Categoria: Cidade

GOVERNO DO ESTADO ANUNCIA RECAPEAMENTO DA VICINAL “VITÓRIO PRANDI”

A notícia é da Secretaria Municipal de Comunicação:

A vicinal que liga Jales a Dirce Reis será finalmente recapeada, após clamores da população das duas cidades há anos. Na tarde da quarta-feira, dia 05 de maio, o prefeito Luis Henrique Moreira participou de cerimônia no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, onde o governador do Estado, João Doria, anunciou o maior programa de investimentos em estradas vicinais da história do Estado, com investimentos de R$ 2,5 bilhões na recuperação e manutenção de estradas vicinais, gerando, ao mesmo tempo, 15 mil empregos.

Serão investidos quase R$ 17 milhões para a recuperação e pavimentação asfáltica na Estrada Vicinal que possui uma extensão total de 20 quilômetros, sendo 9 pertencentes a Jales (JAL 040 – Estrada Vicinal Vitório Prandi) e os outros 11 pertencentes a Dirce Reis (DIR 119 – Estrada Vicinal Raphael Cavalin).

A solenidade contou com a presença do governador João Doria, do vice-governador Rodrigo Garcia, do presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, o deputado estadual Carlão Pignatari, do secretário de Estado de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi e do secretário de Estado de Logística e Transportes, João Octaviano Machado Neto, do secretário de Estado de Turismo Vinícius Lummertz, além dos deputados estaduais Analice Fernandes e Itamar Borges.

Durante a cerimônia, foi apresentada pelo governador a licitação para contratar as duas primeiras fases do programa Novas Estradas Vicinais, que irá recuperar e modernizar 1.563 quilômetros de estradas de responsabilidade municipal em todo o estado. Nesta etapa inicial, o Governo de São Paulo vai investir R$ 1,2 bilhão em obras licitadas pelo DER (Departamento de Estradas de Rodagem).

“Só nestas fases 1 e 2, haverá investimento de R$ 1,2 bilhão e 1,5 mil quilômetros de novas vicinais aqui no estado de São Paulo. O efeito não é só a recuperação física das vicinais, e sim o que elas representam de fato para a vida dos municípios no campo e na cidade. É uma grande transformação. “Nas quatro fases do projeto serão R$ 2,5 bilhões de investimentos e 3 mil quilômetros de novas estradas vicinais.”, afirmou o Governador João Doria.

Para o vice-governador Rodrigo Garcia, “é um marco para os municípios que têm dificuldade na manutenção dessas estradas tão importantes. As obras vão gerar empregos e quando ficarem prontas trarão ainda mais desenvolvimento para as regiões”.

O prefeito Luis Henrique disse que, com as obras de recuperação da estrada vicinal que liga Jales a Dirce Reis, será possível garantir segurança aos usuários da via, melhorar o escoamento da produção agrícola e industrial daquela região, facilitar o acesso da população à educação, saúde, serviços sociais e muitos outros benefícios.

“Essa vicinal é uma importante via de escoamento da produção agrícola de nossa região, utilizada por produtores rurais, empresas, estudantes e pela população em geral. Há muito tempo ela se encontra em péssimas condições de conservação, totalmente cheia de buracos, representando um enorme perigo para quem transita ali, além de registrar recorrentes acidentes. Finalmente vamos conseguir transformar essa realidade”, disse o chefe do Executivo jalesense.

NÚMERO DE EMPRESAS ABERTAS EM JALES CRESCEU MAIS DE 70% NO PRIMEIRO QUADRIMESTRE DE 2021

A notícia é da assessoria de imprensa da ACIJ:

A quantidade de empresas abertas em Jales nos quatro primeiros meses de 2021 superou em 71,5% o número do mesmo período do ano passado. Os dados foram divulgados pela Junta Comercial do Estado de São Paulo, a pedido do Escritório Regional da Jucesp em Jales.

De Janeiro a Abril de 2020, 49 empresas foram abertas no município, enquanto neste ano, foram 84.

Mesmo com a pandemia, o saldo de novos CNPJs, que já era positivo no mesmo período de 2020, surpreendeu e apresentou um crescimento de 133%.

