Arquivos do autor: cardosinho

MORADOR DE JALES TEVE VEÍCULO APREENDIDO COM CONTRABANDO NA REGIÃO DE DOURADOS

Essas pessoas estão, provavelmente, desempregadas e, ao invés roubar ou assaltar, preferem correr riscos viajando para o Paraguai. Um dos riscos é ser assaltado. Outro é ter suas mercadorias e o carro apreendidos, além de responder a um processo por descaminho. A notícia é do Enfoque MS:

O Departamento de Operações de Fronteira (DOF) apreendeu na tarde de ontem (9), um veículo GM Vectra de cor azul, com placas de São Paulo (SP), abarrotado de mercadorias contrabandeadas do país vizinho, Paraguai. O flagrante ocorreu durante fiscalização na região de Dourados.

O veículo foi abordado pelos policiais e já perceberam grande quantidade de caixas no interior do carro, adquiridos no Paraguai sem a documentação de regularidade fiscal. Foram apreendidos 45 caixas de isqueiros e 4 pneus.

O motorista de 27 anos de idade, contou que revenderia a mercadoria em Jales (SP), cidade onde reside. A ocorrência foi registrada e entregue na Receita Federal de Ponta Porã.

ACIONADO NA POLÍCIA PELO PREFEITO FLÁ, MATOGROSSO PUBLICA RETRATAÇÃO NO FACEBOOK

O servidor municipal aposentado Lauro Figueiredo, o Matogrosso, publicou ontem, em sua página no Facebook, uma retratação pública na qual reconhece ter divulgado informações inverídicas e depreciativas sobre o prefeito Flá Prandi e a primeira-dama Glauciane Pontes Franco.

Segundo informações, a retratação foi resultado de um acordo firmado na Justiça. O caso começou em agosto – conforme noticiado por este blog – quando o prefeito procurou a polícia para registrar um boletim de ocorrências por suposto crime de injúria.

O boletim de ocorrências incluía, também, uma página pendurada no Facebook que se dizia “sem vínculo partidário ou político”, mas dedicava-se a criticar a administração municipal e publicar insinuações contra o prefeito.

Numa dessas insinuações, a página criticou o empréstimo de R$ 11 milhões obtido junto à Caixa Federal, afirmando que o prefeito iria “sair com dinheiro no bolso e deixar uma dívida ao município de milhões de reais”.

Consta que a citada página feicibuquiana – cujo nome não me lembro – já teria saído do ar há algum tempo. No entanto, o inquérito aberto para apurar quem eram os responsáveis por ela, continua.

Voltando ao Matogrosso, informações obtidas pelo blog afiançam que, além da retratação, o acordo prevê que ele pague uma multa de R$ 1,5 mil, que será destinada a uma entidade local.

DIA DE FÚRIA: EX-ALIADO DO CLÃ, ALEXANDRE FROTA PASSA A QUARTA-FEIRA INTEIRA TUITANDO CONTRA FAMÍLIA BOLSONARO

Como já disse o próprio Alexandre Frota, “o puteiro está pegando fogo”. É uma pena que só agora ele tenha percebido que Bolsonaro é uma fraude, mas, como se costuma dizer, antes tarde do que nunca. Deu no Brasil 247:

Enfurecido com Bolsonaro e aproveitando o desmoronamento do PSL, o deputado Alexandre Frota viveu um dia de indignação no Twitter, convocando seguidores a um movimento de derrubada do presidente. O deputado chegou a excluir seu perfil no Twitter e criar um novo, pois o anterior “estava com muitos defensores de Bolsonaro.”

A reportagem do jornal Folha de S. Paulo destaca que “com o racha entre Bolsonaro e PSL, iniciado na terça-feira (8), após Bolsonaro dizer que Bivar [presidente da sigla] estava “queimado pra caramba”, Frota acordou on fire no Twitter nesta quarta (9) em posts contra Bolsonaro e assim ficou o dia inteiro.”

