Arquivos mensais: Abril 2013

SEM SINALIZAÇÃO, CONJUNTO ‘NOVA JALES’ REGISTRA PRIMEIRO ACIDENTE DE VEÍCULOS

Um morador do recém-inaugurado conjunto Nova Jales enviou e-mail sobre o primeiro acidente de carro registrado no novo bairro. Vejam o que ele escreveu:

Bom dia cardosinho…

Ontem, 28/04, ocorreu um acidente no Jardim Nova Jales, e aparentemente, não descartando a possibilidade de ter ocorrido  imprudência dos motoristas, o motivo do acidente pode ter sido a falta de sinalização de trânsito, tanto na horizontal quanto vertical.

O poder público municipal, infelizmente, não vem acompanhando o crescimento da cidade, a não ser quando a questão é tributar os moradores. Outro ponto importante, é que parece que o Nova Jales não faz “parte do mapa” pois as ruas não possuem identificação. Os vereadores se preocuparam tanto em dar nome aos bois, aliás, nome às ruas, no sentido de homenagear alguém importante da cidade, mas isso só ficou no papel, pois o único lugar que consigo identificar o nome da rua em que moro, é no carnê do IPTU.

Outro ponto, onde não vai demorar muito pra ocorrer um acidente, espero que não seja comigo e minha familia, é no final da avenida de acesso ao bairro que se finda na cohab Pedro Nogueira. Após o encerramento da avenida, o acesso se estreita, afunila, exatamente sobre uma minúscula ponte sem proteção lateral sobre aquele córrego que não sei o nome. Neste ponto, além do fluxo de veículos, muitas crianças passam por ali caminhando, indo e vindo da escola, sujeitas a se envolver em um atropelamento.

Aqui esta meu apelo, que sem duvida nehuma é de muitos moradores do bairro.

Sei que seu blog é muito visitado e acho que através dele consigamos alguma resposta ou solução junto ao poder público municipal, já que a farra da FACIP acabou, e ninguém morreu pelo fato de não ocorrer a tal Festa, mas possívelmente pode ocorrer algo irreversível para alguma família se o poder público não tomar nenhuma atitude para solução desses problemas expostos.

Eis aí a preocupação do morador do Nova Jales. Só não concordo que a “farra da Facip” tenha acabado. Na verdade, dentro de alguns dias o assunto Facip, infelizmente, estará de volta à agenda da cidade, em detrimento de temas mais importantes. 

UM POUQUINHO DE ALGUMAS COISAS

Fontes fidedignas asseguram que o secretário municipal de Finanças, Morió Susuki, estaria se preparando para bater em retirada. Dizem que ele já teria comunicado a prefeita Nice Mistilides sobre sua vontade de deixar o cargo. E a prefeita teria pedido pra que Morió ficasse mais uns dias, até que ela arrume um substituto. Nesse ritmo, não demora e teremos a volta do Chaparim.

Outro que não deve continuar esquentando a cadeira de secretário por muito tempo é o pastor Luciano Ferreira Nunes. Ele estaria passando por um processo de fritura dentro da própria administração. Pessoas muito próximas à prefeita vivem incomodadas com o fato de o secretário chegar tarde ao trabalho e sair mais cedo.

Renato Lima Silva, o popular Renato Preto, já não é mais o responsável pelo CIEVI. Durante a semana passada, ele foi apresentado como o novo diretor de Serviços de Saúde da Coletividade. Além do nome pomposo, o cargo renderá um acréscimo de R$ 1,1 mil ao contracheque mensal de Renato, que passará a ganhar R$ 3,2 mil.  

Quando Parini entregou o cargo, em 31 de dezembro, a Prefeitura de Jales ainda devia cerca de R$ 400 mil ao grupo Scamatti, referente ao recapeamento de algumas ruas do Jardim do Bosque e do Jardim Morumbi. Segundo consta, a dívida ainda não foi paga.

Um servidor municipal registrou, dia desses, um Boletim de Ocorrências na polícia. Segundo a versão que corre, ele estaria recebendo ligações anônimas com “conselhos” para que deixe de criticar a administração municipal. O rapaz, que foi candidato a vereador, pediu a quebra do sigilo telefônico a fim de tentar descobrir de onde partiram as ligações.

E o mar, realmente, não está pra peixe. Dizem que nem a secretária de Promoção Social, Lúcia Callado, estaria escapando às sessões de descompostura promovidas pela prefeita Nice. De seu lado, Callado, o vice, foi mesmo jogado pra escanteio. Ultimamente, ele quase não tem sido visto na Prefeitura.  

