Categoria: Cidade

DEU NA FOLHA NOROESTE DE HOJE

No jornal Folha Noroeste, edição digital deste sábado, destaque para o combate ao mosquito da dengue (e outras doenças) em Jales. Vistorias a imóveis e palestras educativas estão entre as atividades que fizeram parte da Semana Estadual de Mobilização Social contra o Aedes aegpyti, realizada de 11 a 15 de fevereiro em Jales. O objetivo foi alertar a população sobre o risco oferecido pelo mosquito, assim como a importância da participação popular na prevenção. Agentes de combate a endemias e agentes comunitários vistoriaram 5.793 imóveis conscientizando os moradores para evitar água parada e identificando possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti – transmissor da dengue, zika vírus e chikungunya, além da febre amarela urbana.

Destaque, também, para o 3º Mutirão de Oftalmologia de Urânia, que será realizado pela Secretaria de Saúde daquele município durante o período carnaval, entre os dias 01 a 05 de março. O objetivo do evento é proporcionar atendimentos gratuitos para os moradores do município que estão na fila de espera aguardando por atendimentos. Segundo o prefeito Márcio Arjol, o objetivo é zerar a fila de espera atenderndo principalmente “pessoas com difícil acesso a serviços de saúde na área de oftalmologia, que precisam aguardar meses e até anos para o agendamento de uma consulta na rede pública”,

Na coluna FolhaGeral, o aguerrido redator-chefe Roberto Carvalho está dizendo que a nossa Câmara Municipal vivenciou um fato inusitado na sessão do dia 18, quando os vereadores rejeitaram uma Moção de Repúdio ao governo Bolsonaro. O vereador Macetão, autor da propositura, argumentou que a extinção do Ministério do Trabalho vai trazer grandes prejuízos aos trabalhadores brasileiros. No final, a Moção teve apenas dois votos favoráveis – Macetão e Tupete – e oito contrários. O vereador Deley, um dos que votou contra explicou que Bolsonaro levou ministros conceituados para os ministérios e que não seria justo aprovar o repúdio a um governo que tem apenas um mês de trabalho.

MULHER É FLAGRADA FURTANDO MERCADO EM JALES

Teria saído bem mais barato passar pelo caixa e pagar a compra. Deu no portal A Voz das Cidades, do Betto Mariano:

Na noite de quinta-feira (21) os policiais militares receberam uma solicitação via fone 190 emergência informando um furto no mercado Sakashita da Rua Oito.

No local, o responsável pelo mercado (vítima) informou aos policiais que havia surpreendido uma mulher saindo do mercado com vários produtos sem pagar.

A mulher foi encaminhada à Central de Polícia e foi autuada em flagrante pelo crime de furto, mas pagou a fiança de R$1.500,00 e foi liberada para responder pelo crime em liberdade.

 

MULHER DE JALES ENFRENTA CÂNCER USANDO FANTASIAS

A notícia, em vídeo, pode ser vista no site do SBT Interior:

A história de Márcia Gomes Constatino, de 39 anos, que mora em Jales (SP) é uma verdadeira lição de vida.

A alagoana descobriu que tem câncer de mama após a gestação da terceira filha. Ela percebeu que havia um ‘caroço estranho’ nos seios e imediatamente procurou um especialista, que, a princípio, não diagnosticou a doença.

Ainda grávida, Márcia procurou alguns médicos para mostrar o caroço que havia aparecido no seio direito, mas foi informada que era normal.

“Durante a gravidez, eu notei que havia um caroço na minha mama direita, então eu conversei com a médica que fazia meu pré-natal e ela disse que era normal. Depois, eu fui em outro médico, e ele por mais incrível que pareça falou a mesma coisa, mas eu já havia ganhando a neném e não sumia”, conta.

Por meio de uma ultrassonografia, o médico que estava fazendo o procedimento notou que o caroço estava muito grande, e a encaminhou para o Hospital de Amor da cidade. Lá, o câncer foi diagnosticado e o tratamento começou.

Agora, para encarar o cansaço do tratamento com mais alegria, a cada 15 dias ela passa por sessões de quimioterapia de uma forma diferente. Márcia usa fantasias em cada dia do tratamento.

