Categoria: Cidade

SEMANA DO MEIO AMBIENTE DA SABESP TERMINA COM FINAL DO CONCURSO DE FRASES E DESENHOS DAS ESCOLAS ESTADUAIS

Da assessoria de imprensa da Sabesp:

A Semana do Meio Ambiente que na verdade foi realizada durante 15 dias com várias atividades programadas pela Sabesp de Jales, terminou no dia 14 de junho, com a divulgação dos trabalhos realizados pelos alunos das escolas estaduais e entrega de brindes a duas alunas que foram as vencedoras do concurso de frases e desenhos sobre o tema. O concurso teve a participação de alunos do 6º ao 9º ano e do ensino médio.

A entrega aconteceu na Escola Juvenal Giraldelli, onde estudam as duas alunas: Lara Eduarda Golfeto Gomes, com a frase “Ter consciência sobre o meio ambiente é ter consciência sobre a vida” e Guiedra Ayumi Adami Momo, que fez um desenho ligando o ser humano à natureza.

O diretor da escola, Jonas Negro Gerez Sanches, destacou a importância da breve palestra do gerente regional da Sabesp de Jales, Gilmar Rodrigues de Jesus que procurou transmitir aos alunos informações que possam servir de incentivo para a preservação do meio ambiente a partir da própria escola, da sua casa e da cidade, de forma correta, pois como afirmou, apesar deles receberem muitas informações, é preciso entender como tudo isso funciona, para se utilizar os recursos naturais de forma sustentável.

A Sabesp sempre procura envolver o máximo de escolas, através de parcerias com a Diretoria de Ensino, prefeituras, escolas particulares e instituições de toda a região atendida pela empresa que inclui 27 municípios. O envolvimento das escolas, em todas essas cidades é fundamental para o desenvolvimento desse trabalho, pois é a partir das crianças que se formam cidadãos conscientes.

Os trabalhos dos alunos foram realizados nas salas de aula e nos finais de semana, com o apoio do Programa Escola da Família, como explicou o professor Eleandro Maraia, um dos coordenadores do Núcleo Pedagógico da Diretoria de Ensino.

POLÍCIA CIVIL DE JALES PRENDE LADRÕES EM FLAGRANTE

Na madrugada desta segunda feira, policiais civis de Jales prenderam 5 homens que integravam uma organização criminosa responsável por diversos roubos em nossa região.

Após trabalho investigativo, foi constatado que os criminosos estavam praticando outro roubo durante essa noite. Os investigadores então localizaram um caminhão levando três tratores e descobriram que eles haviam acabado de ser roubados. Os dois ocupantes do caminhão foram presos.

Os policiais partiram então para o local do roubo, uma fazenda nas proximidades da cidade de Palestina e, concomitantemente, para o local de reunião da organização criminosa, uma casa na cidade de Américo de Campos. Três ladrões foram presos na residência. Na fazenda, estavam outros três bandidos que faziam sete vítimas reféns, entre elas duas crianças de 2 e 4 anos de idade. Estes últimos três criminosos conseguiram fugir.

Equipes da Polícia Civil de Jales, Polícia Militar Rodoviária de Votuporanga, além do helicóptero Águia, da PM, continuam nas buscas pelos foragidos.

Todas as vítimas foram resgatadas sem ferimentos. Os tratores foram recuperados. O flagrante está sendo elaborado na DIG de Votuporanga-SP.

JORNAL DE JALES: PARTICIPAÇÃO NA CAMPANHA DE MÁRCIO FRANÇA CAUSOU EXONERAÇÃO DA DIRIGENTE DE ENSINO, MARLENE JACOMASSI

Eis a capa do Jornal de Jales deste domingo, cuja principal manchete destaca a condenação de um usuário da Elektro, acusado de furto de energia. A notícia diz que a juíza Maria Paula Branquinho Pini condenou um empresário que instalou “gatos” em dois medidores de energia de sua empresa a cinco anos de reclusão, em regime semiaberto. A sentença destaca que um dos “gatos” durou 22 meses e causou prejuízo de R$ 32,9 mil à Elektro, enquanto o outro durou apenas dois meses, mas causou prejuízo de R$ 14,8 mil. A juíza descartou o argumento do empresário de que teria sido enganado pelo homem que instalou um dos “gatos”, que garantiu a licitude da mudança no medidor. Para ela, o empresário já tem experiência suficiente para saber que alterações em medidores só podem ser feitas pela concessionária.