A matéria ainda informa que “em mais de 80 tuítes, postados durante o dia inteiro, com pausas de no máximo uma hora, Frota convocou uma força-tarefa para tirar Bolsonaro do poder, chamou ele e os filhos de “patetas”, referiu-se a Carlos Bolsonaro como “bagulho” e muito mais.”

CHICO BUARQUE IRONIZA RECUSA DE BOLSONARO EM ASSINAR DIPLOMA DO PRÊMIO CAMÕES

Há quem diga que a canção “Injuriado”, do Chico, foi inspirada em Fernando Henrique Cardoso, que, em uma entrevista à TV portuguesa, quando ainda era presidente, andou falando mal do compositor.

Pelo visto, Chico já tem material para compor “Injuriado 2”, mas é evidente que ele não irá perder tempo com um boçal feito o Bozo. Deu no UOL:

Chico Buarque ironizou no Instagram uma declaração do presidente Jair Bolsonaro sobre o Prêmio Camões. O cantor, compositor e escritor foi selecionado para receber a premiação, considerada a mais importante da literatura em língua portuguesa.

Falando a jornalistas no Palácio da Alvorada, Bolsonaro comentou que tinha até o fim de um possível segundo mandato para “assinar embaixo” do prêmio. “É segredo. Chico Buarque? Eu tenho prazo? Até 31 de dezembro de 2026, eu assino”, comentou.

“A não assinatura do Bolsonaro no diploma é para mim um segundo prêmio Camões”, rebateu Chico no Instagram.

O Prêmio Camões foi instituído em 1989, e concede 200 mil euros (em torno de R$ 900 mil), anualmente, para “um escritor cuja obra contribua para a projeção e o reconhecimento da língua portuguesa”.

A parcela do Brasil nessa quantia já foi paga, em junho. O que segue pendente é a assinatura do “diploma” que comprova o recebimento do prêmio. Buarque é um dos maiores críticos do governo Bolsonaro na classe artística.

PRESIDENTE DO TJ-SP RECEBE JUÍZES DE JALES EM REUNIÃO DE TRABALHO

O presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo, desembargador Manoel de Queiroz Pereira Calças, reuniu-se na segunda-feira (7), em seu gabinete, com magistrados da Comarca de Jales: o juiz diretor do Fórum, José Pedro Geraldo Nóbrega Curitiba, e os juízes Maria Paula Branquinho Pini, Adílson Vagner Ballotti  e Alexandre Yuri Kiataqui.

Na foto acima, aparecem também, os juízes assessores da Presidência, Leandro Galluzzi dos Santos, Ana Claudia Dabus Guimarães e Fabio Coimbra Junqueira.

Até onde se sabe, os juízes jalesenses foram reivindicar a criação de varas especializadas em Jales. Atualmente, as cinco varas são de competência cumulativa, ou seja, todas elas julgam processos cíveis e criminais. Se a reivindicação for atendida, duas varas passarão a julgar, exclusivamente, causas criminais, enquanto as outras três julgarão somente processos cíveis.

FALECE AOS 77 ANOS, O EX-PREFEITO HILÁRIO PUPIM

O ex-prefeito de Jales, Hilário Pupim, 77 anos, morreu na manhã desta quarta-feira, dia 9, em São José do Rio Preto, local onde realizava tratamento contra um câncer.

Hilário ocupava o cargo de secretário de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Meio Ambiente na atual administração de Jales e acabou se afastando, há alguns meses, para cuidar da saúde. Não era a primeira vez que ele ocupava a pasta da Agricultura. Entre 1993 e 1996, Hilário foi secretário da Agricultura da administração Guisso.

Ele já ocupou, também, os cargos de vereador, presidente da Câmara, vice-prefeito e prefeito. Hilário foi prefeito interino durante as licenças do ex-prefeito José Antônio Caparroz, em 2003. Em fevereiro de 2004, com a morte de Caparroz, ele assumiu o cargo definitivamente, após vencer eleição indireta realizada pela Câmara.

O corpo deverá chegar à Câmara Municipal de Jales por volta das 20 horas, onde será velado. O sepultamento está previsto para amanhã, quinta-feira, às 16 horas.

