Categoria: Cidade

JORNAL DE JALES: DELEGADO DIZ QUE MOTORISTAS DEVEM RECORRER DE MULTAS APLICADAS PELA POLÍCIA RODOVIÁRIA NA AVENIDA ARAPUÃ

IMG_0101Eis a capa do Jornal de Jales deste domingo, cuja manchete principal destaca a opinião do presidente da Associação Comercial, Carlos Roberto Altimari, sobre a Área Azul e o problema da falta de vagas para estacionamento de veículos no centro da cidade. Segundo Carlinhos é preciso organizar melhor o trânsito e “buscar alternativas para ampliar o número de vagas”. Já o vice-presidente da Associação, Toninho Cruz, afirmou que “esse é um problema que precisa ser acompanhado de perto, pois o número de veículos não para de crescer”.

Destaque, igualmente, para outro problema que está afligindo os motoristas que passam pela Avenida Arapuã com os faróis apagados, durante o dia. Eles estão sendo multados pela Polícia Rodoviária, uma vez que aquele trecho urbano está sob a administração do DER. O local não possui, no entanto, nenhuma sinalização alertando os motoristas de que aquela via urbana é uma rodovia estadual. Por isso mesmo, o delegado Altair Ramos Leon, especialista em trânsito, acredita que quem recorrer das multas aplicadas certamente terá as mesmas canceladas.

O falecimento do médico, empresário e ex-deputado federal Ayres da Cunha; a remoção de tatuagens, que pode ser feita em Jales, onde o tatuador Kleber Tattoo investiu em equipamentos importados de Portugal para esse fim; as chances de classificação do time de futsal de Jales, que disputa a Liga Paulista; a pesquisa realizada pela Fatec Jales sobre as expectativas dos consumidores do comércio local; e o arquivamento do inquérito que investigou a merenda escolar da administração Nice, são outros assuntos do JJ.

Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior comenta sentenças do juiz Fernando Antônio de Lima, do Juizado Especial Cível e Criminal, nas quais o magistrado inocentou a Telefônica e, de outro lado, condenou – por litigância de má-fé – os autores de oito ações de indenização por danos morais. Segundo Deonel, o comportamento do juiz é uma demonstração de isenção e joga por terra os argumentos dos advogados da Telefônica que, há algum tempo, foram ao TJ-SP reclamar da atuação do magistrado e pedir a abertura de um processo disciplinar contra ele.  

O ‘1o ARRAIÁ DO PROJETO CORPO E MENTE EM MOVIMENTO’ ANIMOU A SEXTA-FEIRA NO BAIRRO SÃO JUDAS

CORPO E MOVIMENTO IMG_20170624_175325

A Elizangela Antunes, coordenadora do projeto desenvolvido pela Sacra, enviou alguns flashes do “1º Arraiá do Projeto Corpo e Mente em Movimento”.

O evento – uma parceria da comunidade, pais, colaboradores e membros da diretoria – foi realizado ontem, sexta-feira (23/06), no salão de festas da Paróquia São José Operário, no bairro São Judas Tadeu, com a participação do Coral da Pastoral da Pessoa Idosa, do Grupo de Catira da Escola Santa Cecília, da Orquestra Caipira de Jales, e de outras atrações como o sanfoneiro João Antônio, a dupla Jhonatan e Guilherme, o DJ Rafael e o palhaço Palito.

E como convém a uma festa junina, o “1º Arraiá” teve dança, pipoca, doces, achocolatado, quentão e muita alegria, além de brinquedos distribuídos gratuitamente às crianças.