FOLHETO ATACA NEPOTISMO E FAZ CRÍTICAS AOS CEM DIAS DE NICE

Um folheto de autoria desconhecida foi distribuído neste final de semana em alguns setores da cidade, demonstrando claramente que o clima de campanha ainda continua aceso. Aqui no meu bairro, o tal folheto não foi visto, mas um amigo me cedeu um exemplar.

A peça parece ser um contraponto ao jornal dos “100 Dias de Muito Trabalho”, distribuído pelos aliados da prefeita Nice.  Em um dos lados, críticas à nomeação de parentes da prefeita, do vice e de vereadores.

O outro lado é esse que pode ser visto aí à esquerda, onde estão relacionadas supostas falhas do novo governo municipal. A explosão da dengue em Jales abre a lista de problemas. O celular de R$ 3 mil adquirido pela prefeita, o cancelamento da Facip, o abandono das praças e os buracos do asfalto também são lembrados.  

DEPUTADO É DONO DA DEMOP, ACUSA TESTEMUNHA AO GAECO

A notícia é do jornal Diário da Região:

Testemunha protegida ouvida pelo Ministério Público Estadual apontou o deputado estadual e ex-prefeito de Votuporanga Carlos Eduardo Pignatari (PSDB), o Carlão, como sócio oculto da empreiteira Demop Participações e outras ligadas aos grupo dos irmãos Scamatti. O grupo é investigado por fraudar licitações com verbas de emendas parlamentares em pelo menos 78 prefeituras na região Noroeste paulista.

A testemunha foi ouvida por promotores do Gaeco em meados de 2009 e apontou Carlão como o verdadeiro dono das empresas do Grupo Scamatti. “É de se destacar também a notícia da existência de um outro envolvido que até o momento não foi pesquisado, qual seja, o senhor Carlos Eduardo Pignatari, que segundo noticia a testemunha ouvida às fls 180/81 seria o real proprietário das empresas referidas nos autos”, diz trecho do relatório dos promotores.

De acordo com a testemunha, as ligações de Olívio e Carlão são antigas, da época em que ele foi gerente financeiro do frigorífico da família do parlamentar. A informação ganha peso quando somada ao conteúdo das escutas feitas nos telefones dos investigados entre os anos de 2010 e 2013. A ligação do deputado com os acusados de integrar a apelidada Máfia do Asfalto, principalmente com Olívio – apontado como o chefe do esquema – seria tão forte, que Carlão chega a ser chamado de “padrinho” nos diálogos dos empresários captados pela investigação.

O tucano é citado com frequência em várias conversas recentes da cúpula do grupo. Ele próprio aparece em ligações com Olívio que, em uma das ligações, é chamado de “sócio de Carlão” por interlocutor. Em outras conversas, a referência usada a Carlão é “amigo do Juninho” (Júnior Marão, prefeito de Votuporanga), ou até mesmo “chefe.”

A proximidade de Olívio e Carlão também fica evidenciadas nas brincadeiras de colegas e amigos. Numa das ligações grampeadas pela PF, o deputado Itamar Borges (PMDB) liga no celular de Olívio e provoca: “Carlão?”. Em seguida, Itamar cai na risada. Em outra ligação, um homem desconhecido liga para Olívio e pergunta: “É o sócio do Carlão?”

A notícia completa pode ser lida aqui.

JORNAL DE JALES: PREFEITURA E POLÍCIA MILITAR ESTUDAM SOLUÇÕES PARA SEGURANÇA DA RODOVIÁRIA

Eis a capa do Jornal de Jales deste domingo, que, como se nota, voltou a focar o assunto “segurança na rodoviária”. De acordo com o jornal, a falta de segurança continua, mas a boa notícia é que a Prefeitura, com o apoio da Polícia Militar, estaria buscando um jeito de dar um jeito na situação.

Outros dois assuntos desta edição do JJ são a volta das discussões em torno da criação de uma associação de entidades assistenciais do município e a tentativa de entendimento entre a prefeita Nice Mistilides e os vereadores de oposição.

O jornal também destacou um projeto do deputado Edinho Araujo(PMDB-SP), que está dando o que falar em Brasília. O projeto visa criar regras mais rígidas para a formação de novas siglas partidárias e, em tese, criaria dificuldades à sobrevivência dos pequenos partidos.

