NA TV ALEMÃ, BOLSONARO É RIDICULARIZADO E VIRA BOBO DA CORTE

Nem no 7 a 1 o Brasil foi tão ridicularizado. A notícia é do iG:

Durante cinco minutos, o presidente Jair Bolsonaro foi ridicularizado pelo programa humorístico alemão Extra 3, transmitido na noite de quinta-feira (15). 

Bolsonaro foi associado a personagens como Borat, bobo da corte e ao protagonista do filme de terror do “Massacre da Serra Elétrica“. 

Em horário nobre da ARD, rede de televisão pública alemã, o presidente foi criticado por conta da sua política ambiental da Amazônia que, invariavelmente, leva ao desmatamento. 

Enquanto montagens do presidente brasileiro aparecia na tela, o apresentador  Christian Ehring ironizava com frases cômicas e arrancava risadas da plateia. “Um sujeito que não pensa nem um pouco sobre sustentabilidade e emissão de CO2 é o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, o’ Trump do samba’. Mas alguns dizem também ‘o boçal de Ipanema’.”

Como destaca o apresentador, “Bolsonaro deixa a floresta tropical ser destruída para que gado possa pastar e para que possa ser plantada soja para produzir ração para o gado.”

A citação é baseada em dados  divulgados sobre o desmatamento na Amazônia.  O apresentador comenta os dados sob a montagem de Bolsonaro segurando uma serra elétrica.

“Desde a posse do presidente Jair Bolsonaro, o desmatamento cresceu significativamente e pode continuar aumentando a longo prazo”, diz uma voz em off, após aparecer uma foto do líder brasileiro como um “bobo da corte do agronegócio.” Na imagem, o presidente segura uma garrafa de pesticida.

Para o apresentador Christian Ehring, Jair Bolsonaro “não se importa nem um pouco” com a suspensão de verbas para projetos ambientais anunciada pelo Ministério do Meio Ambiente alemão no fim de semana. “Pegue essa grana e refloreste a Alemanha, tá ok? Lá tá precisando muito mais do que aqui”, disse o presidente ao desprezar o congelamento alemão.

MULHER É SUSPEITA DE MATAR O MARIDO NA PARAÍBA E LEVAR O PÊNIS DELE PARA A AMANTE

Deu no UOL:

Uma mulher de 42 anos é suspeita de matar a facadas o marido e cortar o pênis dele durante uma discussão entre o casal, ocorrida na noite de ontem, no município de Areial (PB), localizado na região Agreste da Paraíba, a 166km de João Pessoa.

Segundo a polícia, a suspeita teria colocado o pênis do marido em um copo e levado para uma suposta amante do homem. O corpo de Luiz de Almeida, 31, foi encontrado por vizinhos em frente da casa dele, localizada no centro da cidade.

O pênis do homem foi encontrado jogado no terreno da casa da suposta amante e foi recolhido por peritos. Os nomes da suspeita e da suposta amante da vítima não foram divulgados.

A mulher tentou se matar, ingerindo veneno, e está internada no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande. O estado de saúde dela é regular e não há previsão de alta.

A internação da suspeita está sendo monitorada pela polícia, pois, assim que receber alta médica, ela deverá ser levada para a Central de Polícia de Campina Grande para prestar depoimento e a polícia realizar os procedimentos cabíveis.

A suposta amante da vítima deverá ser ouvida, nos próximos dias, pela polícia. Ela não estava em casa quando a mulher de Luiz Almeida foi levar-lhe o pênis. 

A polícia informou que trabalha com a possibilidade de o crime ter sido premeditado, pois a mulher teria contado à uma vizinha que amolou a faca ao descobrir que o marido tinha uma amante, que morava próximo à casa do casal.

Além disso, a polícia encontrou uma carta direcionada ao filho mais velho dela, de 18 anos, determinando com quem os dois irmãos dele deveriam morar após ela morrer. A carta está apreendida com a polícia.