De Chapeuzinho Vermelho à Minnie Mouse ou Mulher Maravilha, Márcia busca forças para vencer a doença.

“Eu me fantasio por ser cansativo, né. Passar o dia no hospital, fazer exames antes da quimioterapia, depois tomar soro… Aí eu pedi para minha mãe fazer uma saia colorida, diferente, para que eu pudesse levar alegria ao hospital”, conta.

EM COLETIVA DE IMPRENSA, SANTA CASA ANUNCIA SHOW COM GIAN E GIOVANI

A notícia não informa a data do show, mas, segundo o calendário de eventos divulgado pela Santa Casa no início deste mês, o evento está programado para o dia 20 de setembro.

Da assessoria de imprensa da Santa Casa:

O setor de Captação de Recursos e o departamento de comunicação da Santa Casa de Jales convidaram a imprensa local e regional para uma coletiva de imprensa para que o provedor, Junior Ferreira, pudesse informar a todos a novidade do show para 2019.

“Cogitamos vários nomes da música sertaneja, mas Gian e Giovani foi a dupla de maior destaque para nós, eles possuem mais de 30 anos de carreira, deram uma pausa durante um período, mas recentemente retornaram aos palcos e estão fazendo sucesso por ondem passam” destacou Junior Ferreira.

Para Luciana Vicente, gerente do setor de Captação de Recursos, a instituição está lançando um novo formato de show com uma dupla de sucesso “Nós resolvemos mudar a pedido da população, dessa vez a Santa Casa vai apostar na venda de lounges, onde parte do público poderá ficar em pé no fundo do salão e quem preferir assistir ao show sentado poderá adquirir mesas mais a frente do palco.”

Um dos grandes e primeiros sucessos da dupla foi “Amante Anônimo” em seguida embalaram com “Espuma da Cerveja”, “Você em minha vida”, entre outras, que garantiram a presença da dupla nas paradas de sucesso do país. No ano de 2003 a dupla recebeu a indicação ao Grammy Latino ao prêmio de “Melhor Álbum de Música Sertaneja” o disco contava com grandes sucessos que lideraram as rádios naquela época, como “Taça de Pranto”, “Tatuagem” entre outros.

Toda equipe envolvida da Santa Casa de Jales está satisfeita com a escolha de 2019 e tem a certeza de que dupla melhor não há, eles esbanjam sucesso e são recorde de público por onde passam. Gian e Giovani possuem mais de 30 anos de carreira, 18 álbuns lançados, 2 DVDs e mais de 10 milhões de discos vendidos, além de inúmeros sucessos que permaneceram no ranking das mais tocadas por semanas. Eles estiveram entre as 5 maiores duplas sertanejas do país no fim dos anos 90.

Como já é um costume para o setor de Captação de Recursos, todos que participaram do último show em prol da instituição terão prioridade na compra de mesas, caso não tenha interesse a venda será disponibilizada ao público em geral. Para mais informações ligue (17)3622-5003 falar com Lucas ou Luciana.

ADVOGADOS FORMAM GRUPO EMPRESARIAL DE NETWORKING EM JALES

Através dos advogados Marcelo Fernando Dácia e Vinicius Montanher esta sendo formado em Jales um grupo empresarial, que tem por objetivo praticar networking.

Trata-se do BNI (Business Networking Internacional), que é a maior e mais bem sucedida organização de networking do mundo. Está presente em 75 países, com cerca de 230 mil membros, já gerou 38 bilhões em negócios entre os seus membros em todo o mundo.

O grupo é formado por empresários de vários ramos de atividade, que se reúnem com certa freqüência para gerar referência e negócios uns aos outros.

O objetivo principal do grupo empresarial não é vender produtos/serviços diretamente para os membros do grupo, mas sim buscar potenciais clientes na rede de contatos de cada membro do grupo.

A metodologia do grupo de networking é conhecida como marketing boca-a-boca, que é a forma mais eficaz para geração de negócios.

Marcelo Dácia, que é membro do BNI Start de São José do Rio Preto salienta que se não tivesse ampliado sua rede de contatos através do grupo de networking, não teria conseguido atingir alguns projetos que atua, envolvendo grandes empresários e marcas de renome do cenário nacional.