JOHN LENNON COMPLETARIA 79 ANOS NESTA QUARTA-FEIRA

Deu na revista Fórum:

Nesta quarta-feira, 9 de outubro de 2019, o ex-Beatle John Lennon faria 79 anos. Porta-voz do pacifismo, Lennon foi assassinado em 1980 por um fã na porta do local em que morava em Nova Iorque, o lendário Edifício Dakota, onde foi filmado, entre outros, “O Bebê de Rosemary”, de Roman Polanski.

John Lennon fez grande sucesso ao lado de Paul McCartney quando jovem e adolescente fundador dos Beatles. A dupla compôs algumas das canções mais tocadas do século XX. A partir de 1970, ao lado da esposa, Yoko Ono, Lennon teve uma intensa militância pacifista, fez experiências com drogas e apoiou políticos como Angela Davis e John Sinclair.

Cidadão inglês, sofreu um longo processo de deportação por porte de maconha nos EUA que acabou vencendo graças à grande mobilização da população americana em seu apoio. O ex-Beatle se afastou da música por um período de cinco anos para cuidar de seu filho Sean, recém-nascido.

Voltou com tudo, em 1980, com o álbum “Double Fantasy”, feito em parceria com Yoko. O disco foi lançado em novembro e Lennon foi assassinado poucos dias depois, em dezembro. As canções do álbum “(Just Like) Starting Over”, “Woman” e “Watching the Wheels” atingiram as primeiras posições nas paradas de sucesso do mundo inteiro.

Após sua morte, John Lennon passou a ser celebrado no mundo todo. Sua canção “Imagine” é considerada uma das melhores e mais tocadas do século XX.

Há alguns dias, um imbecil disse que, se John Lennon estivesse armado, a história poderia ser outra. Cabe perguntar: um pacifista que escreve uma canção como “Imagine” poderia andar armado?

No vídeo, do projeto “Canção à Volta do Mundo”, artistas desconhecidos de várias partes do planeta, inclusive do Brasil, interpretam a canção imortal de John Lennon:

VEREADORES RECLAMAM DA DEMORA NO INÍCIO DAS ATIVIDADES DO CENTRO DIA IDOSO

O Centro Dia Idoso, que recebeu o nome do falecido farmacêutico Alfredo Augusto de Oliveira Gonçalves, o saudoso “Barão”, voltou a ser assunto na sessão da Câmara Municipal de segunda-feira passada, 07. O motivo é o mesmo de sempre: a demora para botar o Centro em funcionamento.

Há algum tempo, é interessante lembrar, o vereador Tiago Abra foi ao Ministério Público para reclamar da demora. Até onde se sabe, o MP teria instaurado um inquérito para apurar os motivos que estão impedindo o tal Centro – uma espécie de creche para idosos – de iniciar suas atividades.

E na segunda-feira, um requerimento dos vereadores Macetão, Tupete e Tiago Abra foi discutido e aprovado pelos nobres edis. Nele, os vereadores querem saber quais as providências que a administração Flá Prandi tomou para viabilizar o funcionamento do Centro. Macetão, por sinal, aproveitou a discussão para dizer que “o prefeito Flá está se lixando para os idosos”.

A implicância dos nossos nobres edis é justificável. Afinal, já faz um bom tempo que o prédio ficou pronto. Tanto tempo que até já mudou de cor, como se pode ver nas fotos lá de cima.

Em maio deste ano, o jornal A Tribuna publicou matéria do Alexandre Ribeiro Carioca, informando que a Prefeitura faria uma inauguração “fake” do Centro. A inauguração de mentirinha tinha o objetivo de evitar que a Prefeitura tivesse de devolver os recursos destinados pelo governo estadual – coisa de R$ 600 mil – para a obra.

A matéria dizia, também, que o prédio já estava pronto há 18 meses. Ou seja, se as contas estiverem corretas, em breve o prédio completará dois anos, sem, no entanto, entrar em funcionamento.