CORPO E MOVIMENTO IMG_20170624_174904

CORPO E MOVIMENTO IMG_20170624_174445

A TRIBUNA: CUMPRIMENTO DE HORÁRIO DE MÉDICOS EM POSTOS DE SAÚDE DE JALES É INVESTIGADO PELA POLÍCIA FEDERAL

capa tribuna 25.06.17No jornal A Tribuna deste final de semana, a principal manchete destaca o relatório do promotor Horival Marques de Freitas Júnior, que pediu o arquivamento do inquérito instaurado para apurar supostos malfeitos da ex-prefeita Nice Mistilides, apontados pela “CEI da Merenda Escolar”. A CEI apontou pelo menos três irregularidades na merenda escolar durante o ano de 2014, incluindo um suposto prejuízo de R$ 770 mil, mas o relatório do promotor indica que não houve nenhum prejuízo. A CEI afirmou, também, que o responsável pela licitação, Adriano Lisboa Domenecis, teria incluído cláusulas contratuais com o objetivo de beneficiar a empresa vencedora, mas, para o Ministério Público, isso não aconteceu.

Destaque, também, para a investigação da Polícia Federal nos postos de saúde de Jales, com a finalidade de apurar se os médicos contratados estão cumprindo o horário de trabalho. Segundo informações de fontes palacianas, a PF já ouviu vários funcionários dos ESF’s e pelo menos duas médicas correm o risco de serem processadas pelo Ministério Público Federal. O prefeito Flávio Prandi confirmou ter ficado sabendo extraoficialmente da investigação e disse que vai aguardar a manifestação oficial do MPF.

A pesquisa da Fatec sobre o humor dos consumidores do comércio jalesense; as sugestões da Associação Comercial para enfrentar a falta de estacionamento no centro de Jales; os números da geração de empregos em Jales nos primeiros cinco meses do ano; as sugestões que o ex-cartorário Ataíde Sestari, o Bigonga, está fazendo ao prefeito, vereadores e deputados, visando melhorar a vida da população de Jales; e o falecimento do médico e ex-deputado Ayres da Cunha, são outros assuntos de A Tribuna.

Na coluna Enfoque, comentários sobre a decisão do TJ-SP que julgou inconstitucional a lei que concedeu portarias a servidores municipais de Jales. Na página de opinião, Pedro Callado explica se uma pessoa casada precisa do consentimento do cônjuge para abrir uma empresa, enquanto o artigo da talentosa Taísa Selis tenta explicar o que seria patriotismo. No caderno social, destaque para a coluna social do Douglas Zílio e para a visita que os casais Balim Rossafa-Cidinha e Pedro Pupim-Conceição fizeram aos Emirados Árabes.  

LOJA DE CELULARES FOI ASSALTADA NESTE SÁBADO, NO CENTRO DE JALES

IMG_20170624_090102610-1024x576

Dois indivíduos assaltaram, neste sábado, por volta da nove horas da manhã, uma loja de celulares – a Jalescel – localizada na Rua Seis, quase na esquina com a Onze.

Segundo reportagem do site A Voz das Cidades, os dois assaltantes chegaram de moto e permaneceram o tempo todo com seus capacetes. Pelo menos um deles estava armado com um revólver. Eles teriam levado grande quantidade de celulares da loja e de clientes que estavam no local.

A reportagem do Betto Mariano, que entrevistou uma das vítimas, pode ser vista aqui.

DEU NA FOLHA NOROESTE DE HOJE

folha noroeste 25.06.17O jornal Folha Noroeste que circula neste sábado está destacando pesquisa realizada pelos alunos da Fatec Jales junto aos consumidores do comércio de Jales. Segundo a matéria, o pessimismo dos entrevistados vem aumentando a cada pesquisa. O percentual daqueles que acham, por exemplo, que a situação financeira familiar “piorou muito” nos últimos tempos, aumentou de 7% em abril para 14% em junho, enquanto 83% acha que o cenário político e econômico “tem piorado”. Apesar do pessimismo com relação ao cenário político-econômico, a pesquisa constatou, de outro lado, que os gastos médios dos consumidores no comércio de Jales vem aumentando.

O jornal está destacando, também, que a Rádio Nova Cultura AM – a emissora mais antiga de Jales – deverá começar em breve a transmitir seu sinal através da Frequência Modulada (FM), onde poderá ser sintonizada em 96,7Mhz. O contrato para migração da rádio de AM para FM foi assinado ontem, sexta-feira, no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo, pelo proprietário da emissora, Valdecir Santin. De acordo com a matéria, a Nova Cultura deverá ganhar um novo nome e uma nova logomarca assim que começar a operar em FM.