Outra notícia do JJ diz que, segundo a delegada da Defesa da Mulher, Maria Letícia Camargo, o número de casos de estupro contra crianças e adolescentes praticamente dobrou em um ano, passando de 10 casos em 2017 para 18 em 2018. A delegada disse perceber que está aumentando também outros tipos de violência contra menores, inclusive pela internet. No caso da violência contra a mulher, a delegada afirmou que os mesmos também vem aumentando bastante, apesar da recente aprovação de punições mais rigorosas para esse tipo de crime.

A homenagem da Câmara Municipal à delegação de Jales que participou dos Jogos Regionais do Idoso, em Santa Fé do Sul, e obteve o terceiro lugar na classificação geral; a comemoração dos 50 anos de fundação do Lar dos Velhinhos que, há 40 anos, é dirigido vicentinos; a lei aprovada pela Câmara, que impede a contratação de agressores de idosos para o serviço público municipal; a inauguração do Regional Plaza Hotel, comandado pelo empreendedor Olício Bocchi; e a implantação do novo sistema de catracas de acesso da Santa Casa, que começa a funcionar nessa segunda-feira, 17, são outros assuntos do JJ.

Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior informa que a inesperada exoneração da educadora Marlene Cavalheiro Jacomassi, titular por 12 anos da Diretoria Regional de Ensino de Jales, que reúne 25 municípios da região, começa a ser explicada nos bastidores políticos. Segundo o colunista, a exoneração da dirigente remete, supostamente, à eleição para governador no ano passado, quando ela teria se engajado, ainda que discretamente, na campanha do então governador Márcio França(PSB), inclusive sendo fotografada em atos da campanha dele na região. Com a vitória de João Dória(PSDB), tucanos da região teriam pedido a cabeça de Marlene.  

A TRIBUNA: EMPRESÁRIO CONDENADO POR FURTO DE ENERGIA ELÉTRICA ALEGA TER SIDO LUDIBRIADO

No jornal A Tribuna deste final de semana, a principal manchete destaca a inauguração do Regional Plaza Hotel, o mais novo empreendimento do ramo hoteleiro na região, construído às margens da rodovia “Euclides da Cunha”, próximo à primeira entrada de Jales. Segundo o jornal, o Regional Plaza é muito mais do que um simples hotel e foi planejado para receber, hospedar e entreter os mais variados perfis de hóspedes, contando com restaurante, piscinas adulto e infantil, sauna e um auditório para 50 pessoas. Ao lado do hotel, o empreendedor Olício Bocchi está finalizando um salão de festas e eventos.

Destaque, igualmente, para o caso do empresário jalesense que foi condenado pela Justiça local à pena de cinco anos de reclusão, em regime semiaberto, por furto de energia elétrica. De acordo com a ação penal ajuizada pelo Ministério Público em julho do ano passado, o empresário teria instalado dois “gatos” em sua indústria para reduzir o consumo de energia, mas a fraude foi descoberta em inspeção realizada pela Elektro. O prejuízo causado à concessionária foi calculado em R$ 47,7 mil. O empresário argumentou, em sua defesa, que teria sido ludibriado por um homem que cobrou R$ 500,00 para instalar um equipamento para reduzir a energia, dizendo tratar-se de um procedimento lícito.