No primeiro quadrimestre de 2020, enquanto a cidade ganhou 49 empresas, perdeu 34, resultando em um saldo de +15 Cadastros Nacionais de Pessoa Jurídica. Já em 2021, enquanto foram 84 constituições, ou seja, aberturas, outras 49 foram encerradas, um saldo de +35.

De acordo com a administradora do Escritório Regional de Jales da Jucesp, Maria Perpétuo Osório, que também é secretária executiva da Associação Comercial e Industrial de Jales, os números mostram que, embora os impactos da pandemia tenham sido grandes, a economia da cidade não parou de girar.

“A luta da ACIJ para que o comércio e demais setores da economia local continuassem em atividade foi grande e acreditamos que ela esteja refletindo nesses números da Junta Comercial. Nós acreditamos que o cenário vai melhorar ainda mais e, em breve, teremos mais empresas abertas e, consequentemente, mais empregos, fortalecendo nossa região”, destacou.

VACINAÇÃO DE IDOSOS TERÁ SEQUÊNCIA NA TERÇA-FEIRA (62 ANOS), QUARTA (61) E QUINTA (60). SEGUNDA DOSE PARA PROFESSORES TAMBÉM CHEGOU

A Secretaria Municipal de Saúde de Jales já recebeu as cerca de 1.900 vacinas da Oxford-AstraZeneca destinadas à vacinação das pessoas com 60, 61 e 62 anos. A vacinação dessas pessoas só não começou nesta segunda-feira porque a equipe da Saúde está aplicando, hoje, a segunda dose do grupo de 68 anos.

Desse modo, a vacinação do grupo de idosos de 60, 61 e 62 anos começa amanhã, terça-feira(04), com a imunização das pessoas que já completaram 62 anos. Na sequência, serão vacinadas as pessoas com 61 anos (quarta-feira, 05) e 60 anos (quinta-feira, 06).

Mais uma vez, a vacinação será realizada na 1ª Igreja Batista, na Avenida “Paulo Marcondes”, no sistema de drive-trhu, das 08 às 12 horas. Haverá, também, uma fila para as pessoas que não possuem carro.

De outro lado, já chegaram também as vacinas da Coronavac para a segunda dose dos profissionais da Educação. Em princípio a vacinação está prevista para a próxima segunda segunda-feira, 10, mas poderá ser antecipada.

JORNAL DE JALES: FATEC JALES CONTINUA ENTRE AS FACULDADES MAIS BEM AVALIADAS DO BRASIL

Eis a capa do Jornal de Jales, cujo principal destaque é a performance da Fatec Jales – Faculdade de Tecnologia “Professor José Camargo” – que, mais uma vez, está entre as melhores instituições de ensino superior do país, de acordo com os dados do Índice Geral dos Cursos (IGC), divulgados pelo Ministério da Educação. Segundo a assessoria de comunicação da Fatec, os dados do IGC, baseados em uma série de aspectos, como o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), são indicadores da qualidade dos cursos e das instituições de ensino superior e subsidiam diversas políticas públicas para a área. De uma escala de 1 a 5 do IGC, a Fatec Jales alcançou a nota 4, considerado bastante satisfatório.

Destaque, igualmente, para o deputado federal Fausto Pinato(PP), de Fernandópolis, que abriu a caixa de ferramentas, durante a semana, para rebater as bobagens ditas pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, a respeito da China, principal parceiro comercial do Brasil. Presidente da Frente Parlamentar Brasil-China, Pinato abespinhou-se com declarações de Guedes atribuindo à China a “invenção” do coronavírus. Em nota oficial, o deputado disse que “qualquer governo sério demitiria imediatamente esse ministro fanfarrão chamado Paulo Guedes”.

O destaque dado pelo portal UOL à trajetória da blogueira e empresária jalesense Mariana Saad; o desempenho da Santa Casa de Jales, que já atendeu mais de 1.500 pessoas com covid; o Refis da Prefeitura de Jales, onde os contribuintes podem negociar suas dívidas de forma virtual; a força tarefa policial que prendeu três pessoas por descaminho; a ação movida por uma moradora do Jardim do Bosque, que despencou em um buraco de uma ponte; o saldo positivo da geração de empregos em 2021; e os 80 anos da chegada da família Seixas a Jales, são outros assuntos do JJ.

Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior está informando que a vice-prefeita Marynilda Cavenagui, que dá expediente diário na Prefeitura, deverá ganhar, nos próximos dias, um espaço físico para chamar de seu no Paço Municipal, ou seja, uma sala exclusiva para despachar. O colunista está ressaltando, também, a eleição para os Conselhos Deliberativo e Fiscal do Instituto Municipal de Previdência, realizada no dia 20 de abril. Segundo Deonel, a eleição comprovou que a categoria mais organizada, entre os servidores municipais, é a da educação. Das cinco mulheres eleitas, nada menos do que quatro são professoras. 

LIVRO COM OBRAS DO PINTOR ARMANDO PEREIRA TERÁ MAIS DOIS QUADROS DISPONIBILIZADOS POR MORADORA DE JALES

“Aos 63 anos, dos quais 12 vividos em Jales, entre 1962 e 1974, Luiz Carlos Seixas, compositor premiado em festivais locais e escritor, encarna o típico de quem saiu de Jales, mas Jales não saiu dele”

Assim começa a matéria/entrevista de página inteira do Jornal de Jales de domingo passado sobre o livro que o Seixas está preparando com fotos de quadros do pintor primitivista Armando Pereira, falecido há vinte anos. Os quadros de Armando, um trabalhador rural de poucas letras, retratam um pouco da octogenária história de Jales.

A matéria do JJ chamou a atenção de uma moradora de Jales, a nossa amiga Kátia Regina Tostes – filha do conhecidíssimo Ernesto Moraes Tostes, o Carioca – que entrou em contato com o Seixas para disponibilizar dois quadros de Armando, de propriedade dela.

Entusiasta da obra de Armando, Seixas viajou 370 quilômetros, de Ourinhos a Jales, para, nesse sábado, fotografar os quadros da Kátia, os quais, evidentemente, serão incluídos no livro, cujo lançamento em edição digital (e-book) está previsto para daqui uns dois meses. Agora, já são 38 os quadros que estarão no livro.

Os planos de Seixas incluem, também, um livro em papel couché, mas essa é outra história. Na foto lá de cima, o Seixas – Bochecha, para os amigos – está fotografando os quadros. Um deles, o da esquerda, mostra um comício nas proximidades da caixa d’água da Sabesp, no início dos anos 80.

Aquele local já testemunhou comícios históricos. Num deles, o candidato Francisco Vianna, com o intuito de atrair público e impressionar os adversários, prometeu o sorteio de um carro. O público, é claro, compareceu, mas, para frustração geral, Vianna foi impedido pela Justiça de promover o sorteio e o comício quase terminou em confusão.

Voltando ao Seixas, ele não é apenas um bom compositor e fotógrafo. É também um cronista super talentoso e dono de uma memória prodigiosa. Muitas de suas crônicas, publicadas em um jornal de Santa Cruz do Rio Pardo, são inspiradas em fatos e cenas vivenciadas nos 12 anos que viveu em Jales, de 1962 a 1974.

Além de escrever crônicas deliciosas e compor sambas como “Mulher de Malandro”, vencedor de um festival aqui em Jales, ou “Numa Só das Mãos”, gravado pelo Toquinho em 1981 e regravado recentemente pelo Mutinho, Seixas foi um quase intransponível goleiro do juvenil do CAJ. Isso, porém, é assunto pra outro post.

Pessoalmente, torço para que o segundo livro do Seixas seja uma coletânea de suas crônicas, principalmente aquelas que falam de personagens de nossa cidade. Uma das minhas preferidas, escrita há mais de 20 anos, fala de uma personagem feminina da nossa adolescência que frequentava o imaginário de todos os rapazes do colégio.

Aguardemos, por enquanto, o livro “Jales de Armando Pereira”.  

A TRIBUNA: CONSELHO DE ÉTICA DA CÂMARA DECIDE SE RECEBE DENÚNCIA CONTRA VEREADOR ELDER MANSUELI

No jornal A Tribuna deste final de semana, o principal assunto é a dívida que a Prefeitura de Jales tem junto ao Instituto Municipal de Previdência Social. De acordo com a matéria, exatos R$ 21.889.309,40 é o montante que a municipalidade deve ao IMPSJ. O total se refere a três parcelamentos de débitos atrasados, assinados durante a gestão do ex-prefeito Flávio Prandi, acrescidos de correções e atualizações monetárias pelos índices da inflação. Esses números, que nos fazem sentir saudades do tempo em que nossa maior dívida era com a viúva Minerva Jalles, foram calculados até o dia 05 de abril e fazem parte da resposta a um pedido de informações feito pelo vereador Hilton Marques(PT).