Na coluna Fique Sabendo, o jornalista Deonel Rosa Júnior informa que o agropecuarista e industrial Deva Rossafa foi oficialmente sondado para assumir a presidência da Facip. De acordo com o jornalista, é a própria prefeita Nice Mistilides quem está cuidando das tratativas com Deva.

TRILHEIROS DOAM APARELHO DE AR CONDICIONADO PARA SANTA CASA

O amigo Deva Fernandes mandou e-mail sobre a doação que o grupo 100% Trilha fez de um aparelho de ar condicionado para a nossa Santa Casa. Através de uma campanha entre os integrantes do grupo, arrecadou-se os R$ 1.470,00 para a aquisição do aparelho.

A idéia, segundo o Deva, é iniciar uma nova campanha, em maio, com o objetivo de conseguir um aparelho de 24.000 BTUs para climatizar a sala de TV do Lar dos Velhinhos. Mas, vamos à notícia divulgada pela assessoria de imprensa da Santa Casa:

A equipe de motociclistas 100% Trilha, de Jales, esteve na Santa Casa, na manhã do dia 18 de abril para fazer a entrega de R$1.470,00 para compra de um aparelho de ar condicionado para um quarto da Unidade SUS. A iniciativa faz parte da campanha “O ar também é nosso”, uma mobilização do hospital para climatizar todos os quartos do SUS.

O grupo foi recebido pela equipe da Santa Casa na Provedoria e disseram ao provedor sobre o consenso da equipe em colaborar com uma entidade que tanto precisa e que cuida da saúde da população de Jales e de toda região.

José Pedro Venturini agradeceu a iniciativa de cada um e falou sobre sua expectativa em fazer do hospital uma entidade que desperte na comunidade a vontade de ajudar espontaneamente, assim como aconteceu com o 100% Trilha. “É isso que queremos criar, um círculo virtuoso de solidariedade, de conscientização em cada um para que o hospital se mantenha com seus próprios recursos e com o apoio da sociedade”, afirmou. 

A TRIBUNA: PREFEITA ACENA COM BANDEIRA BRANCA PARA CÂMARA, MAS NÃO CONVENCE

A manchete principal do jornal A Tribuna, deste final de semana, trata de encontro entre a prefeita Nice Mistilides e o grupo de vereadores oposicionistas para tentar aparar algumas arestas e amenizar o clima de beligerância política que a cidade vive nos últimos tempos. O jornal traz detalhes sobre a reunião.

Ainda na seara política, matéria do repórter Alexandre Ribeiro, o Carioca, fala sobre a rejeição, pela Câmara, de um projeto de lei da prefeita Nice, que anistiava os devedores de impostos do pagamento de juros e multas.

Outros destaques desta edição é o aumento de furtos registrado em Jales no mês passado e a apreensão de cocaína no bairro Dercílio Carvalho.

Destaque, também, para a performance das escolas vinculadas à Delegacia de Ensino de Jales, que obtiveram o 2º melhor resultado do Estado, nas provas do IDESP. E, em seu artigo semanal, o escriba Marco Antonio Poletto manda um recado ao deputado Júlio Semeghini.

  

AEROPORTOS DE RIO PRETO E FERNANDÓPOLIS RECEBERÃO INVESTIMENTOS

Hoje, um amigo do blog enviou notícia veiculada pelo informativo do deputado Edinho Araujo(PMDB-SP). Vamos a ela:

Os aeroportos de Rio Preto e Fernandópolis estão entre os 19 aeroportos regionais de São Paulo que receberão investimentos do Governo Federal, em valores a serem definidos no segundo semestre deste ano. A confirmação foi obtida nesta quinta-feira (25) pelo deputado Federal Edinho Araújo (PMDB-SP), durante audiência com o ministro da Secretaria da Aviação Civil (SAC), Moreira Franco.

O deputado Edinho Araújo foi até o Ministério tratar dos novos investimentos em aeroportos regionais paulistas, dentro de um cronograma de ampliação de modernização estabelecido pelo governo federal.

O ministro Moreira Franco confirmou que o Estado de São Paulo receberá recursos da ordem de R$ 360 milhões para modernização de 19 aeroportos regionais.

“Levei ao ministro a preocupação com a ampliação de modernização dos aeroportos para atender aos grandes eventos previstos, como a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016, que certamente aumentarão o fluxo de turistas no Estado de São Paulo. E um bom transporte aéreo é fundamental para atender essa demanda e integrar as regiões do Estado”, explicou Edinho Araújo.