“Ela descobriu o relacionamento extraconjugal do marido com outra mulher e que ele estava planejando se separar. O filho de 13 anos presenciou e contou que, durante a briga, a vítima teria tentado esfaquear a mulher, mas ela jogou ácido muriático nele, tomou a faca e o golpeou até a morte”, contou o delegado Kelsen Vasconcelos.

PREFEITURA VAI À JUSTIÇA PARA RETOMAR TERRENO CEDIDO A EMPRESA NO DISTRITO III

A Prefeitura de Jales protocolou na Justiça, na semana passada, uma ação de reintegração de posse com pedido de liminar, a fim de que uma empresa desocupe um terreno cedido a ela em maio de 1997, no Distrito Industrial “José Carlos Guisso”, o chamado Distrito III.

De acordo com a ação, a empresa – uma oficina de caminhões – teria sido notificada em maio de 2014 para dar início às edificações previstas na lei municipal que criou o Distrito, onde ficou estabelecido que o limite mínimo de construção seria de 30% do total do terreno.

Segundo, no entanto, a Prefeitura, a empresa não tomou nenhuma providência para iniciar a construção e, ao contrário, preferiu procurar a Justiça, ainda em novembro de 2014, com uma ação de manutenção de posse, a qual, após longa batalha judicial, foi julgada improcedente pelo juiz da 3ª Vara de Jales, José Geraldo Nóbrega Curitiba.

Na ação de 2014, a empresa alegava que a Prefeitura, após a doação feita em 1997, efetuou a divisão do terreno em dois lotes e agora estava exigindo a devolução de um dos lotes que é utilizado como entrada e saída de caminhões da oficina, construída no outro lote.

Na sentença, de abril de 2015, o juiz Curitiba anotou que a empresa não estaria dando a destinação necessária ao lote cedido pela Prefeitura, uma vez que ele se encontrava ocioso, sem cumprir nenhuma função social, situação que não poderia persistir. A sentença afirma, ainda, que a empresa teria colocado o lote à venda, fato que por si só torna legítima a intenção da Prefeitura de retomar o terreno.

Segundo a Prefeitura, depois do trânsito em julgado da sentença de Curitiba, a empresa teria sido intimada pela Justiça, em outubro de 2018, a desocupar o imóvel, mas até o presente momento não cumpriu a determinação.

HOMEM COLOCA FOGO NA CASA APÓS DISCUTIR COM A MULHER EM JALES

A notícia está pendurada no portal da Rádio Assunção:

Um homem foi preso na madrugada desta sexta-feira, 16 de agosto, por ter incendiado a casa em que residia na Rua Guido Parminonde, no Jardim Brasil, em Jales, após ter discutido com a mulher durante a noite.

De acordo com informações obtidas pela reportagem do Jornal do Povo da Rádio Assunção FM, a polícia militar foi acionada por volta das 4h19 e, chegando ao local, já se deparou com as atividades do Corpo de Bombeiros no combate as chamas.

Os vizinhos relataram para a polícia que no imóvel reside um homem e uma mulher. O casal estava discutindo muito na noite anterior, onde ele fazia ameaças contra ela. Segundo testemunhas, a mulher saiu de casa por volta da meia-noite quando amigos foram buscá-la. O autuado ficou no local e passou a gritar que iria matar a mulher e também começou a quebrar as coisas da casa.

Segundo os vizinhos, ele saía e entrava várias vezes do imóvel, quando perceberam o início do fogo. Durante o atendimento da ocorrência não havia ninguém na casa. A polícia encontrou o indivíduo nas proximidades, que teve voz de prisão decretada.

A casa foi consumida pelas chamas e quase todos os objetos ali existentes foram queimados. De acordo com o boletim de ocorrência, o telhado caiu por completo.

CCJ DO SENADO ENDURECE PENA PARA MOTORISTA ALCOOLIZADO QUE MATA NO TRÂNSITO

A notícia é do Conjur:

As penas restritivas de direito, chamadas de alternativas, por serem mais leves, poderão deixar de ser aplicadas ao motorista que dirigir embriagado e ferir ou matar alguém em um acidente de trânsito.