Outro destaque do jornal ficou por conta da bananosa em que se meteu o vereador Elder Manueli, por conta de uma pequena diarreia verbal, na qual classificou o prefeito e um assessor de “vagabundos” e “moleques”. Segundo a matéria, o Conselho de Ética da Câmara se reuniu para discutir a representação protocolada pelo secretário municipal de Saúde, Alexis Kitayama, contra o vereador, acusado, também, de constranger servidoras da Vigilância Epidemiológica, e decidiu dar cinco dias úteis para que o vereador se manifeste sobre as acusações, prazo que já teria expirado na sexta-feira, 30.

Os números positivos da geração de empregos em Jales, durante o primeiro trimestre do ano; os números da pandemia do coronavírus em Jales, que, durante a semana, registrou três dias sem nenhum óbito; as diferenças dos sintomas da dengue e da covid; os questionamentos do vereador Rivelino Rodrigues(PP) sobre os terrenos vagos existentes no Parque Industrial II; a jalesense que ganhou sozinha R$ 200 mil no sorteio do Saúde Cap; e o pedido do Sindicato dos Servidores Municipais para que o prefeito Luís Henrique conceda um reajuste no vale-alimentação pago ao funcionalismo, são outros assuntos de A Tribuna.

Na coluna Enfoque, comentário sobre a desafeição entre o prefeito Luís Henrique Moreira e o advogado José Luís Penariol, que já produziu pelo menos duas situações embaraçosas para o alcaide. Em março, o advogado fez críticas veementes ao prefeito, durante manifestação de comerciantes em frente ao prédio da Prefeitura. E na semana passada, Penariol protocolou uma denúncia contra LH no Ministério Público, por conta da contratação, sem licitação, da Organização Social Mãos Amigas, que irá receber R$ 278 mil/mês para prestar serviços na área da saúde. 

ANTT AUTORIZA EMPRESA RUMO A DESAPROPRIAR ÁREAS PARA CONSTRUÇÃO DE VIADUTO SOBRE LINHA FÉRREA EM JALES

O Diário Oficial da União (DOU) publicou na quarta-feira, 28, uma resolução da diretoria da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) que declara de utilidade pública duas áreas próximas à linha férrea, em Jales, no quilômetro 373 da ferrovia.

Na mesma resolução, a ANTT autoriza a Rumo Malha Paulista S/A a desapropriar, em caráter de urgência, as duas áreas – uma de 2.167,89m² e outra de 1.893,99m² – para construção de um dos dois viadutos previstos para o perímetro urbano de Jales.

A menos que não existam áreas a ser desapropriadas para construção do segundo viaduto prometido para Jales, a publicação dá a entender que, por enquanto, apenas um dos viadutos entrou nos planos iniciais da Rumo.

Para quem não se lembra, diretores da empresa estiveram em Jales, em dezembro de 2020, para mostrar os projetos dos dois viadutos, um deles nas proximidades do Comboio e o outro ligando o Roque Viola ao São Gabriel.

Um detalhe: a resolução da ANTT autoriza, também, a desapropriação de sete áreas em Fernandópolis, para construção de DOIS viadutos.

DEU NA FOLHA NOROESTE DE HOJE

No jornal Folha Noroeste, edição digital deste sábado, o principal destaque são os números do emprego formal (com carteira assinada) em Jales, relativos ao primeiro trimestre de 2021. De acordo com a matéria, os dados divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) mostram que, em Jales, foram criados 121 empregos formais nos primeiros três meses de 2021, resultado de 948 admissões e 827 demissões ocorridas no período. O mês com melhor resultado foi fevereiro, em que o saldo foi de 79 novos empregos formais, seguido por janeiro, quando foram criados 36 novos postos de trabalho com carteira assinada. Nos últimos 12 meses, ou seja, de abril de 2020 a março de 2021, os números também são positivos, embora modestos, com a criação de 249 novos empregos.