O caso de uma mulher solteira, desempregada, mãe de cinco filhos, que está sendo despejada da casa que invadiu no conjunto habitacional “João Colodetti” e diz que não tem pra onde ir; o caso da mulher de 49 anos que se deitou na linha férrea e morreu atropelada por um trem; o novo sistema de controle de acesso implantado na portaria da Santa Casa de Jales; a prisão, pela Polícia Militar de Jales, de dois traficantes no Jardim Eldorado; e a prorrogação, por mais da 90 dias, da chamada CEI “Farra no Tesouro 2”, que não ouviu ninguém nos primeiros 90 dias, são outros assuntos de A Tribuna.

Na coluna Enfoque, informações sobre a terceira tentativa que a Prefeitura está fazendo para contratar uma empresa visando o recapeamento das ruas do Jardim Zaffani. Nas duas primeiras tentativas, ninguém se interessou em participar da licitação. Na página de opinião, o artigo do doutor Valmor Bolan pergunta se a Lava Jato está em xeque, enquanto a crônica do Hélio Consolaro diz que Neymar e a maria chuteira Najila se merecem. No caderno social, destaque para a coluna do Douglas Zílio e para o aniversário do garotinho Miguel Gobbi.  

DEU NA FOLHA NOROESTE DE HOJE

No jornal Folha Noroeste, edição digital deste sábado, destaque para a CEI da “Farra no Tesouro 2”. O presidente da CEI, vereador João Zanetoni(PSB), solicitou – e conseguiu – a prorrogação dos trabalhos por mais 90 dias, sob o argumento de que o prazo final da investigação termina na próxima segunda-feira, 17, e os trabalhos ainda não foram concluídos pela Comissão. Em fevereiro deste ano, a Polícia Federal em Jales, deflagrou a operação “Farra no Tesouro 2”, para apurar se as contratações dos planos de seguro de forma unitária pela Prefeitura, sempre com valores abaixo do exigido pela Lei de Licitações, foram feitas para criar uma situação fictícia que não exigia a realização de licitação.

Como instituição de ensino superior pública, a Fatec Professor José Camargo-Fatec Jales firmou uma parceria com a Prefeitura Municipal de Urânia para realizar pelo segundo ano consecutivo, uma pesquisa junto aos participantes da Festa do Peão de Urânia, tendo como objetivo identificar o grau de satisfação dos visitantes,suas expectativas para os próximos anos e o grau de conhecimento dos principais atrativos do turismo rural da cidade. Liderados por professores e coordenadores da instituição, a pesquisa contou com a participação ativa de alunos de todos os cursos da Fatec Jales, que não mediram esforços para a realização de entrevistas, no dia 08 de junho, data em que o cantor Daniel se apresentou.

Na coluna FolhaGeral, o impetuoso redator-chefe Roberto Carvalho informa que alguns vereadores integrantes da base de apoio do prefeito Flá Prandi estariam reclamando do fato de o alcaide não dar as caras na Câmara para estabelecer um entrosamento melhor com as bancadas. Os vereadores governistas alegam que, devido a essa falta de entrosamento, eles estão levando chumbo toda vez que precisam rebater as críticas à administração e ao prefeito Flá. Um dos vereadores até citou o exemplo do Bozo, que esteve pessoalmente na Câmara Federal para entregar um projeto ao Rodrigo Maia. Para o nobre edil, não custaria nada o prefeito caminhar alguns metros e visitar os vereadores na Câmara.

JUSTIÇA CONDENA EMPRESÁRIO DE JALES A CINCO ANOS DE RECLUSÃO, POR FURTO DE ENERGIA ELÉTRICA

A Justiça de Jales está punindo com rigor as pessoas acusadas de furto de energia elétrica através de “gatos”, desde que, é claro, as acusações sejam devidamente comprovadas.

Nesta semana, por exemplo, um empresário de Jales foi condenado pela  juíza de 4ª Vara de Jales, Maria Paula Branquinho Pini, à pena de cinco anos de reclusão, em regime inicial semiaberto (aquele em que o condenado dorme na prisão e sai durante o dia para trabalhar), além de 24 dias-multa (algo em torno de R$ 5 mil).

