Categoria: Política

BOQUINHA DE PARENTES DE ANALICE FERNANDES NO GOVERNO ALCKMIN CAUSA BRIGA ENTRE TUCANOS

Não sou eu quem estou falando. Um amigo do blog do Cardosinho me chamou a atenção para a novidade publicada, hoje, no blog Amigos do Presidente Lula,  alimentado pela Helena Sthephanowitz. Com certeza, a combativa Helena não imagina que a tucana Analice Fernandes – a deputada paulista que mais gasta com viagens – é a queridinha do prefeito petista de uma pequena cidade do interior paulista. Vamos à notícia:

A indicação de parentes da deputada estadual Analice Fernandes (PSDB) para ocupar cargos em órgãos públicos teria sido o estopim de discussão entre o líder do governo, Samuel Moreira (PSDB), e o líder da bancada tucana, Orlando Morando, há alguns dias na Assembleia Legislativa, segundo integrantes da Casa que narraram o episódio.

A deputada tem o filho, Fernando Fernandes Neto, lotado na Artesp, agência de transportes do governo de São Paulo, enquanto o marido e ex-prefeito de Taboão da Serra, Fernando Fernandes Filho, ocupa um cargo na Secretaria de Transportes, também na gestão Geraldo Alckmin (PSDB).

Segundo parlamentares, Morando teria tomado conhecimento da indicação do filho de Analice à Artesp em reunião da Comissão de Transportes da Assembleia, e teria cobrado satisfações de Moreira, apontado por tucanos como articulador da operação para assegurar a vaga.

O desentendimento ocorreu dia 9, quando o projeto que transformaria o Hospital de Clínicas (HC) em autarquia (Privatizado) estava em pauta. Nesse dia, um grupo de tucanos, inclusive alguns que estavam na comissão de Transportes, não participou da votação – que foi adiada por falta de quórum. “O clima entre eles esquentou e só não chegaram ‘as vias de fato’ porque Moreira não rebateu as acusações”, disse parlamentar que presenciou a cena. 

EM QUATRO ANOS, ANALICE FERNANDES(PSDB) NÃO APRESENTOU NENHUMA EMENDA PARA JALES

Na esteira do escândalo da venda de emendas parlamentares, o jornal Folha de São Paulo está publicando, hoje, o “mapa das emendas” do Estado de São Paulo. Em nossa região, a cidade mais lembrada pelos deputados com a inclusão de emendas no orçamento do governo estadual – de 2007 até 2011 – foi Votuporanga, beneficiada com R$ 6,5 milhões. Só o deputado Gilmaci Santos(PRB), um dos envolvidos no escândalo, reservou R$ 2,5 milhões para Votuporanga.

No mesmo período, Fernandópolis obteve R$ 1,5 milhão, enquanto Santa Fé do Sul ficou com R$ 985 mil. Jales foi beneficiada com 15 emendas, que somaram R$ 1,2 milhão. Olímpia,  administrada por um prefeito do DEM, provavelmente bem mais proativo que o prefeito de Jales, obteve R$ 3,3 milhões.

Em termos de quantidade, o deputado que mais lembrou de Jales foi Campos Machado, do PTB. Já em termos de valor, a maior emenda foi da bancada do PT, que reservou R$ 320 mil para a famosa revitalização do centro. Das 15 emendas, 07 foram destinadas à Prefeitura, enquanto as demais foram repassadas para a Santa Casa, Apae, Lar dos Velhinhos, Casa da Criança, etc.

Curiosamente, a deputada estadual Analice Fernandes(PSDB), a mais votada em nossa cidade nas duas últimas eleições, não apresentou, em quatro anos, uma única emenda parlamentar em favor de Jales. Mas não devemos ficar tristes com isso, pois Taboão da Serra, reduto eleitoral da tucana, também não foi lembrada por ela. 

Em compensação, a deputada fez emendas para Santa Fé do Sul(R$ 300 mil), Votuporanga(R$ 200 mil), Fernandópolis(R$ 270 mil), Santana da Ponte Pensa(R$ 250 mil), Palmeira D’Oeste(R$ 150 mil), Rubinéia(R$ 200 mil) e por aí afora.  É importante deixar claro que a atuação de um deputado não pode ser medida apenas com base em suas emendas parlamentares, mas a Analice bem que poderia ter feito pelo menos umazinha prá cidade que ela tanto ama. Abaixo, a relação das emendas destinadas a Jales:

Jales

Ana Perugini

PT

50.000

Aquisição de ambulância

Prefeitura Municipal de Jales

2010

Jales

Bancada do PT

PT

320.000

Revitalização do Centro da Cidade

Prefeitura

2007

Jales

Campos Machado

PTB

45.185

Aquisição de equipamentos

Lar Dos Velhinhos São Vicente de Paulo

2009

Jales

Campos Machado

PTB

50.000

Aquisição de equipamentos

Associação de Pais E Amigos Dos Excepcionais – Apae

2009

Jales

Campos Machado

PTB

50.000

Aquisição de equipamentos

Associação de Pais E Amigos Dos Excepcionais – Apae

2010

Jales

Campos Machado

PTB

49.995

Reforma e Ampliação

Casa da Criança de Jales

2010

Jales

Eli Corrêa***

DEM

60.000

Circuito Regional de Esporte Amador

Liga Jalesense de Futebol de Salao

2010

Jales

Eli Corrêa***

DEM

230.000

Custeio

Santa Casa de Misericordia de Jales

2010

Jales

Eli Corrêa***

DEM

50.000

Circuito Regional do Esporte Amador

Liga Jalesense de Futebol de Salao

2009

Jales

Paulo Alexandre Barbosa**

PSDB

30.000

Aquisição

Lar Dos Velhinhos São Vicente de Paulo

2008

Jales

Pedro Bigardi

PC do B

50.000

Reforma do Centro Cultural dr Edílio Ridolfo

Prefeitura Municipal de Jales

2009

Jales

Roberto Felício*

PT

60.000

Recapeamento. guias e sarjetas

Prefeitura

2009

Jales

Rodrigo Garcia**

DEM

55.000

Aquisição de veículo para transporte de pacientes

Prefeitura Municipal de Jales

2010

Jales

Rodrigo Garcia**

DEM

75.000

Aquisição de equiapmentos

Prefeitura Municipal de Jales

2010

Jales

Zico Prado*

PT

70.000

Reforma da UBS

Pref Municipal de Jales

2009

* Ex-deputado – ** Licenciado – *** Deputado federal 

PROGRAMA DO PT COLOCA ESPECIATO NA VITRINE

Eu não vi, mas me disseram que o vídeo abaixo, com o vereador Luís Especiato como destaque, está sendo veiculado pelo PT nas emissoras de TV, o que demonstra que o partido está mesmo apostando no  professor como provável candidato a prefeito de Jales.

Aliás, o presidente do PT local, Antonio Carlos Donizeth Nogueira, o Cacaio, deu entrevista ao Antena Ligada desta segunda-feira.  Perguntado pelo repórter Claudinei Antonio sobre as chances de a vereadora Pérola vir a ser a candidata do partido, Cacaio disse que o PT tem bons nomes para a sucessão de Parini e até admitiu a possibilidade de prévias internas para escolher o candidato. Mas, deixou claro também que, no momento, o nome que está colocado é o do vereador Especiato.

Para quem conhece Cacaio, toda a retórica dele no rádio pode ser resumida numa frase: “o PT está com o Especiato e não abre”. Abaixo, o vídeo do PT:

You need to a flashplayer enabled browser to view this YouTube video

GARÇA CONFIRMA QUE É CANDIDATO A CANDIDATO

A notícia já foi veiculada na internet e nas emissoras de rádio locais e, certamente, será repercutida pelos jornais no próximo final de semana. O provedor da Santa Casa, José Devanir Rodrigues, o Garça, declarou aquilo que metade cidade já sabia e a outra metade fingia não saber: ele é mesmo candidato a candidato a prefeito pelo PMDB.

Além de confirmar seu nome para as disputas do ano que vem, Garça falou duas outras coisas interessantes. A primeira: que a filiação do vereador Rivelino Rodrigues, recém transferido ao PMDB, teria enfrentado a resistência de alguns peemedebistas, mas o próprio Garça tratou de apoiar e avalizar a contratação do ex-pepessista.

A segunda: o PMDB vai mesmo deixar a base de apoio do prefeito Humberto Parini, o que deverá acontecer no final de dezembro ou no início do ano que vem. Garça não disse, mas já está mais ou menos  acertado que dois dos três peemedebistas – João Missoni, Jediel Zacarias e Ilson Colombo – ocupantes de cargos no governo Parini deverão pedir o boné. O terceiro vai pedir sua desfiliação do partido para continuar no governo.

A pergunta que o prezado leitor deve estar se fazendo: qual deles vai sair do partido para continuar com Parini? Pode arriscar seu palpite!  Aqui, a entrevista de Garça concedida ao repórter Alexandre “Carioca” Ribeiro, da rádioweb A Tribuna.  