Na coluna FolhaGeral, o eclético redator, revisor, editor e diretor Roberto Carvalho, o Neco, fala sobre a viagem do presidente Michel Temer para visitas à Rússia e à Noruega. Segundo o colunista, Temer viajou “provavelmente pensando em ver as coisas se acalmarem e a poeira baixar” por aqui. Roberto destacou que em ambos os países, Temer e sua desvanecida comitiva foram recebidos, no aeroporto, por ocupantes de cargos de segundo e terceiro escalões. Não bastasse isso, Temer ainda levou um “sabão” da primeira-ministra da Noruega, que criticou a corrupção no Brasil.

SANTA CASA DE JALES LANÇA ALERTA SOBRE AUMENTO DOS RISCOS DE INFARTO NO INVERNO

A notícia é da assessoria de imprensa da Santa Casa:

santa casa DSCN4722Com a chegada do inverno (21 de junho) os riscos de infartos aumentam consideravelmente segundo um estudo realizado no Canadá durante apresentação do Congresso da Sociedade Europeia de Cardiologia realizado em 2015. Para os cientistas, uma queda de 14ºC na temperatura está associada a um aumento de 30% de infarto e 20% de AVC.

As doenças cardiovasculares, como Infarto Agudo do Miocárdio (IAM) e o Acidente Vascular Cerebral (AVC), são as maiores causas de morte no mundo e no inverno o índice aumenta, pois, a pele tem receptores nervosos que sentem o frio e o organismo faz de tudo para manter o calor interno do corpo ao redor de 36,1ºC. Além disso, como sentem menos sede nessa época do ano, as pessoas acabam ingerindo menos líquido e desidratam. Sangue mais denso e viscoso coagula mais facilmente, o que colabora também para o aumento da pressão sanguínea.

A diretora clínica e cardiologista da Santa Casa de Jales, Dr. ª Marlene Santos de Oliveira (foto) explica que os principais fatores de risco são: hipertensão, diabetes, colesterol, triglicerídeos, obesidade, tabagismo, sedentarismo, estresse e depressão.

“Importante alertamos a população para a localização da dor, que acomete a região torácica, ombros, pescoço, braços e principalmente o estômago, pois podem ser confundidos por outras doenças do sistema digestivo. Atualmente, estamos atendendo pessoas mais jovens na faixa etária de 30, 40 e 50 anos com infartos ou até mesmo morte súbita”, destacou a médica.

Para tanto, é essencial não confundir esses sintomas e, na dúvida, sempre procurar um atendimento de emergência.

ALUNA DE JALES COM MELHOR DESEMPENHO DO ESTADO EM TESTE DE INGLÊS EMBARCA PARA A INGLATERRA NESSE SÁBADO

a_17994

Se eu entendi bem, 4.500 alunos matriculados nos Centros de Estudos de Línguas (CELs) participaram da avaliação em que a Gabriela foi a melhor. A notícia está pendurada no portal da Secretaria Estadual de Educação:

gabriela dir ensinoNesse sábado (24), a estudante Gabriela Pires de Araújo, 17 anos, vai embarcar com destino a Cambridge, na Inglaterra, onde fará um curso intensivo de inglês na Universidade de Cambridge durante uma semana.

Gabriela é aluna do Centro de Ensino de Línguas da escola Dom Artur Horsthuis, localizada em Jales, e foi presenteada com a viagem após apresentar a maior pontuação no exame de proficiência Cambridge English Benchmarking Test, aplicado no final do ano passado.

Prestes a ganhar o primeiro carimbo no passaporte, a estudante conta que está muito ansiosa. “As malas já estão prontas. Nunca saí do Brasil. Nem viajei de avião. Estou com um pouco de medo, mas acho que vai ser legal”, afirma.