Em Jales já foram realizadas duas reuniões, ao qual já estiveram presentes cerca de 70 empresários e profissionais liberais. As reuniões do grupo empresarial BNI de Jales acontecem de quarta-feira de manhã no Sato Buffet.

DIRETORIA DE ENSINO DE JALES ESTÁ ENTRE AS MELHORES DO ESTADO

A nota do ensino médio colocou a Diretoria de Ensino de Jales em segundo lugar no ranking das melhores do Estado de São Paulo, que leva em consideração o Índice de Desenvolvimento da Educação do Estado de São Paulo (IDESP) de 2018.

A nota conquistada pela Diretoria de Jales foi de 3,17 no ensino médio, atrás apenas da Diretoria de Catanduva, a primeira colocada com nota 3,18. Fernandópolis foi a terceira colocada, com nota 3,16, seguida por Itapeva (3,10), e Taquaritinga (3,04). O Estado de São Paulo tem – por enquanto – 91 diretorias. A última colocada, com nota 1,77, foi a diretoria do Leste Paulista.

Já com relação ao 9º ano do ensino fundamental, a Diretoria de Jales ficou em 5º lugar, com nota 4,02, a mesma nota de Taquaritinga, que ficou em 4º lugar. As três primeiras colocadas foram Itapeva (4,23), Fernandópolis (4,07) e Catanduva (4,06). A 91ª posição ficou com a Diretoria de Ensino de Itapevi (2,69). A segunda pior colocada foi a Diretoria de Lins (2,71).

Os dados divulgados recentemente levam em consideração o desempenho em português e matemática na rede estadual de ensino, além da taxa de aprovação, reprovação e abandono escolar.

FATEC JALES REALIZA CURSO SOBRE METODOLOGIA DE DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE

Se o curso superior de tecnologia tem foco no mercado de trabalho, seguir as tendências tecnológicas é necessário. No dia 16 de fevereiro, alunos e professores da Faculdade de Tecnologia Prof. José Camargo – Fatec Jales foram contemplados com um treinamento em Desenvolvimento Ágil utilizando Scrum, ministrado por Afonso Henrique Barrenha, Scrum Master certificado pela Scrum.org. O treinamento contou também com a presença de empresários e profissionais da área de Tecnologia da Informação.

Scrum é uma metodologia concebida inicialmente para a gestão e planejamento de projetos de softwares. Atualmente seus conceitos têm sido frequentemente aplicados em diferentes segmentos para aumentar a eficiência do trabalho em equipe.

O treinamento foi organizado pelo Centro de Aprimoramento da Produtividade (CAP), uma iniciativa da Fatec Jales para oferecer aos alunos, comunidade e empresas, treinamentos e informações relacionadas à produtividade pessoal e trabalho em equipe.

As informações sobre os eventos do CAP são publicadas em sua página do Facebook: https://www.facebook.com/capjales/.

ZONA AZUL: VEREADORES QUEREM INVADIR COMPETÊNCIA DO PREFEITO E FAZER ALTERAÇÕES EM LEI APROVADA POR ELES EM 2017

Nossos vereadores – sempre atentos e sensíveis aos problemas que afligem a população – estão propondo nada menos que quatro projetos de lei que visam criar facilidades para os usuários da chamada Área Azul, ou, para os íntimos, Zona Azul.

Um desses projetos, como já noticiado pelo blog, propõe isentar veículos de idosos e portadores de deficiência do pagamento da tarifa, desde que estacionados nas chamadas “vagas especiais”.

Outro projeto planeja cria um tempo – 15 minutos – de tolerância, onde os motoristas poderão realizar paradas rápidas para comprar uma cibalena na farmácia ou pegar um jornal na banca ou, ainda, apanhar o pão de queijo na padaria, sem necessidade de pagar a tarifa da Zona Azul.

Dos quatro projetos, o mais estranho é de autoria do vereador Macetão. Ele propõe obrigar a empresa responsável pela Zona Azul a devolver aos usuários metade da tarifa de R$ 15,00 cobrada daqueles motoristas que deixam de pagar a tarifa normal no prazo de 15 minutos.

