Categoria: Cidade

CAMARADA MARTINI ESTÁ NA ARGENTINA PARA FISCALIZAR ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS DE DOMINGO

O bar do PM, na esquina da Dois com a Onze, estará um pouco vazio neste final de semana. É que o companheiro José Célio Martini, que os amigos conhecem pelo carinhoso epíteto de “Camarada Martini”, deixou Jales na quarta-feira, 23, e no dia seguinte já estava na Argentina, onde deverá permanecer por uns dias.

As fotos que ilustram este post foram registradas na sexta-feira, 25, em frente à Casa Rosada, sede do governo argentino. Ela mostra parte da delegação de brasileiros, incluindo o Martini, que irão – como membros de uma Organização Não Governamental Internacional – fiscalizar a legitimidade das eleições presidenciais argentinas, marcadas para o domingo, 27.

De Buenos Aires, onde se encontra, Martini entrou em contato com os amigos para dar uma panorama da situação pré-eleitoral. Ele disse que o ambiente na capital argentina é de muita tranquilidade e afiançou que o clima, por lá, é amplamente favorável ao candidato oposicionista, Alberto Fernández.

Martini ressaltou, por outro lado, que, não obstante a aparente tranquilidade, os bancos e as casas de câmbio estão cheios de pessoas que, diante da desvalorização do peso argentino, estão tentando se garantir com a compra de dólares. Lá como cá, os donos do dinheiro tentam criar uma ambiente de desestabilização diante de uma provável vitória da esquerda. 

DEU NA FOLHA NOROESTE DE HOJE

No jornal Folha Noroeste, edição digital deste sábado, a principal manchete destaca crítica do vereador Macetão, durante uma discussão sobre trânsito, na sessão da Câmara, onde o vereador diz que os assessores do prefeito Flá mais parece “um bando de incompetentes”. Segundo o jornal, o vereador perdeu a paciência com as respostas oriundas do Executivo aos seus pedidos de informações. “Os assessores do prefeito acreditam que a gente não lê o que eles mandam para nós ou então temos um bando de incompetentes trabalhando com o prefeito”. Macetão afirmou que a assessoria do prefeito costuma enviar respostas evasivas para a Câmara, em alguns casos com apenas três linhas, revelando falta de respeito com o Legislativo.

O jornal está destacando, também, a XVI Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho, realizada pela CIPA da Santa Casa de Jales nos dias 23 e 24. O tema do evento foi “Depressão, estresse e ansiedade: os males do século”. Na primeira palestra, sobre a Síndrome de Bournout, o professor Alexandre dos Santos explicou o que é a depressão e suas fases. No segundo dia, a palestra ficou por conta das colaboradoras Bruna Azevedo e Ellen Faruthe, que realizaram uma mesa redonda onde explanaram sobre a ansiedade e o pensamento acelerado. O provedor Júnior Ferreira agradeceu o pessoal da CIPA e afirmou que “o mundo adoeceu e a depressão é uma doença que deve ser levada a sério e tratada devidamente”.

Na coluna FolhaGeral, o poético redator-chefe Roberto Carvalho comenta que os vereadores jalesenses estão sem criatividade e insistem em ficar encaminhando perguntas repetitivas ao Executivo, que, de seu lado, também é repetitivo nas respostas. O colunista diz ainda, que observar o atual cenário político de Jales “é como olhar um lago de águas paradas e espelhadas, sem uma brisa que mova levemente a superfície”, tal é o marasmo que a cidade vive no momento. Roberto complementa, afirmando que “os atuais ocupantes dos cargos eletivos – na Prefeitura e na Câmara, em Jales – dificilmente terão êxito se tentarem reverter esse marasmo político no município”, uma que eles fazem parte dessa situação.

POLICIAIS FEDERAIS DE JALES SÃO HOMENAGEADOS EM SÃO PAULO

Da assessoria de Comunicação da PF:

Na última quarta-feira (23), policiais federais de Jales/SP foram homenageados na capital do Estado. Todos os anos a Associação Comercial de São Paulo, entidade apartidária, mantida exclusivamente com contribuição de seus associados, entrega homenagens a integrantes das forças de segurança em atuação no Estado que se destacaram no cumprimento da função.