O ministro garantiu que o cronograma de investimentos em cada aeroporto será definido no segundo semestre deste ano e que, em breve, os detalhes serão discutidos entre a Secretaria de Aviação Civil e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin.

Lançado no ano passado, o programa vai investir cerca de R$ 7 bilhões na primeira etapa do Plano de Aviação Regional, em 270 aeroportos regionais, de 26 Estados da Federação.

Na região Noroeste de São Paulo, segundo o deputado Edinho, está confirmado que serão atendidos nesta etapa os aeroportos de Rio Preto, Araçatuba, Barretos e Fernandópolis. “Vamos aguardar a definição do volume de recursos para cada um, mas a confirmação dos investimentos já é uma grande conquista para nossa região”, explicou.

MÁFIA DO ASFALTO PAGOU R$ 240 MIL A EX-PREFEITO

A notícia é do Diarioweb:

Escutas telefônicas da Polícia Federal apontam que o Grupo Scamatti teria pago R$ 240 mil “a título de propina” ao então prefeito de Barretos Emanoel Mariano Carvalho (PTB) no final do ano passado. A servidora Silvana Aparecida Ferreira Costa, chefe do setor de licitações, e o ex-secretário de governo e gestão estratégia Guilherme Montanari também teriam recebido R$ 15 mil e R$ 20 mil, respectivamente, da apelidada “Máfia do Asfalto.”

O relatório da PF não especifica qual teria sido o motivo da suposta propina. Empresas do Grupo Scamatti ganharam cerca de R$ 26 milhões em licitações em Barretos na gestão de Emanoel. A propina ao prefeito teria sido negociada diretamente por Olívio Scamatti, apontado como o chefe do esquema.

O valor de R$ 240 mil teria sido pago em parcelas. “(…) Sendo que já havia sido pago R$ 200 mil e que faltavam R$ 40 mil que seriam entregue por Nenê (pelo funcionário Valdovir Gonçalves) naquele dia 21/12/2012”, diz trecho do relatório. Os policiais federais apuraram que o pagamento da última parcela gerou uma tremenda discussão entre Olívio e os assessores do prefeito.

A briga teria ocorrido porque o empresário teria mandado pagar apenas R$ 25 mil dos R$ 40 mil que faltavam. O dinheiro destinado ao prefeito de Barretos, segundo a PF, teria sido entregue ao ex-secretário de governo Guilherme Montanari, às 16h30 de 21 de dezembro de 2012, em frente à Igreja. Já a secretária Silvana, segundo a PF, recebeu a propina às 17h30 daquele mesmo dia em frente ao Posto Ipiranga próximo a uma rodovia.

A notícia completa pode ser lida aqui

NESSA SEXTA-FEIRA, ACONTECE O FÓRUM DE CULTURA DE JALES

Nessa sexta-feira, 26, vamos ter uma reunião do Fórum de Cultura de Jales, com o objetivo de consolidar a participação da sociedade civil na discussão dos assuntos referentes à cultura e na formulação de políticas públicas.

O professor Clayton Campos, diretor da Escola Livre de Teatro -ELITE, está convidando os agentes culturais e a população em geral para o:

FÓRUM DE CULTURA DE JALES


Na próxima sexta-feira, dia 26 de abril o Fórum de Cultura vai se reunir na Casa do Poeta e do Escritor de Jales para discutir um assunto que muito nos interessa: a CULTURA!


“O Fórum é um momento em que diferentes segmentos, preocupados e voltados para um mesmo objetivo se reúnem para discutir e tirar propostas de ação em conjunto para o município.
Sua organização não depende exclusivamente de um segmento ou órgão público.
Qualquer grupo ou segmento da sociedade civil pode chamar para uma discussão, podendo tornar-se um fórum permanente.”
(Zilda Rodrigues Nogueira – Subsídios para Gestão Pública Local, Democrática e Participativa)
Venha participar!

Dia: 26 deabril de 2013
Local: Casa do Poeta e do Escritor de Jales
Objetivo: Consolidar espaço coletivo de discussão e formulação de políticas públicas
19:00 hs
CREDENCIAMENTO
19:30 hs
APRESENTAÇÃO ARTÍSTICA
20:00 hs
INÍCIO DOS TRABALHOS
20:30 hs
DEBATES E ROPOSTAS EM GRUPOS
21:00 hs
APRESENTAÇÃO DOS RESULTADOS DO GRUPOS E ENCAMINHAMENTOS
1 2 3 4 14