Estranhas ou não, todas essas alterações deveriam ter proposto lá atrás, em 2017, quando aprovaram – sem maiores estudos – o projeto que tratou das regras para a nova Zona Azul.  

Qualquer alteração na cobrança da Zona Azul vai depender, no entanto, da boa vontade da empresa que ganhou a concorrência, uma vez que ela apresentou sua proposta com base nos critérios estabelecidos na lei aprovada pelos vereadores e nas receitas estimadas no edital da licitação aberta pela Prefeitura. 

Ademais, tudo indica que as alterações propostas pela Câmara são inconstitucionais, por “vício de origem”. Julgados recentes das instâncias superiores, incluindo o STF, já deixaram claro que a iniciativa de projetos de lei relativos à Zona Azul são de competência exclusiva do Executivo. Ou seja, do prefeito.

Os vereadores sabem disso, mas estão jogando para a torcida.   

“FARRA NO TESOURO 2”: JUSTIÇA PRORROGA PRISÃO TEMPORÁRIA DE CORRETOR DE SEGUROS POR MAIS CINCO DIAS

A juíza Maria Paula Branquinho Pini, da 4ª Vara de Jales, prorrogou por mais cinco dias a prisão temporária do empresário e corretor de seguros A.B.R., preso na operação “Farra no Tesouro 2”, da Polícia Federal.

A prorrogação foi autorizada após representação da PF e concordância do Ministério Público Estadual. A Polícia Federal continua analisando equipamentos eletrônicos e documentos apreendidos na operação e ouvindo testemunhas e investigados sobre os fatos em apuração.

Segundo informações, a PF constatou incongruências entre os depoimentos do corretor de seguros e de N.G.J., o funcionário da Prefeitura que foi afastado de suas funções por tempo indeterminado. Não está descartada a realização de uma acareação. 

COLÉGIO RECURSAL ACOLHE RECURSO DA PREFEITURA E NEGA PAGAMENTO DE FÉRIAS E DÉCIMO-TERCEIRO A EX-VEREADOR ROSALINO

Em sentença proferida na sexta-feira, 15, a segunda turma do Colégio Recursal de Jales, integrada pelos juízes Maurício Ferreira Fontes (Fernandópolis), Heitor Katsumi Miura (Fernandópolis) e Evandro Pelarin (São José do Rio Preto), sob a relatoria deste último, deu provimento ao recurso da Prefeitura contra o pagamento de férias e décimo-terceiro salário ao ex-vereador Luís Fernando Rosalino(PT).

Rosalino, como já noticiado por este modesto blog, pleiteia na Justiça o recebimento de R$ 53 mil a título de décimo-terceiro salário e de férias não gozadas. Sempre é bom lembrar que nossos vereadores contam com 45 dias de recesso por ano – algo que a maioria dos trabalhadores brasileiros não têm – e ainda dão um jeitinho de, em julho de cada ano, fugir ao batente por 15 ou até 20 dias para umas férias com a família.

Em primeira instância, Rosalino obteve êxito, mas… Mas os diligentes procuradores jurídicos da nossa Prefeitura recorreram e, na segunda instância, sobreveio a má notícia para o ex-vereador petista.

Para os juízes da segunda turma, embora o STF já tenha decidido que o pagamento de férias e décimo-terceiro a agentes políticos é constitucional, a efetivação desses direitos dependem da existência de lei municipal sobre a matéria.

Na sentença, os magistrados afirmam que não é automática “a aplicação da decisão do STF que se limitou, bem a verdade, a declarar constitucional o pagamento, mas não determinou o pagamento dessas vantagens”.

A necessidade de lei municipal é controversa. Ao julgar um recurso da nossa Prefeitura contra decisão que mandou pagar férias e décimo-terceiro à ex-prefeita Nice Mistilides, a ministra Rosa Weber, do STF, negou-lhe provimento sob o argumento de que “não é incompatível com a Constituição Federal o pagamento de terço de férias e décimo terceiro salário a agente público detentor de mandato eletivo remunerado por subsídio, independentemente de lei municipal”.

1 2 3 439