Categoria: Geral

CARREATA PELA DUPLICAÇÃO REÚNE 150 VEÍCULOS

Deu no Diário de Votuporanga, edição desta sexta-feira:

Cerca de 150 veículos participaram, na manhã de ontem, de uma carreata em favor do início das obras de duplicação da rodovia “Euclides da Cunha”. A fila de carros participantes do movimento chegou a 15km. Antes do início, os carros foram pintados com pedidos de “Duplicação Já!“. A carreata foi promovida pelos quatro clubes de Rotary de Votuporanga e percorreu a rodovia “Euclides da Cunha” no trecho de Votuporanga a Valentim Gentil, com o objetivo de chamar a atenção do governador Geraldo Alckmin para a duplicação imediata da rodovia. De acordo com o rotariano, membro do Rotary Clube de Votuporanga, Waldecyr Antônio Bortoloti, a iniciativa reuniu rotarianos de Votuporanga e Valentim Gentil, além da população que aderiu ao movimento. 

Waldecyr acredita que o objetivo foi atingido, pois foi uma carreata pacífica. Os participantes do manifesto andaram a 40 quilômetros por hora, velocidade permitida para carreatas em rodovias. “Esperamos que a notícia chegue até o governador Geraldo Alckmin e que ele se sensibilize e comece a duplicação logo”, finalizou ele.

PREFEITURA DE FERNANDÓPOLIS COMPRA SEIS ÔNIBUS NOVOS

A notícia nem é tão importante, mas eu a estou postando só prá deixar a Marynilda Cavenaghi com dor-de-cotovelo. A Marynilda é a responsável pela frota de onibus escolares da Secretaria Municipal de Educação de Jales e, de vez em quando, tem que fazer milagre.

Deu no site de notícias Região Noroeste, nesta sexta-feira:

A Prefeitura de Fernandópolis está renovando a frota de ônibus escolares do município para garantir a segurança e conforto dos alunos que voltam às aulas na próxima segunda-feira, 14. Estão sendo adquiridos seis veículos, sendo três ônibus com 31 lugares e dois com 44 assentos, mais um micro-ônibus com capacidade de transporte de 23 passageiros. Os novos veículos serão utilizados para o transporte dos alunos da Escola Municipal Melvin Jones, além de atividades e excursões de enriquecimento extracurricular. Atualmente, o município possui 13 veículos para o transporte dos estudantes. Sendo cinco microônibus, quatro vans e quatro ônibus, que foram adquiridos há 14 anos, na primeira gestão do prefeito Luiz Vilar.

“A aquisição desses novos veículos vai garantir a qualidade e segurança no transporte dos alunos. Boa parte da frota de ônibus escolares já estava sucateada, bem como os outros veículos da Prefeitura. Em 2010, realizamos a compra de 11 veículos pesados para Secretaria de Obras, Meio Ambiente e Serviços Públicos. Agora, estamos renovando a frota de ônibus escolares”, destaca o prefeito Luiz Vilar.

Os novos veículos foram adquiridos através de um empréstimo junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), através do Programa Caminho da Escola, no valor R$ 973 mil.

MARTINI, O SESSENTÃO

José Célio Martini, atual “presidente” do Senadinho e ex-amigo número um do prefeito Humberto Parini, está se preparando para entrar no seleto clube dos sessentões nos próximos dias. A efeméride  será comemorada amanhã, sábado, no Clube do Ipê, quando Martini  receberá os cumprimentos dos inúmeros amigos com quem convive. Os responsáveis pelo bar do Ipê, Neca Bottós e Rui Xavier, confirmaram que estão preparando almoço para cerca de 200 pessoas. O deputado estadual Carlão Pignatari já confirmou presença no almoço comemorativo, o que demonstra que Martini anda com mais prestígio do que algumas autoridades locais. Hoje pela manhã, Martini foi entrevistado pela emissora do ex-deputado Vadão Gomes, a Rádio Alvorada, onde ele dá pitacos sobre Economia.

Um dos primeiros filiados do Partido dos Trabalhadores de Jales, Martini foi um dos militantes mais ativos do partido e, na época das vacas magras, era ele quem ajudava a carregar o piano e, nas campanhas eleitorais, emprestava seu próprio carro para que os deputados do partido pudessem correr a região.

Em 2004, nas prévias para escolha do candidato do PT à prefeitura de Jales, havia um forte movimento em favor da candidatura de Luís Especiato, que era apoiado por algumas cabeças coroadas do petismo local. O grupo que apoiava Especiato dizia que Parini já tinha tido suas oportunidades e estava na hora de dar uma chance às novas lideranças do partido. Foi então que Martini, na época o melhor amigo de Parini, entrou em campo e, juntamente com mais alguns “companheiros”, virou o jogo em favor do atual prefeito, para desassossego inclusive de dona Rosângela Parini, àquela altura também contrária à candidatura do marido.