Em tempo: durante a discussão do requerimento, o vereador Tiquinho – presidente da Câmara – disse que os recursos para a construção do Centro Dia Idoso foram obtidos pela ex-prefeita Nice Mistilides. Na verdade, quem intermediou a conquista dos recursos foi o então assessor da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social, Flá Prandi.

A foto ao lado mostra o secretário Rodrigo Garcia, o assessor Flá Prandi, e o então prefeito Humberto Parini, durante o anúncio da liberação dos recursos, em novembro de 2012. Flá tinha acabado de perder as eleições para sua adversária Nice Mistilides, que tomaria posse dias depois.  

THE INTERCEPT DESMENTE SÉRGIO MORO SOBRE TORTURA EM PRESÍDIO DO PARÁ

Constantemente humilhado e desautorizado por Bolsonaro, Sergio Moro, ainda ministro da justiça, tornou-se um porta-voz do governo encarregado de mascarar as diversas violências que se alastram pelo país. O site The Intercept publicou matéria, acompanhada por um vídeo, em que contesta a afirmação de Moro, de que “não há tortura em presídios do Pará”. Eis a matéria do The Intercept:

O ministro da Justiça Sergio Moro fez uma visita, na segunda-feira(07) a alguns presídios de Ananindeua, município paraense vizinho a Belém. Fez questão de caminhar ao lado de Maycon Cesar Rottava, coordenador da Força-Tarefa de Intervenção Penitenciária até a última sexta, 4, quando foi afastado pela justiça devido a uma denúncia assinada pelo MPF acusando seus agentes de torturar detentos.

A quem perguntava sobre o afastamento de Rottava, publicado ontem no Diário Oficial, Moro, responsável pela força-tarefa, respondia que a situação não passava de um “mal-entendido”, como me foi relatado por uma das pessoas presentes à inspeção, que preferiu não se identificar.

Para o ministro, a “disciplina em presídios” que vem sendo aplicada pelos seus subordinados “é imprescindível e inegociável”. As 700 detentas do Centro de Reeducação Feminino de Ananindeua discordam. Elas relatam terem sido espancadas e obrigadas a sentarem apenas de calcinha em cima de um formigueiro, como mostram vídeos com relatos das presas à OAB do Pará obtidos com exclusividade pelo Intercept.

O vídeo pode ser visto abaixo, mas eu recomendo às pessoas de “estômago fraco” que não vejam:

POLÍCIA CIVIL DE JALES PRENDE QUATRO PESSOAS POR ROUBO DE DEFENSIVOS AGRÍCOLAS

A notícia é da assessoria de imprensa da Delegacia Seccional de Jales:

A Polícia Civil de Jales, após mais de seis meses de investigações, deflagrou na manhã desta terça-feira, 8 de outubro, a OPERAÇÃO LARANJALES e prendeu mais quatro pessoas acusadas de integrarem Organização Criminosa que praticou vários roubos e furtos de tratores e defensivos agrícolas em propriedades rurais da região e de outras, inclusive do vizinho estado de MG. 

Hoje foram cumpridos oito Mandados de busca e apreensão, sendo dois em São José do Rio Preto, um em Tanabi e outros cinco em Iturama/MG. Durante as buscas, um homem, que seria o receptador dos produtos roubados, foi preso em flagrante, já que em sua residência foram encontrados diversos tipos de defensivos agrícolas sem notas fiscais, além de rótulos/etiquetas e outros produtos utilizados para recolocar os produtos no mercado.

Também foram cumpridos três Mandados de Prisão Temporária expedidos pela Justiça de Jales, totalizando quatro pessoas presas nesta data, sendo dois homens e duas mulheres. 

Vale ressaltar que outros 11 criminosos já haviam sido presos, portanto o número de integrantes dessa Organização Criminosa chega a 15 até o momento. 

O Delegado Sebastião Biazi, da DIG de Jales, comandou a operação que contou com o apoio de mais de 30 policiais civis de Jales, Fernandópolis, São José do Rio Preto, Tanabi/SP e Iturama/MG.

1 2 3 4 5 6 1.337