O empresário foi acusado de instalar “gatos” em pelo menos dois medidores de sua empresa. Num deles, a fraude durou 22 meses e teria causado um prejuízo calculado em R$ 32,9 mil à Elektro. No outro, que durou apenas 02 meses, o prejuízo à concessionária de energia teria sido de R$ 14,8 mil. Os “gatos” foram descobertos em julho de 2018.

Em sua defesa, o empresário argumentou que tinha sido enganado por um homem de nome “Claudio”, responsável pela instalação de pelo menos um dos “gatos”. Segundo o empresário, o homem teria se proposto a instalar um aparelho para economizar energia, garantindo que se tratava de algo lícito.

Para a juíza, a versão do empresário não encontra respaldo nos autos. Ela ponderou, ainda, ser de conhecimento geral que qualquer alteração nos medidores de energia elétrica só pode ser feita pela própria concessionária e que o acusado, como empresário experimentado que é, deveria saber disso.

O empresário poderá recorrer em liberdade às instâncias superiores.

PREFEITURA REFORÇA COMITIVA QUE FOI A SÃO PAULO SOLICITAR NOVO JUIZ PARA A JUSTIÇA FEDERAL DE JALES

A notícia é da Secretaria Municipal de Comunicação:

A Prefeitura de Jales, representada pelo chefe do Poder Executivo, Flávio Prandi Franco, o Flá, e pelo subprocurador-geral do Município, Dr. Benedito Dias da Silva Filho, reforçou a comitiva integrada pela Subseção da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) de Jales e Seção de São Paulo da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB SP), que esteve em São Paulo na segunda-feira, dia 10 de junho, em Audiência no Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3), pleiteando melhorias e benefícios para Jales.

O presidente da OAB Jales, Dr. Marlon Luiz Garcia Livramento e o secretário geral da Seção Estadual da Ordem, Dr. Aislan de Queiroga Trigo, acompanhados pelo procurador federal de Jales, Dr. José Rubens Plates, pelo prefeito Flá e o subprocurador-geral Benedito, solicitaram, na oportunidade, mais um Juiz para auxiliar nos trabalhos da Justiça Federal de Jales. 

A comitiva jalesense foi recebida pela presidente do TRF3, Drª Therezinha Kazerta e sua assessora, Drª Raquel Perrini. 

Para o presidente da OAB Jales, Marlon Livramento, “a Audiência em São Paulo junto à presidência do TRF 3 foi bastante produtiva. A presidente, Drª Therezinha foi receptiva e prometeu tomar medidas para amenizar o problema em Jales. Ela ressaltou que o orçamento tem diminuído muito e que a Justiça Federal está com 115 cargos vagos. Também nos informou que em aproximadamente duas semanas vai tentar organizar uma força tarefa para desafogar os processos aqui no município”.

O subprocurador-geral do Município, Benedito Dias da Silva Filho, salientou que “a Vara Federal de Jales atende 40 municípios e conta com apenas um Juiz Federal. O objetivo da reunião foi sensibilizar a presidência do Tribunal para que disponibilize outro Juiz para atender o princípio constitucional de que são assegurados a razoável duração do processo e os meios que garantam a celeridade de sua tramitação, atender a demanda e proporcione celeridade no andamento processual”.

O prefeito Flá frisou que é importante somar forças. “Sempre costumo enfatizar aquilo que acredito, que juntos somos mais fortes, por isso fiz questão de integrar o grupo de pessoas que foram requerer um Juiz que auxilie nos trabalhos prestados pela Justiça Federal de Jales, que há 18 anos foi instalada na cidade e que mantém 40 municípios sob sua jurisdição. É inegável a importância histórica da Justiça Federal de Jales, sobretudo com seus impactos sociais, econômicos e jurídicos para a população, servindo inclusive para consolidar a cidade como centro de região”.