A mudança está prevista no Projeto de Lei 600/2019, aprovado nesta quarta-feira (14/8), na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado. 

Apresentada pelo senador Fabiano Contarato (Rede-ES), e com voto favorável do relator, senador Marcos do Val (Cidadania-ES), a matéria será agora avaliada pela Câmara dos Deputados.

Na justificativa, Contarato afirma que, mesmo com os inegáveis avanços decorrentes da popularmente conhecida “Lei Seca”, ainda são incontáveis os casos de motoristas que insistem em tomar bebidas alcoólicas ou de outras substâncias psicoativas e assumem o risco de provocar acidentes com vítimas.

ABRAÇADO A CORRUPTO, BOLSONARO DISCURSA CONTRA A CORRUPÇÃO

Deu no Brasil 247:

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) fez um duro discurso contra a corrupção durante sua visita a Parnaíba, no interior do Piauí, nesta quarta-feira (14). O curioso é que o presidente fez o discurso acompanhado do prefeito da cidade, Mão Santa (sem partido), cassado do cargo de governador do Piauí por abuso de poder econômico e é conhecido por empregar familiares por onde passa.

Em 2001, Mão Santa teve seu mandato cassado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por sete votos a zero, respondendo a um processo por abuso de poder econômico.

Nove anos depois, em 2010, o Supremo Tribunal Federal (STF) aceitou denúncia contra o ex-governador por crime de peculato, quando um funcionário público usa a função para desviar recursos em benefício dele e de terceiros. O processo ainda tramita no Supremo.

Nepotismo

Em sete anos à frente do governo, nomeou familiares para cargos no primeiro escalão. A esposa, Adalgisa Moraes Souza, presidiu o Serviço Social do Estado e após sua saída do governo foi eleita sua primeira suplente no Senado Federal. 

Seu filho, Francisco de Assis de Moraes Souza Júnior, e seus irmãos Paulo de Tarso de Morais de Sousa e Moraes Souza, também ocuparam cargos no governo: chefe da Casa Civil, secretário de Fazenda  e secretário de Indústria e Comércio, respectivamente.

Na Prefeitura de Parnaíba, a família de Mão Santa também tem cargos no primeiro escalão: Adalgisa é secretária municipal de Desenvolvimento Social, e sua filha, Maria das Graças, é secretária de Habitação e secretária interina de Urbanismo.

Em julho, ele recebeu R$ 5 mil salário e ainda 1/3 de férias proporcionais, somando R$ 6.666,66.

Outro assessor, Claudio Veras, ocupou o cargo de Assessor da Central de Licitações e Contratos da Prefeitura de Parnaíba, mesmo com uma condenação por tráfico de drogas.

Leandro Rodrigues de Souza, que ocupou o cargo de Diretor de Gestão Patrimonial e Operacional da Secretaria Municipal de Saúde também foi nomeado mesmo após ser condenado por tráfico.

O genro de Mão Santa, Luiz Nunes Neto, foi preso em maio na Operação Nullius, que investiga acusados de crimes de grilagens de terras no Piauí. Ele é casado com Cassanda Moraes Souza, filha do prefeito e delegada na cidade.

IDOSO MORRE AO SER ATROPELADO EM RODOVIA DE JALES

Deu no G1:

Um idoso de 77 anos morreu atropelado na manhã desta quarta-feira (14) na Rodovia Jarbas de Morais, em Jales (SP).

Segundo informações da Polícia Rodoviária, ele estava atravessando a rodovia depois de sair de um ônibus que estava parado às margens da rodovia, quando um carro não conseguiu frear e atropelou o homem.

O motorista do carro parou para prestar socorro e esperou a chegada da polícia. O idoso morreu no local do acidente.

JORNAL AUSTRÍACO CRITICA BOLSONARO E DIZ QUE “O BRASIL ELEGEU UM IDIOTA”

A notícia é do jornal Extra:

O jornal austríaco Die Presse – um dos mais antigos do país, fundado em 1848 – publicou uma reportagem em que chama o presidente Jair Bolsonaro de “idiota”. A reportagem, com o título “O Brasil elegeu um idiota”, cita algumas medidas e declarações polêmicas do presidente brasileiro nestes sete meses de governo.