Todas as despesas com passagem, alimentação, translado, hospedagem e seguro de vida serão pagos pela instituição inglesa. “Vou ficar na casa de uma família e, no período em que eu não estiver no curso, vou poder passear e conhecer os pontos turísticos da cidade. Quero explorar a Universidade de Cambridge e ver o Rio Cam”, destaca.

Gabriela diz que começou a estudar inglês pensando em viagens para o exterior e no mercado de trabalho. “Sempre quis viajar para outros países e acho que o inglês vai me ajudar na hora de arrumar um emprego. É uma grande oportunidade”, comenta.

PRESIDENTE DA ACIJ AFIRMA QUE ESTACIONAMENTO NO CENTRO PEDE SOLUÇÕES DE LONGO PRAZO

A notícia é da assessoria de imprensa da ACIJ:

ACIJ -FOTO 1Com a desistência da Tetran em explorar a área azul, o problema dos veículos no centro da cidade deve aumentar nos próximos meses, até que seja feita nova licitação. Para o presidente da Associação Comercial e Industrial de Jales, Carlos Roberto Altimari, este é um bom momento para se pensar em soluções de longo prazo, pois a situação tende a ficar cada vez mais complicada se não forem tomadas medidas que realmente possam distribuir melhor as vagas para estacionamento na área central.

Segundo Carlinhos, algumas soluções bastante simples podem ser adotadas, como ampliar as áreas para veículos ocupando espaços públicos ou incentivando a abertura de mais estacionamentos por empresas privadas, melhorando a área azul e organizando o trânsito no centro.

Na avaliação do presidente da ACIJ, as vagas para estacionamento precisam ser regulamentadas de forma eficiente, sem prejudicar os comerciantes e criando meios para que os jalesenses e visitantes tenham melhores condições para fazer suas compras, pagar suas contas e realizar outras tarefas que só podem ser feitas no centro da cidade.

Funcionalidade

O vice-presidente da ACIJ e representante da entidade no Conselho Municipal de Trânsito, Antônio José da Cruz afirma que a área azul é um serviço que precisa ser melhorado constantemente, buscando alternativas, na medida em que a demanda vai crescendo. Ele também afirma que ao mesmo tempo é preciso pensar no longo prazo, pois o número de carros vai sempre aumentar, aumentando também as dificuldades de estacionamento.

A ideia, segundo Toninho Cruz, não é multar, mas fazer o sistema funcionar corretamente, para que todos possam estacionar seus veículos, eliminando coisas do tipo vagas reservadas e mantendo os espaços para as vagas rápidas, além de introduzir novos mecanismos de aprimoramento e fiscalização, como já existem nos grandes centros.

Manter o sistema de rodízio como forma de favorecer o cliente das lojas do centro da cidade também é uma das alternativas que podem ser adotadas, segundo Toninho Cruz.

JUIZ DE JALES CONDENA AUTORES DE AÇÕES DE INDENIZAÇÃO POR LITIGÂNCIA DE MÁ-FÉ E PEDE PARA OAB APURAR ATUAÇÃO DE ADVOGADOS

fernando antonio de lima3bEm sentenças publicadas na semana passada no portal do Tribunal de Justiça-SP, o juiz da Vara Especial de Jales, Fernando Antonio de Lima, julgou improcedentes pelo menos oito ações de indenização por dano moral ajuizadas contra a Telefônica Brasil S/A. Por outro lado, os autores das ações foram condenados por litigância de má-fé.

De acordo com as sentenças, os autores deverão pagar as custas do processo e os honorários advocatícios estabelecidos em 15% do valor da causa. Eles deverão, também, ressarcir as despesas que a Telefônica teve com a contratação de um examinador técnico. Cada uma das ações – todas patrocinadas pela mesma dupla de advogados – pedia R$ 10 mil de indenização.

Nas ações, os autores alegavam o mau funcionamento de suas linhas telefônicas móveis. Segundo eles, as linhas telefônicas vinham apresentando inúmeros defeitos, tornando o serviço de telefonia e de dados (Vivo Internet) inconstante e instável, com quedas, chiados e longos períodos de silêncio durante as chamadas, além de impossibilitar o acesso a sites e aplicativos pelo celular.