CONCERTO “SOLIDARIEDADE, SAÚDE E MÚSICA” EM PROL DA SANTA CASA TERÁ ORQUESTRA SINFÔNICA

Da Secretaria Municipal de Comunicação:

A primeira sexta-feira do mês de julho, dia 5, promete agitar a cidade com música de alto nível durante a 7ª edição do “Concerto: Solidariedade, Saúde e Música”, em prol a Santa Casa de Misericórdia de Jales, que será realizado no Centro Cultural “Dr. Edílio Ridolfo” – Teatro Municipal, a partir das 20hrs.

Com apoio da Prefeitura de Jales por meio da Secretaria Municipal de Esportes, Cultura e Turismo (SMECT) e parceria da Orquestra Sinfônica de Jales, o concerto é uma mistura de música clássica com a música popular brasileira e que já vem dando certo há seis anos.

Nesta exibição, as apresentações ficarão por conta dos alunos do Centro de Educação Musical, Bruno e Ed Carlos, Fernanda Burilli, Giuseppe Luigi Penariol, Heitor Francis e Marcio Tresso, João Paulo e Henrique, Natália Gival, Neto e Felipe e a dupla Zé Vitor e Matheus.

O maestro da Orquestra Sinfônica, Edivaldo de Paula diz que a expectativa é grande para que o evento seja mais uma vez um sucesso. “Neste ano, teremos a participação de cantores regionais que já se apresentaram em outros concertos e a presença inédita de novos músicos”.

Além do maestro Edivaldo, o convidado para também reger a orquestra será do maestro Luis Fernando Paina.

Os convites estão disponíveis para venda na Banca do Edu, Banca do Luis, na recepção da Santa Casa de Jales e na sede da Orquestra Sinfônica por um valor simbólico de apenas R$10,00. Para mais informações ligue (17)3622-5003.

SINDICATO DE JALES PARTICIPA DE AUDIÊNCIA NA CÂMARA FEDERAL SOBRE CRIAÇÃO DA FRENTE PARLAMENTAR DOS TRANSPORTES

A criação da frente parlamentar dos transportes foi discutida na quarta-feira, dia 5 de junho, em audiência pública no Auditório Nereu Ramos, da Câmara Federal, com a presença das principais lideranças do setor. O presidente do Sindicato dos Motoristas de Jales e Região, José Roberto Duarte da Silveira disse que a presença de representantes de sindicatos, federações, confederações, centrais sindicais, autoridades políticas e trabalhadores de todo o país foi fundamental para dar andamento à proposta da categoria.

José Roberto, que também é secretário jurídico da Federação dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado de São Paulo, participou da audiência acompanhado pelo diretor do sindicato Adivaldo Caldeira da Silva. Ele destacou a importância da atuação do deputado federal Valdevan Noventa (PSC-SE) que coordenou as discussões sobre o assunto.

Durante a audiência foi discutido e aprovado o estatuto do motorista e a regulamentação de seu artigo 7º, inciso XXVII, que protege os trabalhadores da automação. Também foi discutido o apoio a uma emenda parlamentar do deputado Valdevan propondo a aposentadoria dos motoristas de transporte rodoviário de carga e de passageiros, cobradores e agentes de bordo após 25 anos de contribuição.

Uma comissão que contou com a participação do presidente do sindicato de Jales foi criada para entregar uma pauta contendo as reivindicações da categoria ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), o que aconteceu no período da tarde.

Propostas:

Além do apoio para relançar a Frente Parlamentar Mista dos Trabalhadores em Transportes, os motoristas pedem a retomada da discussão do Marco Regulatório do Transporte Rodoviário de Cargas que tramita na Câmara dos Deputados, a mobilização contra o Projeto de Lei (PL 4860/2016) sobre novas regras para regulamentar o transporte rodoviário de cargas no Brasil, a defesa e acompanhamento da tramitação do Projeto de Lei do senador Paulo Paim que visa instituir o Estatuto do Motorista e o Estatuto do Trabalho e novas tecnologias e a garantia de empregos no setor de transportes.