Destaque, igualmente, para a divulgação do Índice Geral dos Cursos (IGC), medido pelo Ministério da Educação (MEC), que coloca a Fatec Jales entre as melhores do estado. Segundo o jornal, todo o empenho da Fatec “Professor José Camargo” – que recebeu esse nome em justa homenagem ao corintianíssimo e saudoso professor Camargo – em oferecer ensino de alta qualidade, tem sido convertido em indicadores que expressam sua excelência e a colocam no rol das melhores instituições de ensino superior da região e do país. Em uma escala de 1 a 5 do IGC, a Fatec Jales alcançou nota 4, segundo dados divulgados na semana passada pelo Inep.

Na coluna FolhaGeral, o desassombrado redator-chefe Roberto ‘Pestinha’ Carvalho está informando que o secretário municipal de Saúde, Alexis Kitayama, estaria em rota de colisão com alguns vereadores. Segundo o colunista, na sessão ordinária de segunda-feira, 26, alguns dos nossos nobres edis desabafaram na tribuna da Câmara, reclamando da falta de tato político do secretário. Roberto comentou que, de acordo com explicações dos vereadores, o secretário Alexis se esquiva quando tentam falar com ele sobre assuntos de sua pasta. O vereador Elder Mansueli(Pode), por exemplo, disse que procurou o secretário dia desses para uma conversa, mas ele o deixou falando sozinho.

ACORDO AUTORIZA FUNCIONAMENTO DO COMÉRCIO DE JALES NESSE SÁBADO, FERIADO DO DIA DO TRABALHO

A notícia é da assessoria de imprensa da ACIJ:

O Sindicato do Comércio Varejista de Jales (Sincomércio) comunicou a ACIJ que fechou um acordo com o Sincomerciários (Sindicato dos Empregados no Comércio) autorizando os funcionários do comércio varejista e dos supermercados de Jales a trabalharem no feriado do Dia do Trabalhador (1º de maio).

Segundo os sindicatos, a abertura do comércio é opcional, mas aquele comerciante que optar pelo funcionamento precisa seguir a Convenção Coletiva e realizar a homologação do pedido no Sincomerciários ainda nesta sexta-feira (30/04).

De acordo com a Convenção Coletiva de Trabalho 2020/2021, as regras para o funcionamento e trabalho dos funcionários são as seguintes:

– Acréscimo de 100% sobre o valor da hora trabalhada;

– Pagamento do valor que varia de acordo com o segmento da empresa;

– Concessão de folga de 1 dia em outra data;

– Carga horária: até 5h (direto, sem intervalo), 6h (15 a 30 minutos de intervalo) e 7h (1h de intervalo).

O telefone do Sincomerciários é (17) 3632-2876.

JALES FECHA PRIMEIRO TRIMESTRE COM SALDO POSITIVO NA GERAÇÃO DE EMPREGOS

A notícia é da assessoria de imprensa da ACIJ:

Jales fechou o primeiro trimestre de 2021 com mais pessoas contratadas do que demitidas. É o que aponta o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério da Economia, que divulgou nesta semana os dados referentes à geração de emprego formal em todo o país até o mês de março.

Segundo o Caged, 948 pessoas foram contratadas com carteira assinada nos três primeiros meses do ano, contra 827 demissões, o que resultou em um saldo positivo de 121 novos postos de trabalho ocupados. Mas de forma geral, todos os meses apresentaram indicadores positivos.

O mês com melhor resultado foi fevereiro, em que o saldo foi de 79 novas contratações, seguido de janeiro, com 36, e março, apenas seis. Na soma dos três meses, o setor de serviços foi o que apresentou melhor desempenho (+62), em seguida indústria (+34) e comércio (+32).

Se levarmos em consideração os últimos 12 meses divulgados, ou seja, de março de 2020 a março de 2021, os números são ainda mais positivos. No período, o saldo é de 249 novos empregos formais. Foram 3.122 admissões, contra 2.873 desligamentos.

Para o presidente da Associação Comercial e Industrial de Jales, Leandro Rocca, os números trazem uma expectativa otimista. “Mesmo durante toda a pandemia, em que a maioria dos empresários sofreu com os impactos no setor financeiro, na nossa cidade ainda tivemos mais pessoas contratadas do que demitidas. Isso mostra que, mesmo com todas as dificuldades, nossa economia está girando e a tendência é melhorar nos próximos meses. Tenho certeza que vamos superar esse momento logo e voltaremos a crescer juntos”, finalizou.

1 2 3 4 542