A Superintendência da PF no Estado de São Paulo, após consulta da Associação Comercial da capital, indicou para receber a homenagem policiais federais de Jales, que atuaram nas investigações relacionadas à *Operação Vagatomia*, deflagrada em setembro deste ano, que investigou fraudes milionárias no FIES e outros crimes relacionados a um curso de medicina da região.

O evento da entrega das homenagens ocorreu na sede da Associação Comercial de São Paulo, Distrital Oeste, e contou com a presença de vários diretores da entidade, além de representantes da Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Exército Brasileiro e Guarda Civil Metropolina da capital, que também tiveram integrantes de seus quadros homenageados na ocasião.

O Superintendente Regional da PF no Estado de São Paulo também esteve presente prestigiando o evento e entregou aos policiais federais de Jales homenageados uma réplica do “Marco da Paz” e diplomas de “Mensageiros da Paz”.

O monumento “Marco da Paz” foi idealizado por um dos fundadores da Associação Comercial de São Paulo, que tem mais de 120 anos de história e é entregue anualmente a homenageados que contribuíram e fizeram a diferença na promoção da paz social.

JALESENSE IVAIR AYDAR FALECE EM APARECIDA DO TABOADO, AOS 64 ANOS

Ivair, o goleiro da foto acima, foi meu colega de futebol nos tempos de infanto-juvenil do CAJ. Me lembro de grandes atuações dele, que garantiram vitórias do nosso time. A maior delas, na minha opinião, foi em São José do Rio Preto, quando vencemos o infanto-juvenil do América por dois a zero.

Certa vez, fomos a Araraquara jogar contra a Ferroviária, que já havíamos vencido aqui em Jales, e um diretor do time prometeu que, se não perdêssemos, poderíamos, na volta, assistir ao jogo que o Palmeiras faria em Rio Preto naquele mesmo dia.

O Ivair garantiu o empate em 1 x 1 e o time inteiro – inclusive eu, que sou corintiano – se deleitou vendo Ademir da Guia, Luís Pereira e outros (o Leão e o Baldochi estavam no México, com a seleção tri-campeã) contra o América, que tinha um bom time.

A notícia sobre o falecimento do Ivair, irmão do Luzo Aydar, é do portal Costa Leste News:

Faleceu hoje (24), por volta das 15h, o ex-vereador Ivair Garrido Aydar, aos 64 anos de idade. O corpo vai ser velado em Aparecida do Taboado, na Funerária Rosa Mística (próxima à Bicicletaria do João) das 18h às 00h e, em seguida, translado para Jales onde ocorrerá o sepultamento nessa sexta-feira, às 17hs.     

Segundo a família, Ivair passou mal na noite de ontem em uma lanchonete/sorveteria da cidade. Ele deu entrada no Pronto Socorro por volta das 22h55, onde acabou falecendo. De acordo com informações repassadas pelo filho, Ivair teria sofrido uma embolia pulmonar.

Apesar de não ser natural de Aparecida do Taboado, Ivair Aydar adotou o município como terra natal tendo feito parte do Legislativo Municipal na gestão 2009-2012, eleito pelo PPS com 233 votos em 2008. 

TELEFONICA, VIVO E ELEKTRO SÃO AS EMPRESAS MAIS ACIONADAS POR USUÁRIOS NA JUSTIÇA DE JALES

A Telefônica S/A continua sendo a empresa mais acionada na Justiça de Jales em ações ajuizadas por usuários que reclamam dos serviços da concessionária de telefonia. Até 2015, a campeã das reclamações era a Vivo S.A., mas a partir de 2016, a Telefônica assumiu o primeiro lugar nesse quesito e não mais se deixou ser ultrapassada.

Somente nos últimos trinta dias, nada menos que 190 ações em que a Telefônica aparece como requerida foram ajuizadas na Justiça local, sendo que, dessas ações, pelo menos em 20 casos são pedidos de indenizações por danos morais e ou materiais, com valores que variam entre R$ 5 mil e R$ 15 mil.