A Justiça suspeitou, no entanto, de possíveis fraudes, uma vez que as ações eram todas praticamente idênticas, e determinou a realização de audiência para colheita do depoimento pessoal dos autores e de exame técnico sobre os aparelhos celulares. Além disso, o magistrado determinou  que um oficial de justiça – em operação especial – comprovasse pessoalmente, em diligência nos endereços dos autores, o mau funcionamento da linha telefônica.

As suspeitas de fraudes foram reforçadas pelo fato de os autores terem protocolado pedidos de desistência das ações alguns dias depois que a Justiça pediu a comprovação do não funcionamento das linhas telefônicas. Por outro lado, o oficial de Justiça constatou, em suas visitas aos endereços dos autores, que as linhas telefônicas estavam funcionando plenamente. Além disso, os exames técnicos realizados nos aparelhos celulares, na frente do magistrado e das partes, constatou que os celulares funcionavam em sua plenitude.

Nas sentenças, o juiz Fernando Antonio de Lima lamentou o mau uso da Justiça por parte dos autores das ações. “Não podemos nos esquecer de que os Juizados Especiais Cíveis foram criados para permitir o acesso à justiça. No entanto, fraudes corrompem o objetivo do sistema. Servidores e Juízes são destacados para cuidar de inúmeras demandas sem fundamento e dissonantes da verdade”, escreveu o magistrado.

Ele determinou, ainda, que a subsecção de Jales da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) fosse oficiada a fim de apurar possível infração ética por parte dos advogados dos autores.

JORNAL DE JALES: COMANDANTE MESSIAS AUTORIZADO A TRANSFERIR ESCOLA DE AVIAÇÃO DE JALES PARA CAMPO GRANDE

IMG_0052Eis a capa do Jornal de Jales deste domingo, que traz como destaque o anúncio feito pelo secretário estadual de Turismo, Laércio Benko, sobre a inclusão de Jales entre os municípios classificados como de “Interesse Turístico”. A matéria diz que o secretário garantiu que a classificação deverá acontecer até o dia 1º de agosto deste ano. Ainda de acordo com o jornal, Jales tem condições de disputar uma vaga para se transformar em “Estância Turística”, com chances de conquistar esse título nos próximos anos, se continuar desenvolvendo uma boa administração nessa área.

Destaque, também, para o jalesense Vinícius Cardoso – o sobrinho preferido do Ricardo Junqueira – que está comemorando a inclusão da modalidade “basquete 3×3” nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020. Vinícius, filho do tucano Carlos Roberto Cardoso, é o presidente da Associação Nacional de Basquete 3×3 e disse ter trabalhado duro no processo evolutivo da modalidade no Brasil, que já tem mais de 90 torneios oficiais. Ele disse, também, que o “3×3”, criado em 2010, ainda é uma novidade entre os atletas e fãs do basquetebol e, por isso, o trabalho está só no começo.

A homenagem que a presidente do Sindicato dos Comerciários recebeu no Peru; a busca de apoio para a realização da 9ª edição do Festival Nacional de Teatro de Jales; a deserção da empresa Tetran, que cuidava da Zona Azul em Jales; o acordo de cooperação técnica firmado entre a Prefeitura de Jales e o Instituto Federal de São Paulo; e o prêmio “Selo Ouro de Produtividade” outorgado pelo Tribunal de Justiça a cinco das seis Varas Judiciais de Jales, são outros destaques do JJ

Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior está informando que a deputada Analice Fernandes(PSDB) foi ovacionada no encerramento da festa de peão de Urânia, no sábado(10). O colunista registrou também que o afamado comandante Manoel Messias da Silva está comemorando o ato publicado pelo Diário Oficial da União, que revogou a suspensão do funcionamento de sua escola de aviação – a CMM – que estava sediada em Jales até o ano passado e agora, depois de problemas com o MPF, está instalada em Campo Grande(MS). 

1 2 3 366