JARBAS ANUNCIA SAÍDA DO PMDB DO BARCO DE PARINI

O peemedebista Jarbas Elias Zuri Júnior, que foi escalado pelo vice-presidente Michel Temer para reorganizar o PMDB no Estado de São Paulo, deu interessante entrevista às emissoras de rádio locais. Entre outras coisas, Jarbinhas disse que a nossa cidade está feia, suja, mal-cuidada e com a autoestima lá embaixo. Se fosse este aprendiz de blogueiro falando isso, diriam que é mágoa pessoal. Mas, sendo o Jarbas…

Deixando a sujeira de lado, Jarbas confirmou também que o PMDB terá, sim, senhor, candidato a prefeito em Jales. Ele disse que o partido tem vários nomes e citou Garça e Rivelino Rodrigues como candidatos a candidato. E mais: de acordo com Jarbas, o partido deverá deixar o governo Parini ainda neste final de 2011.

Atualmente, o PMDB possui três cargos de alto escalão no governo municipal, ocupados por João Missoni Filho, Jediel Zacarias e Ilson Colombo. Há quem duvide que eles vão mesmo deixar seus respectivos cargos, mas já circulam informações dando conta de que, pelo menos, dois deles estariam decididos a cair fora. Não custa lembrar que Jediel, por exemplo, teria apenas mais quatro ou cinco meses no cargo, uma vez que pretende candidatar-se a vereador.

Por outro lado, o PMDB tem dois vereadores – Osmar e Rivelino – na Câmara Municipal, os quais fazem parte da base de apoio ao prefeito Humberto Parini. Resta saber se os dois parlamentares vão continuar dando sustentação ao prefeito ou irão assumir uma postura, digamos, mais independente em relação ao governo municipal. Resta saber, também, como ficará a disputa pela presidência da Câmara, já que Rivelino, o favorito, pode perder o apoio do Paço.

MULHERES QUE DIZEM NÃO

“Mulher que nega, não sabe não, tem uma coisa de menos no seu coração”, é o que dizia Vinícius de Moraes em uma de suas canções. O poetinha tinha lá suas razões prá dizer isso, mas nem sempre é assim. As professoras da foto acima, por exemplo, pareciam convictas de que o momento era prá dizer ‘não’.

Goste-se ou não, o fato é que as professoras apenas praticaram o chamado exercício da cidadania, defendendo seus interesses de forma democrática e civilizada. Pessoalmente, continuo achando que não é somente o pessoal da Educação que merece ter o seu Plano de Carreira, mas tomara que o exemplo de mobilização das professoras sirva mesmo de inspiração para outras categorias do funcionalismo.  As fotos são do Roberto Timpurim:

 

PREFEITO DE FERNANDÓPOLIS SE REÚNE COM MINISTRA DO PLANEJAMENTO

Como vocês sabem, depois das eleições de 2010, os deputados do PT sumiram de Jales. O deputado Devanir Ribeiro, por exemplo, nunca mais foi visto na companhia do nosso premiado estadista. E não se pode condenar o deputado por isso, muito pelo contrário. No primeiro mandato de Parini, o deputado Devanir ajudou o prefeito o quanto pôde, transformando seu gabinete, em Brasília, em uma embaixada de Jales.

E o que ele recebeu em troca? Nas eleições de 2010, Parini preferiu dar  “apoio” ao mensaleiro Valdemar Costa Neto, enquanto o deputado Devanir, que, repito,  foi o maior aliado de Parini em Brasília, obteve exatos 131 votos nas urnas de Jales. Em Fernandópolis, Devanir obteve cerca de 2.900 votos e, de lá para cá, dedica-se a ajudar o prefeito Vilar. Na semana passada, Vilar anunciou a assinatura de R$ 3,5 milhões em convênios com o governo federal. E agora, vejam quem acompanhou o prefeito de Fernandópolis em uma reunião com a ministra do Planejamento:

O prefeito de Fernandópolis, Luiz Vilar, e o deputado federal Devanir Ribeiro tiveram uma importante audiência com a ministra do Planejamento, Maria Fernandes Caldas, nessa quinta-feira (10/11), para tratar a respeito do projeto do PAC II, que está sendo pleiteado para o Jardim Araguaia.

O deputado federal Devanir Ribeiro destacou a importância da obra para Fernandópolis e pediu a liberação de R$ 25 milhões do PAC para execução do projeto ambiental e de infraestrutura urbana no bairro.

De acordo com o prefeito Luiz Vilar, a reunião foi muito positiva. “A audiência com a ministra Maria Fernandes foi muito boa. Estamos muito animados, existe uma grande possibilidade de Fernandópolis ser contemplada com esta obra. O deputado Devanir Ribeiro, que é um grande amigo de Fernandópolis, expos a importância dessa obra, que vai transformar o Jardim Araguaia e trazer um grande desenvolvimento para nossa cidade”, destaca o prefeito Luiz Vilar.  