A pauta pede ainda que sejam revogados a Portaria 1.297/2014 que altera o Anexo 8 – Vibração da Norma Regulamentadora (NR -15) considerando as vibrações com aceleração superior a 2,5 m/s2 para mediação e considerações sobre atividades profissionais insalubres, incluindo os motoristas e cobradores, e os efeitos da Lei Ordinária 13.467/2017 (da Reforma Trabalhista) sobre as Leis Específicas 12.619/2012 e 13.103/2015.

Outras reivindicações: transporte público e de qualidade, garantia de representatividade sindical no Setor Diferenciado, apoio à Emenda 240 à PEC 06/2019 da Reforma da Previdência, além da defesa e acompanhamento da tramitação dos PLs do Deputado Federal Vicentinho (PL 2163/2003 que dispõe sobre proibição de atividade concomitante de motorista e cobrador de passagens em transportes coletivos rodoviários urbanos e interurbanos e o PL 3956/2015 que dispõe sobre as atividades dos condutores (as) e cobradores (as) dos veículos de transporte coletivo).

As lideranças dos motoristas aproveitaram ainda o encontro em Brasília para reforçar o apoio à greve geral contra a reforma da Previdência programada para a próxima sexta-feira, dia 14 de junho.

JORNAL DE JALES: INVESTIGAÇÃO DA POLÍCIA CIVIL SOBRE “GATOS” IDENTIFICA ELETRICISTAS QUE PARTICIPAVAM DA FRAUDE

Eis a capa do Jornal de Jales deste domingo, cuja principal manchete destaca a atuação da Polícia Civil de Jales no esclarecimento de um golpe que vinha sendo aplicado pela internet e que já tinha causado prejuízos de R$ 92 mil a uma empresa de Jales. A ação permitiu, ainda, o esclarecimento de outros dois golpes contra moradores de Jales. Num deles, os golpistas chegaram a fazer uma declaração de Imposto de Renda falsa, em nome de um jalesense. Segundo o delegado Carlos Monteleone, a quebra do último sigilo bancário de um golpista era o que estava faltando para pedir a prisão preventiva e o sequestro de bens da quadrilha especializada em golpes pela internet, com QG no Paraná.

O jornal traz, também, uma matéria especial do “Dia dos Namorados”, na qual conta a comovente história da jornalista Giana Rodrigues da Silva Souza e do seu marido, o dentista Gustavo Andrei de Souza. Giana, assessora de imprensa do cantor Daniel, e Gustavo namoraram durante 12 anos, se casaram em 2009 e dessa união nasceu a filha Letícia. Tudo ia muito bem até que Giana foi diagnosticada com uma doença rara, a Amiloidose AL, o que a obrigou a fazer sessões de quimioterapia, passando a perder os cabelos. Gustavo não teve dúvidas: em solidariedade à esposa, foi ao cabeleireiro e cortou os seus.

A história do catador de recicláveis que achou um celular no lixo e o entregou na Delegacia para que a polícia localizasse o dono; o lançamento dos cursos gratuitos de qualificação profissional da Fatec-Jales; os títulos eleitorais cancelados em Jales, que dariam para eleger um vereador; a performance da delegação de Jales, que foi a terceira colocada nos Jogos Regionais do Idoso, realizados em Santa Fé do Sul; e a surpreendente e inexplicável exoneração de dirigente regional de ensino, Marlene Medaglia Cavalheiro Jacomassi, são outros assuntos do JJ.

Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior informa que, em termos proporcionais, Jales é a cidade do interior que tem o maior número de cidadãos de bem com instalações elétricas irregulares. Operação da Polícia Civil de Jales, deflagrada em fevereiro descobriu os famosos “gatos” inclusive em endereços estrelados da cidade (como o Condomínio Alpha, por exemplo). Segundo Deonel, embora o assunto esteja sendo conduzido com muita discrição pela Polícia Civil, sabe-se que já teriam sido identificados também alguns eletricistas “especializados” na fraude contra a Elektro, além de prestadores de serviços ligados à empresa.   

1 2 3 454