A ex-campeã Vivo S/A aparece em segundo lugar no ranking das colecionadoras de reclamações, mas está bem distante da primeira colocada, com 32 ações ajuizadas contra ela nos últimos trinta dias. Dessas, pelo menos 10 ações reclamam indenizações por danos morais, a maioria delas em valores próximos a R$ 5 mil.

A Elektro também vem sendo bastante acionada na Justiça. Nos últimos trinta dias, foram ajuizadas pelo menos 15 ações contra a empresa, no Fórum de Jales. Quase a metade dessas ações – 07 – estão pleiteando indenizações por danos morais e ou materiais. Outras 03 ações estão acusando a Elektro de práticas abusivas, enquanto duas acusam a empresa pela inclusão indevida de clientes em cadastros de inadimplentes.

Já a concessionária dos serviços de água e esgoto, a Sabesp, tem sido alvo de pouquíssimas reclamações na Justiça. Durante todo o ano de 2019, foram apenas 03 ações ajuizadas contra ela, das quais duas pleiteiam indenizações.

POSTO DE EMISSÃO DE PASSAPORTES DE JALES CAUSA INVEJA EM MOGI DAS CRUZES

O fato de Jales possuir um posto de emissão de passaportes – na Polícia Federal – parece estar incomodando o pessoal de Mogi das Cruzes.

Ontem, o jornal O Diário, daquela cidade, publicou editorial reclamando que, apesar de contar com mais de 440 mil habitantes, não conta com um posto emissor de passaportes, enquanto cidades com população bem menor – como é o caso de Jales – possuem esse tipo de serviço.

Segundo o jornal, o Departamento de Polícia Federal mantém, no interior de São Paulo, 16 postos de emissão de passaportes, dos quais pelo menos 12 operam em municípios bem menores que Mogi das Cruzes, “como é o caso de Cruzeiros, com seus 81 mil habitantes, que deve o serviço ao ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos, prata da terra”.

O jornal diz que fica difícil explicar a inexistência, em Mogi das Cruzes, de um serviço que existe em Araraquara (143 mil habitantes), Araçatuba (178 mil), Marília (237 mil), Piracicaba (297 mil), Presidente Prudente (207 mil), São Carlos (239 mil) e São José do Rio Preto (431 mil). E finaliza o editorial dizendo que “pior ainda é tentar explicar que não há, aqui, o que existe em Jales, cidade paulista de 49 mil habitantes”.

Sal grosso para os invejosos!

TRIBUNAL DO JÚRI DE JALES JULGA NESSA QUARTA-FEIRA CASAL QUE ASSASSINOU MULHER EM SANTA ALBERTINA

O Tribunal do Júri de Jales volta a se reunir nessa quarta-feira, 23, a partir das 09 horas, sob a presidência da juíza Maria Paula Branquinho Pini, para julgar mais um caso de assassinato ocorrido em Santa Albertina.

Dessa vez, os réus são um homem (E.A.F.) e uma mulher (J.R.O.), acusados de homicídio qualificado. O crime ocorreu no dia 1º de fevereiro de 2015, quando, segundo a acusação do MP, eles mataram, a tiros, a senhora Judite Marques de Oliveira, por motivo torpe e com emprego de recurso que dificultou a defesa da vítima.

O motivo? Judite – apesar de insistentemente cobrada – não pagou o entorpecente que teria adquirido dos dois acusados, para revender.

E.A.F., o homem, negou a autoria do crime, mas J.R.O., a mulher, confessou sua própria participação e confirmou em seus depoimentos à polícia e em juízo, que foi seu companheiro quem disparou os tiros contra Judite. 