VÍDEO MOSTRA PREFEITO GUARDANDO R$ 15 MIL EM JAQUETA

A notícia é do jornal Gazeta do Povo, do Paraná:

O prefeito de Castro, Moacyr Fadel (PMDB), foi filmado guardando R$ 15 mil na jaqueta. O dinheiro supostamente seria o pagamento mensal em troca de abatimento no Imposto Sobre Serviços (ISS) feito por uma empresa de ônibus da cidade. A denúncia e as imagens foram feitas por Adolfo Rodrigues Neto, ex-funcionário da Viação Castro, que opera o transporte coletivo na cidade.

Fadel nega a acusação e afirma ter sido vítima de uma tentativa de extorsão. O prefeito registrou boletim de ocorrência na delegacia de Castro e alegou que o denunciante tentou vender o vídeo a ele por R$ 50 mil.

O Ministério Público do Paraná (MP-PR) investiga a denúncia contra o prefeito de Castro. Rodrigues Neto prestou depoimento ao MP na última quinta-feira (3).

A gravação foi feita em junho de 2009 e divulgada na segunda-feira (7). Os pagamentos teriam começado em 2005, com valores na casa de R$ 4 mil, e foram aumentando até chegarem, segundo o denunciante, a R$ 25 mil por mês.

A notícia completa e o vídeo podem ser vistos aqui.

ENCONTRO DE POSSÍVEIS APOIADORES DE FLÁ REÚNE CERCA DE 120 PESSOAS

Cerca de 120 pessoas compareceram, neste domingo, ao encontro  organizado pela equipe do prefeiturável Flávio Prandi Franco, o Flá (DEM), na Associação Comercial e Empresarial de Jales. Entre elas, pelo menos dois outros prefeituráveis: José Devanir Rodrigues, o Garça (PMDB), e o vice-prefeito Clóvis Viola (PPS). O presidente do PSDB, Carlos Roberto Cardoso da Silva, também deu o ar de sua graça.

Garça e Viola fizeram discursos conciliatórios, onde pregaram a união das oposições em torno de um nome. Flá, segundo me disseram, não descartou a possibilidade de ser candidato a vice, desde que o grupo tenha alguém melhor posicionado que ele nas pesquisas. Curiosamente, quem também esteve por lá foi o Pedro Antonio Filho (Piriá), que está filiado ao PR, partido que, no momento, sofre a influência do prefeito Humberto Parini.

Outra curiosidade: dois amigos me confessaram, hoje, não saber que estavam filiados ao PR, do Valdemar Costa Neto, do Ronaldo e do Parini. Eles me garantiram que, já na segunda-feira, estariam providenciando a desfiliação.  

EM JALES, PT E PDT MANTÉM PESSOAS FALECIDAS COMO FILIADOS

As relações de filiados, cadastradas pelos partidos políticos de Jales junto à Justiça Eleitoral, através do programa Filiaweb, guardam algumas curiosidades. O Partido Humanista da Solidariedade(PHS), por exemplo, tem somente três filiados, mas corre o risco de ficar com apenas uma pessoa em seus quadros, já que as outras duas estão com dupla filiação. Tudo indica que apenas o nome da senhora Araídes Aparecida Buzo, uma tia do vereador Macetão, continuará na lista do PHS.

O nome do chefe de gabinete da Secretaria de Comunicação, Francisco Melfi, aparece nas relações do Partido Republicano Brasileiro (PRB) e do Partido Social Cristão (PSC), mas não se trata de um caso de dupla filiação. O Francisco Melfi que está filiado ao PRB é o Kico, filho do seo Chico, que tem exatamente o mesmo nome do pai.

Este aprendiz de blogueiro não viu a relação de todos os partidos, mas, pelo menos em dois deles é possível constatar que pessoas falecidas continuam  frequentando a lista de filiados, em situação “regular”. No PDT, do vereador Claudir Aranda, ainda consta o nome do ex-contabilista Orácio Cardozo da Silva, que faleceu há uns cinco anos.

Na relação do PT, aparecem como “regular” os nomes do saudoso professor Claudovino Rodrigues Filho e do ex-vigilante da Caixa Federal, Décio Coqui da Silva, embora falecidos. Outros ex-companheiros que passaram desta para uma melhor, como Antonio Alves Canuto, Marco Antonio Pitta e Luiz Carlos de Oliveira, o professor Chupeta, também  continuam na relação petista, mas na condição de “desfiliados”.

1 335 336 337 338 339 375