A publicação diz no subtítulo da matéria que Bolsonaro espalha teorias da conspiração e tenta reescrever a história brasileira. O jornal ainda critica a indicação do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) para a embaixada do Brasil nos Estados Unidos.

“Ele é um mentiroso, espalhando teorias da  conspiração e tentando nomear seu filho embaixador nos Estados Unidos”,  diz a matéria.

Em outro trecho da reportagem, o jornal ainda cita o episódio em que Bolsonaro cancelou a reunião que teria com o chanceler da França, Jean-Yves Le Drian. O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, afirmou que o encontro não se realizou por “problema de agenda” do presidente da República. A audiência estava marcada para ocorrer às 15h, com duração de 30 minutos. Às 15h50, porém, Bolsonaro estava cortando o cabelo, o que foi transmitido ao vivo por suas redes sociais.

PREFEITO FLÁ ANUNCIA MAIS RECURSOS DO GOVERNO ESTADUAL PARA JALES

Da Secretaria de Comunicação:

O prefeito municipal de Jales, Flávio Prandi Franco, o Flá, esteve no início desta semana, dias 12 e 13 de agosto, na sede do Governo Paulista, Palácio dos Bandeirantes, onde foi recebido pelo vice-governador do Estado de São Paulo, Rodrigo Garcia, e Secretário Estadual de Desenvolvimento Regional, Marcos Vinholi, oportunidade em que obteve autorização para a assinatura de dois importantes convênios que juntos somam aproximadamente R$ 700 mil com a contrapartida da Prefeitura e que vão assegurar novas obras de infraestrutura para o município de Jales. 

Serão destinados cerca de R$ 250 mil para a reestruturação do Velório Municipal “Aparecido Siqueira Leite” que contempla a construção de um estacionamento. O local receberá um novo piso de concreto armado com acabamento polido, vaga exclusiva para portadores de necessidades especiais. Haverá também a instalação de novas guias de concreto e a substituição das existentes no interior do estacionamento, construção de calçada em concreto com acabamento liso, plantio de grama esmeralda nos canteiros, bolsão para motos e a instalação de postes com luminárias LED e bancos de concreto. 

Os demais recursos, R$ 450 mil, serão aplicados na execução de uma pista de caminhada, na Avenida Engenheiro Euphly Jalles, entre as ruas Maestro Erlon Chaves e a Goiás, no Jardim Estados Unidos, além da revitalização dos canteiros da Avenida Euphly Jalles.

Entre os serviços serão feitos pintura da faixa de caminhada na via com tinta acrílica, instalação de taxões monodirecionais na borda externa da faixa de caminhada, sinalização das faixas de pedestre, instalação de postes com luminárias LED no interior dos canteiros ao longo de toda a avenida, revitalização dos canteiros por toda a extensão da avenida com plantio de grama e substituição das guias de concreto existentes. 

Feliz com as conquistas, o prefeito Flá disse que as duas obras são uma antiga reivindicação da população. “Há anos o Velório Municipal precisa de um estacionamento de veículos e uma reforma de suas instalações para proporcionar segurança às pessoas que passam por momentos difíceis no momento de velar entes e amigos queridos”, afirmou o prefeito.

Sobre a obra na Av.Euphly Jalles, Flá disse que “serão aproximadamente 02 quilômetros de pista caminhada que atenderá as necessidades dos moradores em terem um local para realizar mais atividades físicas, em segurança, melhorando assim a qualidade de saúde e de vida da população. Agradeço o empenho e companheirismo com a nossa cidade, do meu amigo, o vice-governador Rodrigo Garcia, que vem dando total atenção para o desenvolvimento Jales e ao Secretário de Desenvolvimento Marcos Vinholi”. 

Flá destacou ainda que em conversa com o vice-governador, Rodrigo Garcia, em breve o município receberá outras ótimas novidades e que continuará trabalhando para oferecer benefícios à população e ao progresso do município.

1 2 3 4 5 1.317