JORNAL DE JALES: PROMETIDA HÁ DEZ ANOS, CONSTRUÇÃO DE VIADUTO PODE SAIR DO PAPEL NO INÍCIO DE 2020

Eis a capa do Jornal de Jales deste domingo, enviada pelo velho Brasa, que, à essa altura, deve estar com a cabeça inchadíssima por conta do Coringão. O principal destaque são as novidades a respeito de um velho assunto: a construção dos viadutos sobre a linha férrea, prometida há mais de dez anos. Segundo o jornal, fontes da empresa Rumo – responsável pela malha ferroviária paulista – garantem que o objetivo inicial será construir um viaduto nas imediações da Rua Minas Gerais, ligando os bairros Roque Viola e Jardim São Gabriel. Já a construção do viaduto na Rua Dois, que vem sendo reivindicada desde a administração do ex-prefeito Humberto Parini, deverá ficar para uma segunda etapa.

Outra manchete do jornal destaca que “Jales se prepara para ser sede de Região Turística”. A matéria diz que um projeto para transformar Jales em sede de região turística do Ministério do Turismo já começou a ser desenvolvido com a reestruturação do Conselho Municipal (COMTUR) e o início da elaboração do Plano Regional de Turismo. O projeto – conforme explicou o diretor de Desenvolvimento Turístico do município, Luiz Carlos Gonzaga – situa a região de Jales voltada para a fruticultura e para isso estão sendo criadas parcerias com municípios onde a produção de frutas é bem desenvolvida.

O caso da empregada doméstica que, durante 11 meses, praticou o furto continuado de joias, semijoias e outras coisas da patroa, estimadas em mais de R$ 40 mil; o início da Atividade Delegada, que está gerando mais segurança no centro da cidade e, de outro lado, causando reclamações dos motoristas desavisados que estão sendo multados, também são assuntos do JJ. O jornal traz, ainda, um interessante artigo do ex-delegado da Receita Federal e advogado tributarista Odassi Guerzoni Filho, sobre medida anunciada pelo governo Bolsonaro para, supostamente, beneficiar quem tem dívidas com a União. Título do artigo: “171”.

E na coluna Fique Sabendo – ilustrada pelo lindo sorriso da ex-vereadora Pérola Cardoso – o jornalista Deonel Rosa Júnior relata o testemunho que a ex-parlamentar deu a respeito do atendimento da nossa UPA. Segundo Deonel, Pérola foi atendida naquela unidade de saúde na segunda-feira, 14, e disse ter saído de lá com ótima impressão, principalmente pelo atendimento humanizado que lhe foi dispensado. O médico que a atendeu – informa o colunista – foi o jovem prata da casa Victor Hugo Azevedo Agostinho, que é filho de professores. Deonel revelou, ainda, que a ex-vereadora acena com a possibilidade de disputar eleições novamente.

A TRIBUNA: PREFEITURA CONSEGUE BAIXAR PREÇOS E OBRAS ESTIMADAS EM R$ 11 MILHÕES SERÃO FEITAS POR R$ 9,2 MILHÕES

No jornal A Tribuna deste final de semana, destaque para a licitação realizada pela Prefeitura de Jales na semana passada, para contratação das obras que serão feitas com o empréstimo de R$ 11 milhões obtido junto à Caixa Federal. Seis empresas participaram da licitação e, ao final, a Prefeitura conseguiu um desconto de 16% no preço das obras, o que significará uma sobra de quase R$ 1,8 milhão, dinheiro que poderá ser investido em outras prioridades. As obras licitadas irão beneficiar os distritos industriais I e III, o Jardim do Bosque e o Parque das Flores. As empresas Noromix e Carvalho Garcia, ambas de Votuporanga, foram as vencedoras.

Destaque, também, para o dinheiro que deverá entrar no caixa da nossa Prefeitura, por conta da cessão onerosa do pré-sal. Projeto aprovado pelo Senado Federal na terça-feira, 18, prevê que os recursos – mais de 100 bilhões – que serão obtidos pela União com o leilão do pré-sal, deverão ser partilhados com estados e municípios. Cálculos da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) estimam que Jales deverá receber cerca de R$ 3 milhões. O leilão está marcado para o dia 06 de novembro mas ainda não foi definida a data em que os recursos destinados aos estados e municípios estarão disponíveis.