Resumindo: em seus quase sessenta anos, o Martini realmente cometeu muitos pecados, e já houve um tempo em que o apoio a Parini talvez fosse o seu maior arrependimento. No momento, porém, Martini vive cercado pelo carinho dos amigos e raramente se lembra do ex-amigo.

CARRO INCENDIADO EM GARAGEM

Foi em Santa Fé do Sul, segundo notícia de O Jornal:

A moradora de Santa Fé do Sul, Dirce Faidiga Chimiti, 60 anos, teve seu carro, um gol, ano 89, incendiado na garagem de sua casa, localizada na rua 27. Ela mora com seu esposo Sebastião Chimiti, 65 anos, e mais dois netos, e estava dormindo quando o atentado aconteceu. Sua filha, que mora em Araçatuba, e estava passando uns dias na casa da mãe, acordou com o clarão do incêndio do carro.

Segundo relatou, o ocorrido deve ter sido por motivo de vingança, já que seu filho se casou com a ex-mulher do suspeito e sua filha namora o filho do mesmo. “Parece que a intenção era incendiar o carro do meu filho, mas como ele e a esposa se mudaram de Santa Fé, então atearam fogo no meu”, desabafou Dirce.

Ela ainda ressaltou que vinha recebendo ameaças há 5 meses. “Na primeira tentativa furaram os quatros pneus do veículo, na segunda jogaram gasolina mas não conseguiram concluir o fato, e desta vez, não teve jeito, conseguiram o que queriam”.

Dirce contou que “o veículo foi adquirido há dois anos, no valor de R$ 8.000,00, através de um financiamento, e terminará de pagá-lo apenas em Julho de 2012”. Na tentativa, em vão, de apagar o fogo, foi chamado o Corpo de Bombeiros. A Polícia Militar também foi acionada, mas se recusou a ir até a casa do suspeito, alegando falta de provas.

Observação do blogueiro: não entendi a parte da notícia onde diz “e sua filha namora o filho do mesmo”. Alguém me explique, por favor.

SANTA CASA DESTINA 5.512 Kg DE MATERIAIS PARA RECICLAGEM

(por Vívian Curitiba)

Preocupada com seu papel social e com a manutenção saudável do meio-ambiente a Santa Casa de Jales destinou o total de 5.512 kg de materiais para empresas de reciclagem no período entre julho e dezembro de 2010. Foram 3.727 kg de papelão, 1.095 kg de ferro, 551 kg de papel e 139 kg de plástico que foram vendidos para intermediadores de empresas de reciclagem contabilizando R$823,50 de lucro para o hospital.
Todo o trabalho de separação e destinação do lixo reciclável foi feito pelos profissionais do setor de Limpeza da Santa Casa. O vidro descartado também foi separado e doado para a Associação de Deficientes de Jales (Aderj) e para pastorais de saúde, servindo de embalagens para fabricação de remédios caseiros.
A ação sócio-ambiental para destinação correta do lixo reciclável reafirma mais uma vez o compromisso da direção e colaboradores do hospital pela manutenção sustentável do meio-ambiente a fim de que as futuras gerações possam usufruir dele de forma saudável e com qualidade.
Uma pesquisa feita pela Universidade do Rio dos Sinos (UNISINOS), no Rio Grande do Sul, revelou que em média cada árvore produz 62,5 kg de celulose (papel), sendo assim, com a destinação do papel para reciclagem, o hospital evitou que 108 árvores fossem derrubadas.
Para o provedor do hospital, José Devanir Rodrigues, o Garça, essa é uma forma de colaborar de forma responsável com o planeta, evitando a poluição dos rios, as enchentes e a degradação do solo. “Se cada um de nós fizermos a nossa parte, com certeza teremos um mundo cada vez melhor para se viver. Ainda que pareça pouco diante da imensidão da Terra, as boas ações podem influenciar muitos de maneira positiva”, lembrou o provedor.
 O gráfico abaixo ilustra a quantidade de lixo separado pelo hospital

 

 

DALUA, POR ELE MESMO

O amigo Antonio Rodrigues da Grella Filho, o Dalua, recentemente nomeado para a superintenência regional da Sabesp, sediada em Lins, mandou dois comentários, que, por interessantes e esclarecedores, reproduzo abaixo. A notícia sobre a nomeação de Dalua chegou à cidade na segunda-feira à tarde e, já na sessão da Câmara daquele dia, ele foi, merecidamente, parabenizado pela maioria dos vereadores. Como se verá nos escritos do Dalua, a vida dele não foi nada fácil. Por isso mesmo, deve servir de exemplo para aqueles que – através do trabalho – desejam melhorar de vida. Vamos aos comentários:

Por volta de 2004 fui convidado para Botucatu. Agora fui chamado pela direção. Agradeço as referências do Chico Espora e do Juliano. É uma tarefa dificil. São 83 Municípios e 32 Distritos. Mais de 200 mil clientes, uma população que precisa de 100 milhões litros água/dia torneira e coleta de 70 milhões litros/dia esgotos. População atendida de 800 mil habitantes. 583 empregados diretos e mais de 400 indiretos. Graças a Deus estou sendo muito bem recebido em Lins. O mais dificil é deixar a cidade de Jales por algum tempo. Pra mim que nasci aqui é muito sofrimento. Mas se Deus me deu esta tarefa vou cumprir. Muito obrigado.
Complementando:
Dificil substituir o Sr. Luiz Paulo. É um profissional com grande reconhecimento na área saneamento. Formado na Politécnica, possui vários trabalhos publicados nas revistas técnicas nacionais e até internacionais. Tenho limites. E muitos limites. No esforço vou tentar manter os resultados. Mas para quem é filho de um carrinheiro, pobre,que perdeu dois irmãos um por meningite (sem recursos financeiros) outro por desnutrição(pobreza), que foi ter um vaso sanitário com 25 anos idade,que estudou a noite Escola Dom Artur e pela falta energia no Arapuã as tarefas eram feitas com a iluminação lamparina, que o primeiro emprego foi com 11 anos de idade no Escritório S.José (Oswado Mussato e Hideo- devo muito a eles), mas antes trabalhei: sorveteiro, engraxate, colheita algodão, que entrou na empresa Sabesp em 1978 no primeiro cargo (auxiliar de ajudante) depois passei por Dolcinópolis, Populina, Jales,Santa Clara, Nhandeara (gerente), Jales, devo confessar que sou um privilegiado por Deus.

Obs.: a foto acima, do Dalua, eu a tomei “emprestada” ao Jornal de Jales.

AEDES AEGYPTI AGORA SE DESENVOLVE EM ÁGUA SUJA

Definitivamente, essa notícia não é boa, principalmente prá quem, como nós, mora em uma cidade com muitos buracos.

Deu no Jornal do Brasil, edição desta quarta-feira:

Os brasileiros enfrentam mais um desafio na erradicação do mosquito da dengue. Uma pesquisa da Superintendência de Controle de Endemias de São Paulo (Sucen), divulgada no último sábado, mostra que o mosquito transmissor da doença não se reproduz apenas em água limpa. 

Durante trabalho de campo no litoral norte de São Paulo, a pesquisadora responsável, Marylene de Brito, encontrou 300 focos com larvas do Aedes aegypti em água parada misturada a resíduos de produtos químicos, como óleo, tinta e até pequenas concentrações de sal, produto que, contraditoriamente, também pode ser usado no combate ao mosquito transmissor. 

– O que sabíamos é que o Aedes era um mosquito de água limpa e se criava, principalmente, em água de chuva – explica Marylene, doutora em epidemiologia e saúde pública pela USP. – Agora ele está se adaptando à água contaminada ou suja, o que lhe confere vantagem em relação às outras espécies.

Em Tempo: o vice-prefeito, Clóvis Viola, acaba de dar entrevista ao Jornal do Povo, da Rádio Assunção. Ele confirmou que Jales deverá apresentar um alto índice de larvas do mosquito da dengue, o que é preocupante. Em janeiro, não tivemos nenhum caso da doença em Jales, mas, com tanto mosquito solto por aí, nunca se sabe.  

JUIZ QUE CHAMOU LEI MARIA DA PENHA DE ‘DIABÓLICA’, TENTA VOLTAR AO CARGO

Deu no Correio Braziliense, edição desta segunda-feira:

O juiz Edilson Rodrigues, afastado das funções pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) no ano passado por declarações preconceituosas contra a Lei da Maria da Penha, entrou com um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar anular a decisão que o impede de trabalhar. O mandado de segurança também é assinada pela Associação dos Magistrados Mineiros (Amagis)

Rodrigues respondeu a processo administrativo que resultou no afastamento das funções por dois anos por ter feito “considerações de cunho preconceituoso e discriminatório” às mulheres em uma sentença proferida em 2007.

Na sentença que motivou a punição de afastamento pelo CNJ, o juiz Edilson Rodrigues afirmou: “A vingar esse conjunto de regras diabólicas [Lei Maria da Penha], a família estará em perigo. Ora, a desgraça humana começou no Éden: por causa da mulher. Todos nós sabemos, mas também em virtude da ingenuidade, da tolice e da fragilidade emocional do homem. O mundo é masculino e assim deve permanecer”.

