hollanda, que completou 75 anos na quarta-feira, 19. E no caderno social, destaque para a disputada coluna do Douglas Zílio e para o 25º Chá da Amiga, da 1ª Igreja Batista de Jales.   

DEU NA FOLHA NOROESTE DE HOJE

No jornal Folha Noroeste, edição digital deste sábado, o principal destaque é a incursão que o prefeito Flá Prandi(DEM) fez a São Paulo para assinar um convênio com o governo estadual, através do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-SP), no valor de R$ 553 mil, para melhorias em vias públicas. Em Jales, os recursos poderão ser utilizados em obras de infraestrutura urbana,  pavimentação, recapeamento de ruas, etc. Poderão ser utilizados, também, na instalação de novos semáforos em avenidas e campanhas educativas que possam contribuir para a redução de acidentes, entre outras ações. Flá aproveitou a viagem a São Paulo para falar com o vice-governador Rodrigo Garcia e fazer mais alguns pedidos.

Destaque, igualmente, para as atividades educativas realizadas pela EMEI “Diva Maciel Jorge” em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado no dia 05 de junho de cada ano. Entre as atividades, os alunos do Maternal da EMEI – crianças com apenas 03 anos de idade, que já começaram a assimilar a importância do Meio Ambiente – fizeram um passeio ecológico nas imediações da escola e, em ato de encorajamento, recolheram os materiais poluentes encontrados nos locais. As crianças aprenderam, também, a separar e classificar os lixos recolhidos.

Na coluna FolhaGeral, o intrépido redator-chefe Roberto Carvalho comenta que alguns vereadores jalesenses estariam chateados com as constantes críticas nas redes sociais. Segundo o colunista, um desses vereadores teria reclamado, afirmando que, na opinião dos internautas, “tudo o que acontece na cidade é por culpa nossa”. Roberto ponderou que, evidentemente, nem tudo de ruim que acontece na cidade é por culpa dos vereadores e, ao contrário, o trabalho deles é essencial. O colunista opina que, se os vereadores de Jales desejam apresentar bons serviços e jogar para longe a pecha de incompetentes devem ouvir mais as pessoas.

1 2 3 4 5 457