O caso da empregada doméstica que furtou joias e semijoias da patroa, estimadas em cerca de R$ 40 mil e o caso do rapaz de Fernandópolis, que se desequilibrou ao fazer algumas manobras com sua moto, aqui em Jales, e acabou morrendo; a denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal de Jales contra 32 pessoas envolvidas nas fraudes no curso de Medicina da Universidade Brasil de Fernandópolis; a história dos dois cantores sertanejos que vendem suco em semáforos de Jales, para financiar a gravação do primeiro CD da dupla; e o lamentável estado em que se encontra o ônibus que transporta pacientes de Jales para Barretos e Rio Preto, são outros assuntos de A Tribuna.

Na coluna Enfoque, destaque para o piti do vereador Chico do Cartório, que, durante a discussão de um requerimento na sessão de segunda-feira passada, subiu o tom ao pedir que alguns colegas parem de puxar o saco do prefeito. Na página de opinião, os costumeiros artigos do doutor Valmor Bolan e do blogueiro Hélio Consolaro. E no caderno social, destaque para a coluna do Douglas Zílio e para a cantora Bia Ferraz, que participou do programa The Voice Brasil, da Globo, e ficou a apenas dois passos da final. Ela foi entrevistada pelo Daniel Zílio – irmão do Douglas – no programa que ele apresenta às sextas-feiras, na Rádio CBN Grandes Lagos (99,3 FM).

ETEC JALES DIVULGA RELAÇÃO DE CURSOS PARA VESTIBULINHO 1º SEMESTRE 2020

A Etec Dr. José Luiz Viana Coutinho comunica que as inscrições para o Vestibulinho para o 1º Semestre de 2020 estarão abertas do dia 16/10 até às 15h do dia 12/11, exclusivamente pelo site www.vestibulinhoetec.com.br. A prova será realizada em 15/12/2019.

Para o próximo ano serão oferecidas 360 vagas na Etec Sede e 80 na Classe Descentralizada instalada na Fatec Prof. José Camargo, em Jales.

Os cursos oferecidos na Escola Agrícola, localizada na Zona Rural de Jales, são:

 Já no Prédio Urbano, localizado na Rua 13, nº 2422, Centro, em Jales, serão oferecidos os seguintes cursos:

 Os cursos técnicos modulares oferecidos são desenvolvidos em 2, 3 ou 4 semestres, em que o aluno deve, no ato da matrícula, ter concluído o Ensino Médio ou estar cursando pelo menos a 2ª série do Ensino Médio.

Já nos cursos integrados os alunos devem ter concluído o 9º ano do Ensino Fundamental, e são desenvolvidos em 3 anos, com a formação do Ensino Médio e Técnico juntos.

A Etec oferece aos seus alunos lanches e refeições, de acordo com as necessidades nutricionais estabelecidas e acompanhadas por profissional Nutricionista.

Para os alunos dos cursos desenvolvidos na Escola Agrícola existe a possibilidade de utilizarem acomodações da Residência Estudantil.

Haverá, ainda, a implantação de uma Classe Descentralizada na Fatec Jales (Prof. José Camargo), localizada na Rua Vicente Leporace, 2630 – Jardim Trianon – Jales, numa parceria inovadora que implantará uma nova modalidade de ensino na cidade de Jales, chamada “Articulação do Ensino Médio com o Superior – AMS”, onde o aluno ingressa na Etec através do Vestibulinho, nos cursos especificados abaixo, e ao final da 3 série do curso de Ensino Médio+Técnico acessa o curso superior oferecido pela Fatec, sem a necessidade de prestar Vestibular e com a duração do curso reduzida para apenas 2 anos.

Por tratar-se de uma Instituição de Ensino pública, não há o pagamento de mensalidades de qualquer espécie, ou seja, os cursos são TOTALMENTE GRATUITOS.

Para maiores informações acesse o site: http://www.etecjales.com.br/ ou ligue para: (17) 3632-9004 ou 3632-1024.

1 2 3 4 5 471