De acordo com a defesa do juiz, o CNJ não poderia ter punido o juiz antes que a corregedoria do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) aplicasse as sanções cabíveis. A defesa também afirma que as críticas foram dirigidas à Lei Maria da Penha “em tese”. O ministro Marco Aurélio é o relator do caso.

DENGUE: EM JANEIRO, NENHUM CASO EM JALES

Deu no jornal A Tribuna, edição de domingo: 

Jales ainda não teve nenhum caso de dengue confirmado em 2011

Vanessa Luzia da Silva, responsável pela divulgação dos trabalhos da equipe de combate ao mosquito Aedes aegypti  informou que, em janeiro de 2011 não foi confirmado nenhum caso de dengue em Jales. Segundo ela, em janeiro foram feitas 21 notificações de casos suspeitos, mas não houve nenhuma confirmação até o momento. “Nós já recebemos os resultados de 14 exames e até agora todos eles deram negativo”, disse Vanessa.

Ela alertou, porém, que os agentes de controle de vetores têm encontrado um número razoável de larvas, e, por conta disso, é preciso manter a equipe vigilante. “O resultado de janeiro foi muito bom, já que não tivemos nenhum caso, mas nós não podemos nos descuidar, pois na região de Santa Fé do Sul está havendo uma grande incidência da doença e isso pode ter reflexos aqui em Jales”, afirmou Vanessa. 

Até o momento, já foram registrados 35 casos confirmados em Santa Fé do Sul, 15 em Três Fronteiras e 06 em Santa Clara D’Oeste. São José do Rio Preto, que registrou uma epidemia no ano passado, já teve 19 casos confirmados em janeiro de 2011, enquanto Votuporanga teve 05 casos.

DALUA É O NOVO SUPERINTENDENTE REGIONAL DA SABESP

O jornalista Deonel Rosa Júnior é mesmo um cara bem informado. Ontem, um pouco antes de o Brasil entrar em campo contra a Argentina, batemos um longo papo sentados à mesa da loja de conveniências do Auto Posto Brasil, onde a Vanessa atende a todos sempre com muita simpatia. Entre outras coisas, falamos de política e aí surgiu o nome do Dalua, também conhecido como Antonio Rodrigues da Grela Filho, que aparece aí na foto registrada durante o Congresso Internacional de Perdas de Água. E o Deonel me disse que o Dalua, provavelmente, seria o novo superintendente da Sabesp, o que o afastaria da disputa política em Jales.

Pois bem, e não é que eu acabo de receber um email do Paulo Aruca, também jornalista e igualmente bem informado, onde ele me reencaminha mensagem da Arlete Costa, assessora de imprensa da Sabesp. Vamos ao que diz o email:

A Sabesp tem novo superintendente na região

Antonio Rodrigues da Grela Filho é o novo superintendente da Sabesp na região do Baixo Tietê e Grande, com sede em Lins. A região abrange 83 municípios distribuídos nas gerências de Jales, Fernandópolis, Novo Horizonte, Monte Alto e Lins. Antonio Rodrigues tem 52 anos e 33 de Sabesp.  Trabalhou 15 anos em Jales gerenciando 27 municípios.

Antonio falou dos principais objetivos da Unidade de Negócio que são continuar prestando serviços de excelência ao cliente; manutenção dos índices de abastecimento de água; ampliação das ações de redução de perdas e do atendimento às comunidades rurais.

A substituição se deu pelo fato de que Luiz Paulo de Almeida Neto, o superintendente anterior, assumiu em São Paulo, a coordenação da Diretoria de Sistemas Regionais da Sabesp, responsável por 329 municípios do interior e litoral do Estado de São Paulo.

Luiz Paulo assume junto ao Governador do Estado, o desafio de promover a universalização da coleta de esgoto dessa diretoria, além da renovação de contratos com os poderes concedentes e investimentos na manutenção do abastecimento de água.

Luiz Paulo enfatiza “essa indicação ao cargo de diretor da Sabesp, deve-se muito aos resultados alcançados nesta região que hoje é uma das mais privilegiadas do Estado e do Brasil com 100% de abastecimento de água, coleta e tratamento de esgoto nas sedes dos municípios, além do atendimento em várias comunidades rurais.”

O atual diretor diz que a indicação de Antonio Rodrigues para gerenciar esta região deve-se aos resultados positivos frente aos 27 municípios, como a renovação de todos os contratos naquela região e o bom relacionamento com a comunidade e poder público.

O novo superintendente comenta: “se eu trabalhar corretamente, não terei nada a temer. Venho de uma família humilde e sei o que é enfrentar desafios na vida. Conto com o apoio dos nossos empregados e  estou à disposição da comunidade”.

Assessoria de Imprensa da Sabesp

Nome: Arlete Costa

1 178 179 180 181 182 188